Sem destino - Bruna Longobucco

terça-feira, 17 de novembro de 2015

Um pai dominador, um passado nublado, uma história de amor que ainda não acabou... Helena é rica, mimada e revoltada. Os escândalos em que se envolve são notícia constante no jornal de maior circulação do Estado de Minas Gerais. Desafiar o pai, um empresário de sucesso, tornou-se praticamente uma obsessão. Então, um grave acidente em um fim de semana tumultuado muda sua vida de forma radical e a coloca cara a cara com o passado. Agora, ela vai ter que vencer seus medos, descobrir qual o segredo que sua memória bloqueou e, em meio a uma série de contratempos, viver uma história de amor, intriga e suspense. SEM DESTINO... HÁ MUITO A SER DITO. HÁ MAIS A SER DESCOBERTO
Helena teve uma infância doce, principalmente quando ia com sua mãe para a fazenda de seu avô e lá passava longas férias. Lá ela tinha a companhia inseparável de Ana e Tiago, seus únicos e verdadeiros amigos. Aos doze anos, Helena descobriu a doçura e as promessas do primeiro amor. Os anos passam, e a vida dá à Helena duras rasteiras. Ainda adolescente ela fica sem o avô e sem a mãe, vivendo apenas com seu pai e a governanta. Helena reage de forma extremamente negativa às suas condições de vida. Linda e rica, ela hostiliza o pai e faz de tudo para contrariá-lo. Sem saber se seu comportamento é apenas uma forma de extravasar e poder viver sua vida com liberdade, ou mesmo uma forma de chamar atenção, a única pessoa que tenta lhe colocar um pouco de juízo é Célia, que substituiu sua mãe na sua criação e se preocupa com sua derrocada moral. Mas Helena faz questão de cada atitude que possa desestabilizar o seu pai e em uma destas, resolve dar uma festa na fazenda que herdou do avô.
Na fazenda ela reencontra Tiago e Ana, seus amigos de infância, mas agora afastados pelas escolhas de Helena. Tiago, muito ressentido por ter sido rejeitado na adolescência, evita qualquer contato com Helena, mas de longe fica observando Helena, esperando o momento em que ela vai se envolver em confusão, e durante a festa, extremamente embriagada, Helena é vítima de violência por um dos convidados e acaba correndo risco de vida. Como forma de punir seu comportamento, o pai de Helena determina o seu encarceramento na fazenda, aumentando ainda mais suas mágoas e ressentimentos. Sem alternativa, ela toma uma decisão que será determinante na vida de todos, mesmo consciente de que não tem o direito de interferir no destino de ninguém, ela se deixa dominar pela arrogância predominante em sua natureza mimada e carente.  
Queria odiá-lo por tudo o que falou na noite do casamento, só que a verdade era que não suportava mais a distância entre eles. Morria de vontade de estar em seus braços. Lembrava-se do tempo que namoravam, das promessas feitas, de tudo em que acreditava antes de perder o avô e a mãe e se angustiava. (Pág 101)

Conheci a escrita da Bruna através do livro Centúrias, lá em 2011 no ínicio do Blog, e na ocasião já tinha gostado muito. Quando eu tive a oportunidade de ler as novidades, fiquei muito empolgada e não me arrependi. A história de Helena e Aylá são bem diferentes, mas a química de reter a nossa atenção continua a mesma. Uma das coisas que considero essenciais em um personagem é ele te despertar um sentimento, imagina então quando este mesmo personagem te desperta ao menos três. Raiva, empatia, compaixão. Estes são os sentimentos que me assolaram ao acompanhar a sina de Helena. A família é o alicerce da personalidade de uma criança, mas quando ela não tem o básico, passa a fazer as escolhas erradas, e quando ela descobre que os resultados podem ser desastrosos, nem sempre será possível recuperar o tempo perdido. Tiago também não fica atrás, e o ditado de “dois bicudos” serve com perfeição a estes dois corações feridos. Uma linda história de amor, resignação, arrependimentos e aprendizados. Uma história que merece a sua chance. 

Longobucco, Bruna. Sem destino. Edição do autor. 

1 Comentário:

Bruna Longobucco 18 de novembro de 2015 21:52  

Obrigada por ler e resenhar! São opiniões como a sua que fazem publicar um livro valer a pena! Abraços!

Postar um comentário

Enquanto isso no skoob

Posts Recentes

  © TESOURO LITERÁRIO - Todos os Direitos Reservados