Bruxa da Noite - Nora Roberts

quarta-feira, 20 de maio de 2015

Com pais indiferentes, Iona Sheehan cresceu ansiando por carinho e aceitação. Com a avó materna, descobriu onde encontrar as duas coisas: numa terra de florestas exuberantes, lagos deslumbrantes e lendas centenárias – a Irlanda. Mais precisamente no Condado de Mayo, onde o sangue e a magia de seus ancestrais atravessam gerações – e onde seu destino a espera.Iona chega à Irlanda sem nada além das orientações da avó, um otimismo sem fim e um talento inato para lidar com cavalos. Perto do encantador castelo onde ficará hospedada por uma semana, encontra a casa de seus primos Branna e Connor O’Dwyer, que a recebem de braços abertos em sua vida e em seu lar. Quando arruma emprego nos estábulos locais, Iona conhece o dono do lugar, Boyle McGrath. Uma mistura de caubói, pirata e cavaleiro tribal, ele reúne três de suas maiores fantasias num único pacote. Iona logo percebe que ali pode construir seu lar e ter a vida que sempre quis, mesmo que isso implique se apaixonar perdidamente pelo chefe. Mas as coisas não são tão perfeitas quanto parecem. Um antigo demônio que há muitos séculos ronda a família de Iona precisa ser derrotado. Agora parentes e amigos vão brigar uns com os outros – e uns pelos outros – para manter viva a chama da esperança e do amor.
Iona só teve contato com a sua verdadeira história através de sua amada avó Mary Kate O’Connor. Vivendo em Baltimore com pais indiferentes, a única coisa que ela tinha como verdadeiro era o amor da avó materna que apresentou aos seus dons, e pelos cavalos. Ela simplesmente amava seu trabalho de treinadora, mas quando ela descobriu a história de seus antepassados na Irlanda, ela imediatamente se dispôs de tudo e se mudou em busca de encontrar um lugar em que se sentisse “em casa”. Mal chegando àquele país, Iona já tinha certeza de que estava em casa, que tinha encontrado o seu lar. Lá pela primeira vez ela se encontrou com seus primos, os irmãos Branna e Connor, ambos já conhecedores da história de seus antepassados, a lenda que rege o seu sangue assim como do perigo que os ronda, principalmente com a chegada da “terceira”, que é Iona. Assim que chega na Irlanda, ela já sofre com os assédios de Cabhan, o bruxo das trevas que foi derrotado pela bruxa da noite e sua antepassada Sorcha e que jurou vingança de todos os seus descendentes. Branna e Connor então se comprometeram de preparar Iona para a batalha prevista na lenda e seria necessário ensiná-la a expandir os seus poderes e principalmente dominá-los. Enquanto se prepara, ela consegue trabalho no haras de Boyle e Finbar. Eles logo percebem que a relação de Iona com os cavalos estava muito além de mera habilidade, ela tinha o dom de se comunicar com eles, tornando-se uma verdadeira encantadora. Para Boyle e Fin, era natural este comportamento já que eles viveram a vida toda com Branna e Connor e eram acostumados com estas peculiaridades, muito mais para Fin que era descendente direto de Cabhan. Mas é por Boyle que Iona se sente atraída, mesmo ele não sendo um dos homens mais delicados no assunto afetivo. Determinada, ela não se deixa intimidar e não esconde em nenhum momento o seus interesses por Boyle, mesmo que isso a leve ao sofrimento, ela só não poderá em momento algum é perder o foco de sua missão.
A luz e as risadas eram agradáveis, necessárias. Então ele desfrutara daquilo.
À luz brilhante da cozinha, com cheiros quentes, a música rápida e as risadas, nem Boyle nem qualquer um dos outros viram a sombra que, do lado de fora da janela salpicada de chuva, os observava. E os odiava. (Pág.159)
Impossível não se deixar envolver por mais uma bela história da diva Nora. E principalmente em mais um romance apaixonante com elementos tão especiais quanto os ares da Irlanda. Quem não ama histórias que se passam nos cenários irlandeses, que atire a primeira pedra, mas eu simplesmente adoro. Quando ainda tem o tempero do sobrenatural, que tem tudo a ver com o cenário fica ainda melhor. Com um belo romance e algumas cenas engraçadas. Em alguns poucos momentos achei a Iona um tanto imatura, nas tinha a justificativa dos pais alienados. Este é o primeiro livro de uma trilogia e é claro que deixou aquele gosto de: quero o próximo livro já. E você, gosta de romances sobrenaturais? E os que se passam na Irlanda? Leia e me conta.

Roberts, Nora. Bruxa da Noite. São Paulo: Arqueiro, 2015.


Comentários:

Postar um comentário

Enquanto isso no skoob

Posts Recentes

  © TESOURO LITERÁRIO - Todos os Direitos Reservados