Greta - Mônica de Castro pelo espírito Leonel

terça-feira, 3 de março de 2015

Greta - Lurdinha é babá de Tiago, um garoto adorável. Um dia, porém, um terrível acidente acontece e afeta drasticamente a vida da moça. Triste e desiludida, ela tenta viver como pode. Em sua jornada pela sobrevivência, nasce uma nova mulher: Greta!

Felícia e Artur são uns casais jovens e bem sucedidos que comemoram o aniversário de cinco anos de seu único filho. Todos estão envolvidos na organização deste dia tão alegre, e o garoto está sob os cuidados da sua babá Lurdinha. Lurdinha é uma moça simples que veio do Piauí e trabalha com a família desde que Tiago nasceu e ela tem um carinho muito especial pelo garoto. Mas jovem e ainda suscetível dos arroubos da juventude, se apaixonou por Hélio o motorista da casa e os dois ficavam de namoricos escondidos nos cantos da casa. Em um destes infelizes momentos de distração, ela se descuida e Tiago cai na piscina, vindo a falecer no dia de se aniversário. A dor e a revolta tomam conta de Artur e Felícia que se entrega ao desespero profundo, enquanto que Artur ainda consegue manter um pouco da razão, assim mesmo ele demite Lurdinha sem direito a nada e ainda divulga nos jornais. Desesperada Lurdinha sai da casa de seus patrões sem dinheiro e sem rumo, em busca de novo trabalho. Mas ela ficou marcada injustamente como babá assassina e não consegue arrumar nenhum emprego e acaba indo morar nas ruas do Rio. Artur e Felícia passam então a ter uma difícil convivência, se mudam de residência, mas nada é capaz de tirar Felícia do abismo em que se encontra. A convivência como casal também não existe mais, eles mal conseguem ficar no mesmo ambiente mesmo Artur tentando retomar seu casamento, mas Felícia se recusa veementemente de tão apegada que ainda se encontra à morte de Tiago. Muitas cicatrizes a serem curadas e que deverão trilhar um longo caminho que os levarão a encontros e desencontros, testando não só a resistência, mas a fé de cada um ao trilhar o caminho imposto por suas escolhas.
A imagem se esvaneceu, e Felícia encarou Tiago, coberta de angústia. Vira-se nos olhos daquela mulher, mas não compreendia bem o que havia acontecido. Parecia uma fita de cinema, mas era como se ela fosse personagem daquele filme de terror. (Pág.156)
Eis que temos mais uma lição de fé. Ao caminharmos na terra, sabemos que viemos com uma missão, mas muitas vezes ou quase sempre não sabemos qual é. Lutamos, amamos e choramos, e por muitas vezes não compreendemos o nosso merecimento, mas é certo que nada é por acaso. Precisamos mesmo é buscar compreender e fazer o bem, perdoar e ser feliz com nossas escolhas, e este livro nos mostra o quanto é possível ser feliz ao perdoarmos evitando o sofrimento desnecessário.

Leonel (Espírito); psicografado por Mônica de Castro. São Paulo, SP: Centro de estudos Vida & Consciência, 2014.


Comentários:

Postar um comentário

Enquanto isso no skoob

Posts Recentes

  © TESOURO LITERÁRIO - Todos os Direitos Reservados