A libélula no âmbar - Diana Gabaldon

sexta-feira, 20 de fevereiro de 2015

Claire Randall guardou um segredo por vinte anos. Ao voltar para as majestosas Terras Altas da Escócia, envoltas em brumas e mistério, está disposta a revelar à sua filha Brianna a surpreendente história do seu nascimento. É chegada a hora de contar a verdade sobre um antigo círculo de pedras, sobre um amor que transcende as fronteiras do tempo... E sobre o guerreiro escocês que a levou da segurança do século XX para os perigos do século XVIII. O legado de sangue e desejo que envolve Brianna finalmente vem à tona quando Claire relembra a sua jornada em uma corte parisiense cheia de intrigas e conflitos, correndo contra o tempo para evitar o destino trágico da revolta dos escoceses. Com tudo o que conhece sobre o futuro, será que ela conseguirá salvar a vida de James Fraser e da criança que carrega no ventre?

Cuidado: spoilers de A viajante do tempo.
Claire é uma viajou duzentos anos no tempo e mesmo amando seu marido, acabou se apaixonando e se casando com Jamie Fraser. Após ficar três anos desaparecida ela retorna à Escócia da atualidade, onde foi encontrada perdida, suja e grávida pelas autoridades daquele tempo. Vinte anos depois Jack seu marido não está mais entre elas e Claire está determinada a revelar à sua filha Brianna toda a aventura obscura que envolve aqueles três anos. Mas esta é uma verdade que Brianna não consegue aceitar que o único pai que conhecera e que muito ama,  não era realmente o seu pai. Após resgatar Jamie da prisão em que ele fora torturado e violentado, Claire passou por maus bocados para conseguir manter a todos com vida. Com ajuda de outros membros do clã Fraser, eles fogem para um mosteiro e lá permanecem até que pelo menos uma partes dos demônios de Jamie sejam curados. Jonathan Randall conseguiu fazer um belo estrago no psicológico de Jamie, a ponto de que a simples menção de seu nome, ele travava em choque. Proibido de viver na Escócia, eles fogem para França e passam a viver como um casal comum com boas relações na sociedade parisiense e cultivando amizade com príncipe Carlos Stuart, herdeiro do trono da Escócia. Apesar de defender a causa jacobita, eles tentavam minar qualquer tentativa de levante, já que por vir do futuro, Claire era detentora de informações privilegiadas, apesar de que suas lembranças dos fatos históricos que culminou em uma das maiores guerras da Escócia, não fosse tão vívidas assim na sua memória. Disfarçado pela fachada de comerciante de vinhos, Jamie vivia em busca de informações que determinassem os passos do príncipe Carlos e Claire, que não suportava o papel de esposa fútil entregue aos mexericos da corte, dedicava parte do seu tempo em trabalho voluntário no hospital da cidade, explorando seus conhecimentos médicos, ainda que muita doença a que tratava ainda não se conhecia a cura. Dedicados às amizades sinceras e outras nem tanto, viviam apaixonadamente tentando se livrar de sombras do passado, e buscando garantir que o futuro ainda existisse, principalmente para o filho que Claire carregada em seu ventre, selando uma união de amor e dedicação, mesmo em tempos de guerra.
- Quero protegê-la, Sassenach. Estender meu corpo sobre você como um manto e servir de escudo para você e a criança. – Sua voz era rouca e suave, ligeiramente embargada. – Eu faria qualquer coisa por você... E, no entanto... Não há nada que eu possa fazer. Não importa o quanto eu seja forte ou o quanto queira ajuda-la; não posso acompanha-la aonde você tem que ir... Nem ajuda-la de nenhuma forma. E pensar em tudo que pode acontecer e eu impotente, sem poder fazer nada... Sim, eu tenho medo, Sassenach. (Pág.99)
RESSACA LITERÁRIA!!! Este é o resultado final depois de concluir este livro. Impossível não ficar completamente envolvido por Jamie e Claire. Dizer que sofremos e torcemos pelos dois é pouco. Viver este amor é mais do que intenso, é arrebatador. Raros são os livros em que a narrativa te tira o ar, e estas são com certeza as sensações dominantes nesta leitura. As emoções explodem a cada acontecimento de uma forma que você não se desliga da história, mesmo muito tempo após o fim da leitura. Esta série é com certeza aquela que nunca sairá da estante, no altar de favoritos e amados por toda a vida.  

Gabaldon, Diana. A libélula no âmbar. São Paulo, Arqueiro: 2014.


1 Comentário:

marcelia 22 de fevereiro de 2015 18:29  

Essa história de circulo de pedra o livro já me interessou gosto de escrita que parece um filme onde nas nossas cabeças, imaginamos os personagens perfeito, gostei da resenha flor e realmente como você disse "A emoção explode" rsrs
flor poderia me visitar?
magrafelizpensa.blogspot.com

Postar um comentário

Enquanto isso no skoob

Posts Recentes

  © TESOURO LITERÁRIO - Todos os Direitos Reservados