Um anjo em nossa vida - Célia Xavier de Camargo

sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

Um anjo em nossa vida - UM ANJO EM NOSSA VIDA trata sobre um tema comumente envolto em dúvidas e temores: a reencarnação. César Augusto, morador da Colônia Céu Azul, acompanha todo o processo da volta de seu amigo Maneco ao corpo físico. Angustiado, Maneco não sabe como será recebido pela família na Terra nem o que terá de passar para resgatar suas faltas de existências passadas. Cabe a César ajudar e amparar o amigo em sua inquietude. Nesta obra, de forma sensível, mas vibrante, o autor destitui o caráter místico que costuma acompanhar o conceito de reencarnação e a revela em todo seu esplendor e graça divina.
Maneco é um espírito que, assim como os demais que vivem na colônia Céu Azul, está sempre em evolução, estudando para encontrar o equilíbrio necessário para o seu crescimento. Vítima de bala perdida em uma favela do Rio de Janeiro, ele não compreendia bem os motivos dele ter sofrido tal sina, já que nesta última encarnação era o que podemos dizer de filho exemplar e amoroso. Espírito resistente e compassivo trabalha na colônia em diversas atividades nobres e ainda busca a sua paz espiritual e atraindo diversos amigos que também estão em constante aprendizado e evolução. Em uma destas atividades de socorro, Maneco fica extremamente abalado com a presença de Elisa, uma jovem muito esforçada que vive em uma comunidade pobre, cuidando da mãe doente. Maria sua mãe, fez algumas escolhas erradas quando jovem e agora é encontrada em estado de dependência alcoólica e cigarros, o que acaba por afetar sua saúde, se tornando dependente de Elisa. Parte desta dependência é também por comodismo de Maria, que mais por ignorância espiritual, acha mais fácil se vitimizar do que reagir aos ataques dos obsessores. Após esta visita e diante de tanta perturbação, Maneco decidi buscar a revelação e descobre que por muitas outras vidas anteriores, ele e Elisa estiveram entrelaçados em diversas circunstâncias de resgates morais e que não foram aproveitadas, mas sim aumentando os débitos de uma encarnação para outra. Sensibilizado por sua culpa, ele decide então pedir a oportunidade de reencarne como filho de Elisa, buscando desta forma o perdão definitivo como filho amoroso. Concedido o seu apelo, inicia-se então a busca do equilíbrio emocional e espiritual necessários para que os compromissos assumidos no plano espiritual possa se concretizar, permitindo o perdão e a união dos inimigos de outras vidas.
A doutrina Espírita pode analisar os fatos, orientar, explicar, ponderar. Mas se você não quiser aprender, passará por tudo sem aceitar nada como verdadeiro. Na vida, tenho encontrado pessoas que são assim. Preferem não enxergar para não serem obrigadas a mudar de comportamento, de atitude. Na verdade, elas evitam é saber que estão agindo errado, pois teriam a obrigação moral de ser diferentes. (Pág.282)
Ter conhecimento dos nossos compromissos é uma forma de garantirmos de realizá-los buscando também o nosso equilíbrio. Acho importante estarmos cientes de que nós fomos criados para o perdão e para o amor, e qualquer medida contrária a estas filosofias só contribui para os nossos débitos. E neste livro podemos perceber mais uma vez que estas são as leis do universo, as leis da vida. Ninguém nunca disse que é fácil e se disser estará mentindo, mas é justamente por se tratar de um aprendizado é que se faz necessário todo esforço. É por isso que o espiritismo é uma filosofia de vida, uma forma de nos inspirar ao bem, ao perdão e à comunidade com o próximo. Só assim estaremos praticando o nosso crescimento e realizando nossos compromissos assumidos no plano espiritual.

Agusto, César; psicografia de Célia Camargo Xavier. Um anjo em nossa vida. São Paulo: Petit, 2014.



Read more...

O segredo de Ella & Micha - Jessica Sorensen

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015

O Segredo de Ella e Micha - Este livro que você vai ler agora arrancou suspiros de uma legião de leitores americanos, entusiasmados com a escrita provocante de Jéssica Sorensen. O segredo de Ella e Micha trata do romance entre dois jovens, mas não é só isso. Os protagonistas vão tecendo, em primeira pessoa, uma trama complexa e ao mesmo tempo simples, que envolve temas delicados como dramas familiares, traumas psicológicos, medo do futuro e da morte, com naturalidade e sinceridade. Eis o que torna o livro tão comovente: sua realidade. Em qualquer lugar do mundo, cada jovem têm um pouco destes dois heróis paradoxalmente frágeis com seus traumas, mas fortes para enfrentar a dura realidade da existência e superar seus conflitos mais difíceis. Respire fundo, prepare-se para acompanhar uma história de amor com pitadas generosas de sensualidade e adrenalina.
Ella é uma jovem que passou por muitas dores em sua curta existência. Desde criança ela sempre foi retraída e somente uma pessoa conseguiu transpassar esta barreira: Micha. Vizinhos de cerca, Micha conseguiu quebrar a resistência daquela garotinha com um suco, após várias tentativas de aproximação e aos dezesseis anos ele se descobriu perdidamente apaixonado por Ella, que adquiriu com o tempo uma personalidade durona e marrenta. Ella gostava de trajar-se bem no estilo dark, com roupas pretas ou roxas, olhos exageradamente delineados e atitude rebelde que assustava a todos, exceto Micha que arrasta um navio por ela. Mas a vida de Ella que já teve sua dose de dor é cruelmente marcada por uma tragédia. A mãe de Ella era portadora do distúrbio de personalidade bipolar e para ela era muito difícil lidar praticamente sozinha com este fardo, já que seu pai tinha problemas com bebidas. E em uma única noite tudo se acabou e a dor explodiu com todo o seu ápice em sua vida. Desesperada ela toma uma decisão radical e abandona sua cidade sem avisar a ninguém, nem mesmo a Micha que fica desesperada e vai estudar na universidade de Las Vegas. Oito meses se passam e Ella se transforma. Disposta a se tornar outra pessoa, ela agora vive uma vida regrada e discreta, evitando até mesmo a mínima alteração de humor. Sua única amiga agora é Lila, uma antítese de todas as suas antigas amizades, até mesmo porque as poucas que tinham eram garotos, devido a sua personalidade explosiva. Ella agora precisa voltar para casa e para seu passado, enfrentar suas dores, suas tragédias e seus sentimentos em ebulição por Micha.
Todo esse questionamento me deixa desconfortável. Evitando confronto, acendo a luz do meu quarto e tremo diante do que vejo. É como um museu do meu passado. (Pág.33)
Este é um daqueles romances que te pegam de jeito. Intenso, arrojado e arrebatador, te carrega pelas emoções. Ella é intensa, apaixonada, sensibilidade em uma carapaça de agressiva. Todas as suas atitudes são justificadas pela condição de família pobre vivendo em um bairro violento. Micha é o bad-boy apaixonante, bonito, sensível e que faz todas as garotas, inclusive as leitoras se apaixonarem. A história dos dois é dolorida e arrebatadora. Existem muita adrenalina e tensão sexual entre estes dois. Ella resiste em se entregar aos seus sentimentos por Micha e ele não se envergonha de gritar aos quatro ventos os seus sentimentos e provoca o tempo inteiro. Espero que vocês gostem tanto quanto eu e me contem aqui.

Sorensen, Jessica. O segredo de Ella&Micha. São Paulo: Geração Editorial:, 2013.


Read more...

MAXIMUM RIDE: Projeto Angel - James Patterson

terça-feira, 24 de fevereiro de 2015


Maximum Ride tem 14 anos. Ela e os seus amigos seriam crianças normais se não tivessem o dom de voar. Para algumas pessoas esse poder seria um sonho, mas, no caso da turma de Max, a vida se transformou em um pesadelo sem fim desde que a perseguição dos Apagadores começou.
Seja em cima das árvores do Central Park, em uma jornada escaldante no deserto da Califórnia ou nas entranhas do metrô de Nova York, Max e sua nova família lutam para compreender por que eles são diferentes de todos os outros seres humanos. A maior dúvida é: eles vão salvar a humanidade ou ajudar a destruí-la?
Impossível ficar indiferente a Max! Sarcástica, corajosa e meio impaciente, ela é a líder mais poderosa e forte que você já conheceu. Ao mesmo tempo em que luta para se proteger e salvar a vida dos seus amigos, Max tenta entender por que tudo tem que ser tão difícil e diferente para eles.
Se você gosta de ação rápida, dinâmica, daquelas de tirar o fôlego, com vilões que você ama odiar... Este é o seu livro! Uma aventura fantástica e imprevisível, que emociona e desperta a imaginação.            

Maximum Ride é uma garota de 14 anos, que mora e cuida com os seus 5 irmãos (Angel, Gasman, Nudge, Iggy e Fang). Além de serem orfãos que moram sozinhos, outro fato estranho faz com que eles sejam diferentes da maioria dos outros seres-humanos: eles são 98% humanos e 2% pássaros, ou seja, eles tem assas, forças sobre-humanas e cada um tem poderes sobrenaturais que vão surgindo no decorrer dos anos de suas vidas. Mas eles nem sempre moraram sozinhos em uma casa na montanha, há 4 anos atrás eles moravam na Escola, um instituto de pesquisa onde os Jalecos Brancos fazem mutações genética de pessoas + animais e animais + animais de outras espécies; até que Jeb os sequestrou e os levou para morar em uma casa distante, e então crio-os como filhos por um tempo e depois simplesmente sumiu.

Mas um dia, a tranquila rotina das crianças-pássaros é quebrada pelos Apagadores (pessoas lobos, também experiencias feitas na Escola) invadem o local onde moram e sequestram Angel, a garotinha mais nova da família. Gasman não consegue conter o odio de ter a sua unica irmã de sangue levada de volta para a Escola, sabe-se lá para quê, e claro, os outros também não suportam a ideia da pequena Angel sendo torturada novamente pelos maldosos Jalecos Brancos. E assim eles saem em uma missão de resgate, o projeto de resgate à Angel.

Max, Fang e Nugde saem para a busca, já Fang (que é cego) e Gazzy (que é o mais novo, depois de Angel; e está muito triste e bravo) ficam, já que no ponto de vista de Max, eles poderiam não ser muito uteis na missão, e ficam em casa para caso Angel volte, ou os Apagadores ataquem novamente. E no meio do resgate várias coisas acontecem, verdades do passado das crianças, pessoas que ajudam, pessoas que atrapalham... e uma voz na cabeça da Max, que ainda não sei se quer ajudar ou atrapalhar. Será que conseguirão resgatar a Angel? Para que pegaram a menina? Os mistérios do passado deles serão revelados? Ou virão mais perguntas ainda? Enfim, para ter essas respostas, só lendo Maximum Ride: Projeto Angel.

Depois, respirando fundo, estendi minhas asas o mais forte e rápido que pude. Quatro metros de uma ponta à outra, marrom-claras com riscas brancas e pontos marrons parecidos com sardas...

Bom, para falar a verdade, este livro não foi nada do que eu esperava; primeiro que não coloquei muita porque é um livro do James Patterson, o mesmo autor da série Bruxos que mesmo eu não tendo lido, vi milhões de resenhas negativas, então fiquei com um pé atrás com o autor. E segundo que pensei que seria uma história sobre anjos, mas como vocês viram acima, é sobre pessoas-pessários. Mas, tenho que confessar, fui surpreendida de uma maneira ótima tanto pelo autor, quanto pela história.

Os capítulos são divididos entre a narrativa em primeira pessoa da Max, e em terceira dos outros personagens. São capítulos bem curtos, e que nos ajuda a conhece-los e à entender suas personalidades no decorrer da história. Adorei o fato de serem partes pequenas, pois, ao menos para mim, ajuda a leitura à ser bem mais rápida e nada cansativa. Encontrei alguns erros de digitação, detalhes que devem ter passado despercebidos na revisão; Gostei bastante da capa, a fonte ficou de um tamanho ótimo, e a arte no inicio dos capítulos também ficaram legais.

Com os personagens bem descritos, tanto a aparência física, como a personalidade, as manias, as particularidades, tudo, me senti como se conhecesse cada um deles no final do livro. Os cenários também, foram descritos com detalhes para que entendêssemos toda a ação que estava acontecendo no momento. Ah, e a narrativa da Max fez como que eu fosse uma amiga que estivesse lendo sua mente à todo tempo, porque ela fala com o leitor, faz piadas, comentários irônicos; no final do livro, ainda temos de brinde os dois primeiros capítulos do segundo livro, e textos de um blog em que Fang conta como está sendo as buscas pelas respostas do passado deles. Achei isso simplesmente o máximo.

Enfim, realmente não foi nada que eu esperava mesmo, no inicio do livro (quando está tudo muito calmo) eu senti uma pontada de preguiça de lê-lo, mas a cada ação, a cada aparição dos Apagadores, a cada descoberta do passado deles, eu fui começando à ficar dependente em saber o que aconteceria em seguida. E agora estou dependente pela continuação. Dei 5 corações para este livro, acho que nunca fiz isso em nenhuma resenha, mas acho que este livro merece, e recomendo bastante para quem gosta de historias com mutação genética, mistério, e muita, muita ação. E que venha o segundo livro.

Patterson, James. Maximum Ride: Projeto Angel. Ribeirão Preto, SP: Novo conceito Editora, 2014. 

Read more...

Momento música #169

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

Bom dia amigos !!!

Jornal Última semana de fevereiro, e de Pensar Que Outro dia estávamos comemorando o ano novo! E vamos Que vamos .... Música!
E a música e uma Trilha sonora de Ella & Micha, Livro resenhado para quarta-feira dia 25/02.

Beijos

Behind Blue Eyes - The Who




Read more...

A libélula no âmbar - Diana Gabaldon

sexta-feira, 20 de fevereiro de 2015

Claire Randall guardou um segredo por vinte anos. Ao voltar para as majestosas Terras Altas da Escócia, envoltas em brumas e mistério, está disposta a revelar à sua filha Brianna a surpreendente história do seu nascimento. É chegada a hora de contar a verdade sobre um antigo círculo de pedras, sobre um amor que transcende as fronteiras do tempo... E sobre o guerreiro escocês que a levou da segurança do século XX para os perigos do século XVIII. O legado de sangue e desejo que envolve Brianna finalmente vem à tona quando Claire relembra a sua jornada em uma corte parisiense cheia de intrigas e conflitos, correndo contra o tempo para evitar o destino trágico da revolta dos escoceses. Com tudo o que conhece sobre o futuro, será que ela conseguirá salvar a vida de James Fraser e da criança que carrega no ventre?

Cuidado: spoilers de A viajante do tempo.
Claire é uma viajou duzentos anos no tempo e mesmo amando seu marido, acabou se apaixonando e se casando com Jamie Fraser. Após ficar três anos desaparecida ela retorna à Escócia da atualidade, onde foi encontrada perdida, suja e grávida pelas autoridades daquele tempo. Vinte anos depois Jack seu marido não está mais entre elas e Claire está determinada a revelar à sua filha Brianna toda a aventura obscura que envolve aqueles três anos. Mas esta é uma verdade que Brianna não consegue aceitar que o único pai que conhecera e que muito ama,  não era realmente o seu pai. Após resgatar Jamie da prisão em que ele fora torturado e violentado, Claire passou por maus bocados para conseguir manter a todos com vida. Com ajuda de outros membros do clã Fraser, eles fogem para um mosteiro e lá permanecem até que pelo menos uma partes dos demônios de Jamie sejam curados. Jonathan Randall conseguiu fazer um belo estrago no psicológico de Jamie, a ponto de que a simples menção de seu nome, ele travava em choque. Proibido de viver na Escócia, eles fogem para França e passam a viver como um casal comum com boas relações na sociedade parisiense e cultivando amizade com príncipe Carlos Stuart, herdeiro do trono da Escócia. Apesar de defender a causa jacobita, eles tentavam minar qualquer tentativa de levante, já que por vir do futuro, Claire era detentora de informações privilegiadas, apesar de que suas lembranças dos fatos históricos que culminou em uma das maiores guerras da Escócia, não fosse tão vívidas assim na sua memória. Disfarçado pela fachada de comerciante de vinhos, Jamie vivia em busca de informações que determinassem os passos do príncipe Carlos e Claire, que não suportava o papel de esposa fútil entregue aos mexericos da corte, dedicava parte do seu tempo em trabalho voluntário no hospital da cidade, explorando seus conhecimentos médicos, ainda que muita doença a que tratava ainda não se conhecia a cura. Dedicados às amizades sinceras e outras nem tanto, viviam apaixonadamente tentando se livrar de sombras do passado, e buscando garantir que o futuro ainda existisse, principalmente para o filho que Claire carregada em seu ventre, selando uma união de amor e dedicação, mesmo em tempos de guerra.
- Quero protegê-la, Sassenach. Estender meu corpo sobre você como um manto e servir de escudo para você e a criança. – Sua voz era rouca e suave, ligeiramente embargada. – Eu faria qualquer coisa por você... E, no entanto... Não há nada que eu possa fazer. Não importa o quanto eu seja forte ou o quanto queira ajuda-la; não posso acompanha-la aonde você tem que ir... Nem ajuda-la de nenhuma forma. E pensar em tudo que pode acontecer e eu impotente, sem poder fazer nada... Sim, eu tenho medo, Sassenach. (Pág.99)
RESSACA LITERÁRIA!!! Este é o resultado final depois de concluir este livro. Impossível não ficar completamente envolvido por Jamie e Claire. Dizer que sofremos e torcemos pelos dois é pouco. Viver este amor é mais do que intenso, é arrebatador. Raros são os livros em que a narrativa te tira o ar, e estas são com certeza as sensações dominantes nesta leitura. As emoções explodem a cada acontecimento de uma forma que você não se desliga da história, mesmo muito tempo após o fim da leitura. Esta série é com certeza aquela que nunca sairá da estante, no altar de favoritos e amados por toda a vida.  

Gabaldon, Diana. A libélula no âmbar. São Paulo, Arqueiro: 2014.


Read more...

Escravos do ouro - Eurípedes Kühl pelo espírito Van der Goehen

quarta-feira, 18 de fevereiro de 2015

Severo Cantilhão era um próspero fabricante de vinhos na cidade do Porto, em Portugal, no século XVIII. Ao lado da esposa Antônia e dos filhos Henrique, Carlota e Julialva, vivia uma vida tranquila e cercada de amigos influentes da nobreza de Lisboa. Contudo, uma informação sigilosa vinda da colônia mudaria completamente os planos de Severo: descobriram ouro do Brasil!...Muito ouro! O pacato proprietário de vinhedo passa a ser movido por um único sentimento: a ambição. Decide mudar de rumo, ir para o Brasil-colônia buscar ouro, acumular riquezas e fazer fortuna. Utilizando-se das influências políticas, viaja para o Brasil com a função de Procurador Real. Começa, então, uma história que Severo Cantilhão jamais esqueceria. Em terras brasileiras, entra em contato com o espanhol Mendonza e com um personagem de fundamental importância para a descoberta do ouro: o escravo Tangegê. O enredo no Brasil-colônia ganha novo contorno. Entram em cena a presença do plano espiritual no auxílio aos personagens cegos pela cobiça e a busca de liberdade por homens escravizados pelo domínio da força. Um romance que retrata o início do ciclo da mineração no Brasil, no qual o espírito Van der Goehen nos oferece novos ensinamentos espirituais sobre um tema ainda atual em todo o mundo: a libertação dos escravos do ouro.
Severo Cantilhão é um português proprietário de uma Quinta, mas que há tempos se encontrava insatisfeito e almejando novos projetos. Ciente dos rumores de que na colônia portuguesa denominada Brasil estava se encontrando ouro, ele mais do que depressa deu um jeito de ser nomeado intendente, pessoa de confiança do Rei com o objetivo de fiscalizar a cobrança de impostos e aumentar a arrecadação naquela colônia. Cheio de soberba, ele chega ao Brasil como se fosse o próprio rei, e passa a distribuir ordens e criar leis que beneficiem a coroa portuguesa e aos seus interesses próprios. Em um golpe de sorte, em uma de suas diligências Severo descobre o segredo de Mendonza, um espanhol que há muito ali se encontrava e com o auxílio de Tangegê, um escravo alforriado de coração puro, já extraía verdadeiro tesouro em pepitas de ouro das terras hoje conhecidas como Ouro Preto das Minas Gerais. Severo e Mendonza acabam por selar um acordo que visa apenas atender os próprios interesses de ganância, e somente uma parte era realmente destinada ao império português. Mas como a cobiça e a ambição era e ainda é um dos maiores males da humanidade, logo a descoberta do ouro passa a correr o mundo. Grandes perigos passam a rondá-los, e tanto Severo quando Mendonza continuava por defender apenas os próprios interesses. Dentre os que viviam nesta dura vida extratora, poucos eram aqueles que não se deixavam deslumbrar pela promessa de riqueza fácil, dentre eles Tangegê e Zangigi, ambos escravos trazidos da distante África, de muita simplicidade e grande sabedoria sobre a colheita  que seria originada por tanto ambição e cobiça.
Tão estridente é o som do ouro na mente daqueles que sofregamente o buscam, oi dos poucos que o detêm, que uns e outros, desprezando-lhe a voz que recomenda emprego  humanitário, quedam-se também surdos à voz da consciência. E, tal surdez, sempre deságua em tristezas, maiores ou menores, quando não, em tragédias. (Pág.152)
Mesmo em se tratando de fatos acontecidos duzentos anos após a descoberta do Brasil, os sentimentos narrados serão sempre assunto atual. Ambição, soberba e ganância sempre existirão, se não for por ouro, será por qualquer outro objeto ou condição que seja interpretado como meios de poder. Mas o pior são os estragos que acontecem na vida daqueles que se acham acima do bem e do mal para alcançar vis objetivos, somente com objetivo de poder e enriquecimento ilícito sem pensar naqueles menos favorecidos e que necessitam de amparo. Felizes aqueles que reconhecem que sozinhos não chegarão a lugar algum. Uma lição de amor ao próximo e humildade.

Kühl, Eurípedes. Escravos do ouro. São Paulo, Lumen Editorial: 1.999.



Read more...

Top Filme #37

terça-feira, 17 de fevereiro de 2015

Gênero: Animação, Aventura, Família

A caçula Anna (Kristen Bell/Gabi Porto) adora sua irmã Elsa (Idina Menzel/Taryn Szpilman), mas um acidente envolvendo os poderes especiais da mais velha, durante a infância, fez com que os pais as mantivessem afastadas. Após a morte deles, as duas cresceram isoladas no castelo da família, até o dia em que Elsa deveria assumir o reinado de Arendell. Com o reencontro das duas, um novo acidente acontece e ela decide partir para sempre e se isolar do mundo, deixando todos para trás e provocando o congelamento do reino. É quando Anna decide se aventurar pelas montanhas de gelo para encontrar a irmã e acabar com o frio. (Fonte: AdoroCinema)



Admito que nunca tinha tido nenhuma vontade de assistir a este filme. Estou meio exigente demais para parar e ficar assistindo qualquer coisa pouco interessante. Mas no dia em que minha sobrinha veio dormir comigo, procurando algo interessante, achei Frozen. Fui atraída pelas belas imagens e pela simpatia dos personagens. O filme é lindo e realmente para toda a família. Adorei!


Read more...

Momento música #168

segunda-feira, 16 de fevereiro de 2015

Bom dia foliões !!!

Todo mundo curtindo preguiça na segunda-feira de carnaval, mas o importante é que música não pode faltar, não é mesmo?

Silverchair - Miss you love


Read more...

Belo Casamento - Jamie McGuire

sexta-feira, 13 de fevereiro de 2015

A louca e viciante história de amor de Travis e Abby foi narrada por ela em Belo desastre e por ele em Desastre iminente. Como num conto de fadas moderno, sabemos que eles se casaram e foram felizes para sempre... mas quanto realmente conhecemos dessa história? Por que Abby fez o pedido de casamento? Que confidências eles trocaram antes da cerimônia? Onde passaram a noite de núpcias? Quem sabia que eles iam se casar e guardou segredo? Todos os detalhes sobre o casamento de Travis e Abby eram secretos... até agora. Os fãs do casal mais quente da literatura terão todas as suas perguntas respondidas nesta história vertiginosa sobre o dia (e a noite...) do casamento de Travis e Abby e o melhor, contada pelo ponto de vista dos dois!
Após o fatídico incêndio na escola, Abby e Travis se entregam ao desespero. Muitos perderam a vida e Travis ainda pode ser incriminado, já que ele estava no local participando de uma de suas lutas que eram proibidas. Abby se desespera com o que pode vir a acontecer com seu grande amor e decide tomar uma drástica decisão. Ela toma a iniciativa e pede para Travis ir com ela para Las Vegas e se casarem, mesmo ela mesma não estando preparada para este grande passo. Tudo o que ela quer é salvar o Travis da prisão, pois já bastava o sofrimento da perda dos amigos, e para isto ela precisava de álibi para acobertar a presença de Travis na escola no momento do incêndio. Travis se empolga com o inusitado pedido de Abby sem nem imaginar sua verdadeira intenção.
Acabar com aquilo? Era assim que eu realmente me sentia? Talvez não fosse só o fato de o Travis precisar de um álibi plausível. Talvez eu temesse amarelar se tivesse muito tempo para pensar no que estávamos fazendo. (Pág38)
Como falar de Abby e Travis sem ser apedrejada? O livro não é aquilo tudo que foi Belo desastre, mas tem seu charme. Achei pouco profundo, sem aquela emoção passional que tanto me arrebatou no primeiro livro. Abby age o tempo todo como se tivesse com um revólver na cabeça enquanto que Travis está todo feliz e deslumbrado pelo casamento. Eu esperava algo com mais arroubo, mais paixão. Mesmo assim valeu pela leitura rapidinha.

McGuire, Jamie. Belo Casamento. Campinas, SP; Verus: 2014.

Belo Desastre


Read more...

Amor sem limites - Abbi Glines

quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015

Blaire Wynn conheceu Rush Finlay num momento muito difícil da vida dela, logo depois de perder a mãe e a casa em que morava. Filho de um astro do rock, Rush vivia num mundo de luxo, sexo sem compromisso e total despreocupação com o futuro. Exatamente o oposto de tudo o que Blaire conhecia. Mesmo com tantas diferenças, a paixão entre os dois foi arrebatadora. Porém Rush guardava um segredo de sua família que levou ao fim do namoro e a um período de tristeza absoluta para o casal. Mas eles já não sabiam viver um sem o outro e cederam de novo àquele sentimento irresistível. Agora Blaire está grávida, eles estão felizes e planejam se casar. Mas nem tudo está garantido. O pai de Rush chega trazendo más notícias e novamente os antigos problemas de família podem fazer com que os dois se afastem.
Blaire está em um momento único na sua vida. Depois de um ano de muito sofrimento ela encontrou um amor e um novo sentido para sua vida. Até o seu relacionamento com o pai melhorou depois que eles tiveram a oportunidade de conversarem e expor suas mágoas. Rush está cada vez mais apaixonado, assim como ela, mas Blaire tem certeza que pra ela os sentimentos são diferentes já que ela era uma ninguém, órfã e pobretona e que conquistou um solteiro muitíssimo cobiçado e rico, que caiu de amores por ela, assim como ela era perdidamente apaixonada por ele. Sua vida agora tomou outros rumos, ela está esperando um filho de Rush e preparando seu casamento com o amor de sua vida. Rush está cada vez mais se tornando um pai babão e um marido maxi protetor. Para ele, Blaire já sofreu mais do que merecia e queria pra ela somente momentos felizes. Mas de para Rush somente a felicidade de Blaire era o mais importante, ele não conseguia ignorar o fato de que Nan era sua irmã muito mimada e que fazia de tudo para chamar a atenção, principalmente destruir a paz de Rush e Blaire.
Fiquei ali parada olhando para Rush. Na primeira vez que o vi, fiquei impressionada com a beleza dele. Nunca teria imaginado que aquele playboy temperamental pudesse ter um coração tão grande por baixo de toda aquela arrogância. (Pág.44)
Este é o livro que encerra a trilogia que narra a história de amor de Rush e Blaire e fecha com chave de ouro. Mesmo com os dramas blá blá blá, ele reforça o amor que a atração que uniu os dois, temperados com a chatice de Nan, a fidelidade de Beth e as esquisitices dos pais de Rush e Nan, o ditos Reis do rock, apesar do estilo de vida desregrado dos dois, talvez esta seja a forma real de apresentar o estilo de vida destes astros, mas o que nos interessa mesmo é a paixão e devoção de Rush por Blaire, que está mais forte e apaixonante do que nunca.

Glines Abbi. Amor sem limites, São Paulo, Arqueiro: 2014.




Read more...

Top Filme #36

terça-feira, 10 de fevereiro de 2015

Elenco: Jennifer Lawrence, Josh Hutcherson, Liam Hemsworth
Gênero: Ação, Drama, Ficção Científica

Num futuro distante, boa parte da população é controlada por um regime totalitário, que relembra esse domínio realizando um evento anual - e mortal - entre os 12 distritos sob sua tutela. Para salvar sua irmã caçula, a jovem Katniss Everdeen (Jennifer Lawrence) se oferece como voluntária para representar seu distrito na competição e acaba contando com a companhia de Peeta Melark (Josh Hutcherson), desafiando não só o sistema dominante, mas também a força dos outros oponentes.
(Fonte: AdoroCinema)



Eu sei que estou super, hiper, mega atrasada com as minhas impressões sobre esta saga, mas obedecendo o meu ritmo, somente agora posso fazê-lo. Após resistir e postergar o quanto possível eu cedi aos apelos da massa e fui ler o primeiro livro para em seguida assistir o filme. Ainda estou atrasada pois não cheguei ao segundo livro e muito menos ao segundo filme, mas não há motivos para desespero pois esta febre já me contaminou e logo logo darei fim à esta falha. 
Quanto ao filme o que posso dizer senão que estão todos cobertos de razão: o filme, assim como o livro é extremamente viciante. O magnetismo do filme é contagioso e não pisquei enquanto não chegou ao fim. Jennifer ficou perfeita como a corajosa Katniss mas detestei o Peeta. O ator escolhido pra mim é insosso e longe do meu Peeta imaginário, enquanto que o Gail... ai ai... Louca para os próximos. Se você, assim como eu resistiu e não leu o livro ou assistiu o filme até o momento. Vá lá e não se arrependerá.

Read more...

Momento Música #167

segunda-feira, 9 de fevereiro de 2015

Bom dia leitores!
Que a semana que se inicia seja para todos farta de conquistas e serenidade. E que tal começar com uma bela música?

Birdy - Strange Birds



Read more...

Enquanto isso no skoob

Posts Recentes

  © TESOURO LITERÁRIO - Todos os Direitos Reservados