Eve & Adam - Michael Grant e Katherine Appleate

sexta-feira, 9 de janeiro de 2015

Filha única da poderosa e fria geneticista Terra Spiker, Eve fica entre a vida e a morte depois de sofrer um acidente de carro. O processo de cura no misterioso laboratório Spiker transcorre com uma rapidez impressionante, o que desperta a curiosidade da menina. Antes que Eve estreite os laços com Solo, um rapaz que compartilha segredos com a corporação, a Dra. Spiker lhe propõe um desafio: Eve terá a chance de testar, em primeira mão, um software desenvolvido para manipular gens humanos. Ela poderá criar um namorado sob medida! Mas brincar de Deus tem consequências, e agora Eve vai descobrir até que ponto existe perfeição.

Eve acaba de sofrer um grave acidente que a deixou com a perna, braço e costelas destruídos. As chances de se recuperar qualquer um destes membros é mínima e ela acorda com a discussão entre sua mãe, poderosa e autoritária, com o médico que a está cuidando. Sua intransigente mãe faz questão de que ela seja transferida para as instalações de sua conceituada clínica de genética: a Spiker Biopharmaceuticals. Contrariando as determinações médicas, Terra vence mais uma batalha, aliás, ela vence sempre. Fria e autoritária sempre imperam as suas vontades. Auxiliada por seu assistente Solo, Eve é transferida e passa a ser cuidada pelo Dr. Anderson, em uma ala da sofisticada clínica. Logo é perceptível de que não perderá nenhum membro, ela inclusive quase não sente nenhuma dor, mas guarda cautela conforme determinações médicas. Entediada, ela clama pela presença de sua melhor amiga Aislin, o que é negado pela mãe que não aprova a amizade. Para sua mãe, Aislin não passava de uma vadia rebelde que só se envolvia com as encrencas mais pesadas, mas Eve não se importava. Isto não queria dizer que ela era igual, mas apenas que gostava de viver pelas experiências da amiga. Na tentativa de distraí-la, Terra lança um desafio para Eve: criar o homem perfeito. Apaixonada por artes e por genética, Eve é atraída pelo desafio proposto, mas com a condição de que Aislin possa visitá-la. Durante sua estadia na clínica, por diversas vezes ela percebe Solo lhe rodeando e ela fica curiosa como um rapaz tão jovem trabalha na clínica de sua mãe como um “faz tudo” e também mora na clínica, e ele aos poucos vai ganhando sua confiança, principalmente após ajudá-la em uma das encrencas de Aislin. Aos poucos Eve vai se envolvendo com o projeto proposto pela mãe, ao mesmo tempo em que tenta ajudar Aislin, mas ela descobre que sua própria trajetória está marcada por fatos que seus pais esconderam e que agora a colocam no meio de um conflito pessoal.
Esse não é o trabalho simples e divertido de fazer um rosto e um corpo. Não sou religiosa, mas estou começando a simpatizar com Deus. Dê ao homem um cérebro inteligente o suficiente para dar nome aos animais, um cérebro útil e produtivo, e você começa a entender a história toda do fruto proibido. (Pág.131)
Eu comecei a ler o livro com outra ideia, mas fui surpreendida. É um livro de ficção científica, modalidade que leio muito pouco, mas que gostei. Os capítulos são narrados sob a visão intercalada de cada personagem, o que nos permite saber os seus reais sentimentos sobre o outro personagem. Eve apesar de ser filha única não é uma adolescente mimada, pelo contrário, ela tem seus choques com a mãe por terem as personalidades parecidas. Ela se ressente pela morte do pai que era um artista talentoso e com a frieza da mãe. O livro me surpreendeu pela dramaticidade dos acontecimentos e acabou sendo uma leitura rápida e agradável.

Applegate, Katherine. Eve e Adam/ Katherine Applegate e Michael Grant. Ribeirão Preto, SP: Novo Conceito Editora, 2014.


1 Comentário:

Raphael Netto 10 de janeiro de 2015 10:34  

Ei Márcia!
Estou querendo muito ler esse livro, parece ser bem interessante! Gostei da resenha, ficou ótima!
Abraços Raphael
aestantedosgemeos.blogspot.com.br

Postar um comentário

Enquanto isso no skoob

Posts Recentes

  © TESOURO LITERÁRIO - Todos os Direitos Reservados