Sonhos Despedaçados - Ellie James

quarta-feira, 24 de dezembro de 2014


Em uma casa abandonada, um grupo de adolescentes joga Verdade ou Desafio. Antes de a noite acabar, a garota mais popular da escola desaparece como se fosse por mágica.Recém-chegada à cidade, Trinity preferiria não ter as visões que a atormentam tanto... Agora ela precisa agir rápido, porque todas as suspeitas levam até ela.Cheio de reviravoltas e sustos, Sonhos Despedaçados é leitura obrigatória para quem gosta de tramas com desfechos imprevisíveis. Os cenários ajudam a compor o mistério, e podem ser os cemitérios antigos de Nova Orleans ou os destroços deixados pelo furacão Katrina. O único problema: você não vai ter coragem de ler este livro quando estiver sozinho em casa.
Trinity é uma garota de 16 anos que foi criada em uma casinha nas montanhas por sua avó paterna após a morte de seus pais quando ela tinha apenas dois anos, - o qual ela não sabe quase nada à respeito. Após sua avó morrer, ela mudou-se para Nova Orleans, sua cidade natal para morar com a sua tia Sara, que ela não via desde que era uma criança.

Sempre estudou em casa, e nova em uma cidade completamente desconhecida para ela, Trinity está tentando se enturmar com as pessoas de sua idade. E para isto em uma noite ela vai com alguns colegas para uma casa abandonada, onde dizem ser mal-assombrada e lá brincam de Verdade ou Desafio, até que Jessica, - a garota mais popular da escola, é desafiada à andar pela casa sozinha e sem nenhuma luz para guia-la; até que a menina grita e todos saem correndo à sua procura. Mas Trin se perde no caminho, sem nenhuma lanterna nem nada, se encontra sozinha, em um quarto fechado e totalmente escuro a garota se perde em meio à um pesadelo, onde uma garota está deitada em um colchão sujo e aterrorizada...

Após algum tempo, Pitre, - um dos jovens que estavam na casa, abre a porta e resgata Trinity, e a garota descobre que tudo não passou de uma brincadeira armada por Jessica e Amber, como uma lição dada à Trin por ela mostrar interesse por Chase (namorado de Jessica). Por motivos óbvios, T fica enfurecida com todos e resolve sair daquele casa horrível, e resolve parar de tentar se encaixar no meio daquelas pessoas que não passavam de completos estranhos para ela.

Porem, após dois dias desde que visitaram a casa assombrada, Jessica some sem deixar nenhuma pista, e Trin é a principal suspeita de ser a responsável por isto, afinal, quem não se vingaria de uma brincadeira de mal gosto? A garota volta a ter pesadelos e percebe que a garota que vira deitada em um colchão sujo era Jessica, e sabia tambem que aqueles pesadelos não eram apenas sonhos ruins, Trin poderia ver, sentir, Trin é a unica que pode ajudar Jessica a ser encontrada. Mas os amigos de Jessie não estavam dispostos a acreditar na garota, e muito menos os policiais. A aproximação com Chase e os sonhos de Trinity só aumentava mais ainda as suspeitas que tinham contra a menina.

Apenas com Chase e sua tia Sara do seu lado, Trinity terá que lidar com os seus sonhos, ajudar a encontrar Jessica e no meio de tudo isso, lidar com as verdades de seu passado vindo a tona. Será que Trin conseguirá lidar com todas essas coisas e sentimentos ao mesmo tempo? Até onde uma brincadeira de mal gosto pode ir?
"Às vezes brincar era divertido, e às vezes não."
Bom, eu realmente não sei o que eu esperava deste livro, acho que um misto de expectativa com um "não espere demais"; mas tenho que dizer: Sonhos Despedaçados realmente me surpreendeu, de uma forma muito, muito boa. Com uma historia que fluiu tão bem, que era impossível ler apenas mais um capitulo. Com personagens marcantes, de personalidades e fisionomias bem descritas. Os locais mostrados com detalhes, as vezes conseguia me sentir junto com Trin no meio dos seus sonhos.

Sobre o trabalho da editora não tenho muito o que falar, a revisão deixou passar apenas alguns erros na digitação, fora isso tudo ficou ok. Porém, achei a capa meio nada a ver, tirando a libélula, nada na capa me deixou fazer ligação com a historia (pois é, eu amo fazer ligação do titulo e da capa com a historia do livro). E achei um exagero a sinopse dizer "você não vai ter coragem de ler este livro quando estiver sozinho em casa", sendo que o livro não tem terror algum, apenas mistério e suspense paranormal.

Um enredo muito envolvente, que detalhes pequenos mudavam completamente o rumo da historia, e a caça de Trinity sobre a verdade em relação ao sumiço de Jessica, ao seu passado e principalmente a verdade dela mesma. Eu juro que tentei prever o final, e que essa historia seria tão previsível como outras que temos por aí. Mas me enganei e no final fiquei meio "COMO ASSIM!?". Mas o que não me deixou muito contente foi uma pergunta que ficou sem resposta no final de tudo, porém acho que era essa a intenção da autora, já que o sequestro de Jessica era apenas uma trama de segundo plano no livro.

Enfim, vocês puderam perceber que o livro tem muiiiita historia, muito pano pra manga e tal, mesmo tendo apenas 319 páginas, Ellie conseguiu contar muito sem deixar a historia pesada e cansativa; tanto que o meu resumo saiu maior que a resenha, k. Mas é o seguinte, se você está afim de se surpreender com um livro, e gosta de temas paranormais, mas sem aquela coisa assustadora, este é o livro para você!

JamesEllieSonhos Despedaçados. Ribeirão Preto, SP: Novo Conceito Editora, 2014. 




sobre o autor

Eduarda GalvãoEduarda Galvão, 18 anos, Brasília. Cheia de esquisitices e manias. Apaixonada por livros e personagens. Louca por filmes e séries. Com mania de colecionar livros, canecas e amores..

1 Comentário:

Silvana Sartori 24 de dezembro de 2014 09:57  

Olha tenho que confessar que gostei bastante de tudo que você escreveu em sua resenha, mas após ter lido esse livro com tanta expectativa acabei me decepcionando, porque achei tudo muito confuso. Eu vi que a história se encaminhava para uma direção e depois foi para outra. Isso me deixou hiper confusa e eu não sou a única que tem falado isso nas resenhas. A história tinha tudo pra ser boa de verdade mesmo, até porque a autora escreveu uma ótima trama, mas eu acho que deveria ter elaborado melhor sabe? Seilá. Eu sinceramente fiquei assim meio triste, porque pra mim já estava mais do que favoritado, mas depois dessas coisas que me encomodaram eu acabei dando a mesma nota que vc...ou foi duas estrelas...agora n me lembro, mas mesmo assim é de gosto mesmo...Acho que cada um vai ter que ler e tirar suas conclusões.

Enfim...Parabéns linda...Adorei tudo que vc escreveu sobre o livro
e principalmente o seu ponto de vista =]

lovereadmybooks.blogspot.com.br

Postar um comentário

Enquanto isso no skoob

Posts Recentes

  © TESOURO LITERÁRIO - Todos os Direitos Reservados