Celeste - Leonardo Rásica

sexta-feira, 18 de julho de 2014

"E se ela desaparecesse para sempre??... Celeste não deveria ter ouvido a conversa que transformou sua vida em um pesadelo. Certa de que o próprio marido tramava seu assassinato, ela temia o que poderia acontecer também com seu filho. Celeste precisa correr contra o tempo para encontrar a verdade. Nessa busca, ela tem de enfrentar obsessões e resolver pendências de outras vidas para alcançar a verdadeira paz de espírito." Fonte: Editora

Celeste era ainda muito jovem quando foi trabalhar na Argenx, quando Ulisses estava assumindo a direção após o falecimento do fundador e seu pai, Orestes. Poucos meses depois, Celeste se casava com Ulisses, e após muitos anos de casamento, com um filho já adulto, ela vive perdida nas desconfianças que a atormentam dia e noite. Ela se tortura tentando se lembrar do que aconteceu a quinze anos, quando sofreu a primeira crise emocional que a levou a ficar internada na clínica do Dr. Morato, pois por mais que se esforce ela não consegue se lembrar do que culminou a crise e principalmente dos fatos que se sucederam ao seu retorno ao lar. Agora um gatilho foi disparado em sua mente e flashes destes acontecimentos a tem lhe tirado o sono. Tudo agora vira desconfiança, medo e temor. Ela só não fugiu ainda pra não deixar seu amado filho para trás, pois de todo o seu sofrimento, o filho é a coisa mais importante de sua vida. Seu marido, um empresário muito rico e influente, possuía amizades importantes e que poderiam ajudá-lo a se livrar de toda a culpa, assim como fizeram com aquele pobre infeliz que foi mandado para a prisão e que lá pereceu. Ela precisava, a todo custo, ser mais esperta do que Ulisses, e se livrar para sempre do perigo que ameaçava a sua vida e a do filho. Mesmo que fosse necessário contrair para si uma dívida maior ainda, aumentando de forma desnecessária o seu resgate.
Celeste se viu invadida por uma onda de pânico ao se lembrar daquela conversa que não deveria ter escutado. A nitidez da recordação era tal que ela se se espantava que aquele diálogo tivesse sido suprimido de sua memória por tanto tempo. (Pág.80)
Mais uma obra que nos ensina belas lições de amor, tolerância e perdão. Celeste sofreu a sua infância, mas se apaixonou e se casou com um homem rico e influente. Porém sua vida é marcada por uma internação inexplicável e que a fez perder a memória. Ela irá passar por conflitos que nos mostram que devemos sempre ser cuidadosos com as nossas escolhas. O caminho que tomamos pode nos levar à derrocada moral e espiritual e, portanto devemos seguir vigilantes e cultivando a fé. Uma bela lição.

Comentários:

Postar um comentário

Enquanto isso no skoob

Posts Recentes

  © TESOURO LITERÁRIO - Todos os Direitos Reservados