A filha do sangue - Anne Bishop

sexta-feira, 25 de julho de 2014

O Reino Distorcido se prepara para o cumprimento de uma antiga profecia: a chegada de uma nova Rainha, a Feiticeira que tem mais poder que o próprio Senhor do Inferno. Mas ela ainda é jovem, e por isso pode ser influencidade e corrompida. Quem a controlar terá domínio sobre o mundo. Três homens poderosos, inimigos viscerais - sabem disso. Saetan, Lucivar e Daemon logo percebem o poder que se esconde por trás dos olhos azuis daquela menina inocente. Assim começa um jogo cruel, de política e intriga, magia e traição, no qual as armas são o ódio e o amor. E cujo preço pode ser terrível e inimaginável.
Quando Tersa, conhecida como a louca profetizou a vinda de uma nova rainha, Daemon e Lucivar estavam presentes. De início eles ficaram em choque, principalmente porque a profecia não determinou quando, mas que um dia ela chegaria: uma rainha que seria o mito vivo, a mais poderosa. Quando Daemon olhou no fundo dos olhos de Tersa ele se transformou, tomado pelo desejo de mudança e muita esperança com a chegada daquela que ele espera ser sua amiga, sua amante e sua salvadora.
Daemon Sadi é um escravo sexual na corte de Dorothea uma incestuosa e cruel Sacerdotisa, assim como Lucivar, seu irmão mestiço da raça eyrieno e apesar do extenso poder que os dois detém, ainda não foram capazes de se livrarem do anel da obediência, colocado em suas genitálias e capaz de fazer dobrar o mais bravo e feroz guerreiro. Ambos são filhos de Saetan Daemon SaDiablo o Senhor supremo do Inferno, e foram escravizados devido a uma artimanha de Dorothea. Setecentos anos se passam até que a Profecia se realize. Jaenelle é uma criança de doze anos dotada de muita simpatia e carisma, mas acima de qualquer coisa, de muito poder. Um poder arrebatador e bruto que precisa ser domado, administrado e principalmente orientado para que siga no caminho do bem. Saetan a recebe em seu reino, a princípio muito assustado com o tamanho do seu poder e principalmente de sua capacidade de transitar entre os mundos livremente, como se fosse um simples passeio no parque. Jaenelle é uma criança doce e carismática que ao mesmo tempo que transborda inocência ela se afoga em uma sabedoria de uma alma que viveu milênios , que não teme sua força, pois para ela é uma coisa natural, mas que se aborrece de sua incapacidade de conseguir uma coisa básica como mover um simples objeto de lugar, mas sem se abalar de ser capaz de mover uma sala inteira. Seu principal dom é a abnegação: ela não pensa duas vezes quando é preciso curar um doente ou ajudar um ferido, mesmo sem se importar com sua própria dor e sofrimento, já que sua família a considera uma criança emocionalmente perturbada e sempre que consideram que ela está em crise a internam em um horrendo hospital para crianças problemáticas. Quando Daemon é enviado para a corte de Alexandra Angelline, ele se surpreende ao sentir as teias psíquicas de sua esperada rainha na mansão dos Angelline. Mil possibilidades são tecidas, mas ele se depara com a jamais imaginada: sua rainha, sua amada é uma criança de doze anos de idade, e por mais sádico que ele seja considerado ele seria incapaz de tamanha infâmia. Mas de agora em diante, faz de seu projeto de vida, estar ao lado de Jaenelle, amparando e garantindo sua segurança para que ela jamais seja subtraída do caminho do bem, que seu poder e seu coração não sejam desvirtuados e ela cresça para que se cumpra a profecia, pois os primeiros milagres ela já está realizando e precisava da união daqueles três homens.
Setecentos anos antes, Tersa tinha lhe dito que o mito vivo estava a caminho. Setecentos anos de espera, observando e procurando, esperançoso. Setecentos dilacerantes e extenuantes anos. Recusava-se a desistir, recusava-se porque seu coração ansiava demais por essa criatura estranha, maravilhosa e aterrorizante chamada Feiticeira. (Pág.37)

Bom, antes de qualquer coisa é preciso recuperar meu fôlego. Desde a sinopse eu me interessei pelo enredo, mas não esperava esta pancada de emoções. Eu via os mediadores comentando, uns dizendo o quanto era denso outros falando de estar meio parado, mas fui em frente. O livro é sensacional, fiquei apaixonada pelo Daemon e já sou fã. O homem é feroz, cruel, mas somente com os seus inimigos, pois a vida dele, desde a adolescência foi só de crueldade. Mas seu sonho de liberdade está em sua rainha e ele claramente a defende e lutará por seus sentimentos com paciência e muita dedicação. Uma dedicação apaixonante que nos faz transbordar e torcer, só que agora, só nos próximos livros. Este livro faz parte da Trilogia das Jóias Negras que com certeza irá te arrebatar assim como me arrebatou. Nela encontramos elementos que nos fascinam: magia, poder e romance.

1) A filha do Sangue
2) A herdeira das sombras (Previsão de lançamento: Novembro/2014
3) Rainha das Trevas (Sem previsão)

Bishop, Anne. A filha do Sangue. Rio de Janeiro: Saída de Emergência, 2014.


Comentários:

Postar um comentário

Enquanto isso no skoob

Posts Recentes

  © TESOURO LITERÁRIO - Todos os Direitos Reservados