Mar de rosas - Nora Roberts

quarta-feira, 11 de junho de 2014

Emma Grant é a decoradora da Votos, empresa de organização de casamentos que fundou com suas três melhores amigas de infância – Mac, Parker e Laurel. Ela passa os dias cercada de flores, imersa em seu aroma, criando e montando arranjos e buquês. Criada em uma família tradicional e muito unida, Emma cresceu ouvindo a história de amor dos pais. Não é de espantar que tenha se tornado uma romântica inveterada, cultivando um sonho desde menina: dançar no jardim, sob a luz do luar, com seu verdadeiro amor. Os pais de Jack se separaram quando ele era garoto, e isso lhe causou um trauma muito profundo. Ele se tornou um homem bonito e popular entre as mulheres, porém incapaz de assumir um compromisso. Quando Emma e suas três amigas fundaram a Votos, foi Jack, o melhor amigo do irmão de Parker, quem cuidou de toda a reforma para transformar a propriedade no melhor espaço para casamentos do estado.
Das quatro grandes amigas, Emmaline é a mais romântica. Seu amor pelas flores já é uma demonstração do seu romantismo e criatividade, além de também ser divertida e ponderada. Nascida de uma família unida e feliz, sempre enxergou o casamento de seus pais como um conto de fadas, e desde criança sempre sonha em se casar com o homem dos seus sonhos, ter muitos filhos e ser imensamente feliz. Nunca fez reserva quanto aos relacionamentos, mas também é sensata quando percebe que o rapaz em questão não é um bom investimento, mas para não “perder a viagem” ela sempre dá um jeitinho de apresentar o pretendente a uma amiga e assim formar mais um casal. Jack era presença constante na mansão, e sempre estavam juntos também nas reuniões e festividades, ou até mesmo dando uma força nos eventos mais desgastantes, um amigo presente e dedicado. Para Emma, ele era mais do um amigo e ela não queria jamais perder esta amizade, mas a atração entre os dois tem ficado cada vez mais forte e irresistível. Jack é um arquiteto de sucesso, venceu o trauma da separação dos pais focando na carreira toda a sua dedicação e também nas amizades verdadeiras. Seu grande defeito é a aversão aos compromissos afetivos mais sérios e ele vai passar maus bocados para convencer Del, irmão de Parker e grande amigo, de e que suas intenções com Emma são as mais nobres possíveis e de que não irá fazer com ela o mesmo que fez às outras mulheres que passaram por sua vida. Confuso mas enfeitiçado por esta mulher que o seduz e encanta, ele irá testar seus sentimentos e convicções para viver este relacionamento recheado de sedução com uma garota que sonha dançar ao luar com um príncipe encantado.
Vou ser honesta com você, Jack, como prometemos fazer. Tenho um fraco por histórias românticas, por rituais, por gestos. Também tenho um fraco por paixão, dessas fulminantes e doidas. Quero você das duas formas. Esta noite, serei sua, do jeito que você quiser. (Pág.122)
Um romance apaixonante, que ao lermos, temos instalado no rosto um sorriso e no coração uma emoção, da primeira até a última página, com direito a vários sentimentos: divertimento, ternura, paixão, lágrimas, amizade e amor. Esta segunda história só vem a solidificar o carisma desta amizade sincera e irrestrita, capaz de grandes sacrifícios em prol uma da outra e que ao mesmo tempo nos faz desejar fazer parte de uma amizade e de um amor igual. Um romance para se apaixonar.

Roberts, Nora. Mar de Rosas. São Paulo, Arqueiro: 2014.

Comentários:

Postar um comentário

Enquanto isso no skoob

Posts Recentes

  © TESOURO LITERÁRIO - Todos os Direitos Reservados