A Caçada - Clive Cussler

quarta-feira, 21 de maio de 2014


Por décadas, Clive Cussler vem deleitando leitores com romances repletos de suspense, ação e pura audácia. Agora, ele faz isso novamente, em um dos mais loucos e estimulantes thrillers de época dos últimos anos. O governo norte-americano contrata a renomada Agência de Detetives Van Dorn e seu agente igualmente renomado, Isaac Bell, para capturar um lendário ladrão de bancos conhecido como Assaltante Açougueiro. Este assassinara homens, mulheres e crianças, sem deixar nenhuma pista nem testemunhas. O detetive Bell lidera a busca e finalmente descobre a verdadeira identidade do Assaltante Açougueiro. E nesse momento inicia-se a verdadeira caçada. Com um enredo intrincado, dois vilões extraordinários e a assinatura de Cussler em reviravoltas surpreendentes, A Caçada é o trabalho de um mestre no auge de seu talento.

Após vários casos de assassinatos não resolvidos, o governo norte-americano contrata a agência de detetives Von Dorn, para capturar o Assaltante Açougueiro, - um ladrão que após os seus assaltos à bancos, mata todas as testemunhas, assim, não se tem um perfil do bandido e é quase impossível de captura-lo. Até porque, a historia se passa em 1900, ou seja, não se tinha celulares, câmeras e afins. Isaac Bell é o agente que toma a frente deste desafio, e assim começa a caçada.

Bell e sua equipe não ignoram nenhum detalhe, todos os detalhes encontrados nessa investigação é precioso, afinal, não se sabe muito a respeito do Açougueiro. E com a capacidade de raciocínio de Bell, tudo vai se encaixando e formando fatos plausíveis para terem pistas sobre o procurado. Com o investigado mais genial que o próprio investigador, A Caçada proporciona uma ótima trama policial com muitos mistérios para resolver. Será que Isaac Bell é capaz de pegar o assaltante que é quase totalmente desconhecido?

- Você tem uma verdadeira caçada nas mãos. Será difícil.
- Eu vou detê-lo - Bell declarou corajosamente. - Tenho que detê-lo ou ele matará outra vez. 

O primeiro livro da série de Isaac Bell, com uma narrativa rápida, o autor soube desenvolver as cenas de ação muito bem. Com cenários e personagens bem trabalhados, e muito fiel historicamente, é evidente que o autor teve o cuidado de pesquisar para trabalhar no seu livro (o que evitou o livro se transformar naquelas historias sem sentido algum que o autor inventa mil coisas que não existia na época em que o enredo se passa).

Narrado em 3ª pessoa, o livro se divide entre a investigação de Isaac Bell e o ponto de vista do Assaltante Açougueiro. Mostrando a verdadeira caçada (o titulo se encaixou muito bem na historia). O fato de mostrar os dois lados da moeda, se tornou quase uma provação de quem era mais esperto nesse jogo.

A capa ficou linda, muito bem trabalhada, e a tradução ficou ótima; porem, a cronologia das publicações dos livros de Clive Cussler me deixou muito confusa, totalmente fora de ordem. Lembram da minha resenha de O Reino, do mesmo autor? Apesar da capa ser trabalhada praticamente no mesmo estilo, não tem nada a ver com a série, vamos ver se dá para entender o seguinte: o 1º livro lançado no Brasil foi O Espião, mas ele é o terceiro da série Isaac Bell ; o 2º livro foi O Reino, que é o terceiro livro de outra série do autor; e o 3º lançado no Brasil foi A Caçada, que é o primeiro da série Isaac Bell. Estranho né?

Apesar desse ponto chato, super recomendo A Caçada; o livro é uma ótima pedida para os fãs de tramas policiais, porem, também agrada aqueles que não são tão ligados ao gênero!

CUSSLER, Clive. A Caçada. São Paulo; Novo Conceito: 2013.


sobre o autor
Eduarda GalvãoEduarda Galvão, 18 anos, Brasília. Cheia de esquisitices e manias. Apaixonada por livros e personagens. Louca por filmes e séries. Com mania de colecionar livros, canecas e amores..

Comentários:

Postar um comentário

Enquanto isso no skoob

Posts Recentes

  © TESOURO LITERÁRIO - Todos os Direitos Reservados