As regras da sedução - Madeline Hunter

quarta-feira, 30 de abril de 2014

Lorde Hayden Rothwell chega à casa de Alexia Welbourne sem aviso e sem ser convidado – um homem poderoso e sedutor, movido por interesses obscuros. Sua visita anuncia a ruína financeira da família de Alexia e o fim das esperanças da jovem de um dia conseguir um bom casamento. Para se sustentar, a moça recebe a proposta de ser dama de companhia de Lady Henrietta Wallingford e preceptora de sua filha. O problema é que a oferta vem do sobrinho de Henrietta, ninguém menos que lorde Hayden. Morando na casa da tia de Rothwell, Alexia descobre que a proximidade com o homem que destruiu sua família pode ser perigosamente irresistível. Num gesto impensado, ela se entrega a ele, e ambos se veem obrigados a se casar. O que Alexia não sabe é que os atos aparentemente arrogantes de seu belo e sensual marido são motivados por uma dívida de honra que pode levá-lo a sacrificar tudo. Com tantas mágoas e segredos entre eles, o casal tem tudo para se manter afastado. Mas Hayden é um homem apaixonante e Alexia, a tentação que o faz perder a cabeça. Morando sob o mesmo teto, eles acabam se aproximando e, juntos, vão descobrir um jogo de sedução em que cada um faz as próprias regras.

Ela pesou as obrigações e contrapartidas deste casamento. A balança pende tanto a seu favor que não poderia negar. Se uma mulher quisesse um casamento prático, o melhor partido seria lorde Hayden Rothwell. (Pág.133) 

Mesmo após ter perdido o primo, aquele que era seu melhor amigo e que no seu coração, também era seu amado, Alexia ainda tinha esperanças de conseguir um marido. Se não bastasse seu pai ter ido à falência antes de morrer e deixá-la sem onde cair morta, ela só conseguiu abrigo na casa dos primos, e ali vivia com Rose, Irene e Timothy, o primo mais velho que herdou o banco da família depois que Benjamim faleceu na guerra, Alexia iria agora passar por mais um choque. Ela não sabe, mas seu primo Timothy andou realizando perigosas transações, e agora Lorde Hayden é o portador da notícia da ruína financeira e social que sua família irá mergulhar de agora por diante. E infelizmente para Alexia, seu primo Timothy, com a sua imensa “praticidade” e “generosidade”, deixou bem claro que não poderá sustentar mais uma boca além à das próprias irmãs. Mais uma vez Alexia está entregue à própria sorte e culpa Hayden, pois de agora em diante há poucas possibilidades para uma vida honrada. Até que para sua surpresa ela é convidada pelo próprio lorde Hayden a ser preceptora de sua prima que irá residir na casa em que ela viveu nos últimos anos. Apesar da humilhação da queda de senhora da casa para uma mera empregada, ela tem que engolir o orgulho para não ter um futuro pior.  Mesmo que isso represente conviver com o autor da derrocada da família e resistir à atração arrebatadora que toma conta de seu corpo, cegando seu quase inabalável bom senso. Resistir será impossível, até que Alexia se verá dividida entre um casamento de conveniência e a lealdade com os primos.
Quem resiste a um arrebatador romance de época, com direito a comédia e paixão? Esta é marca deste primeiro livro de uma trilogia que promete nos deixar suspirando... Lorde Hayden é perfeito, um cavalheiro como nenhum outro: honrado, sensato e que luta com seus próprios demônios. Enquanto que Alexia é o bom senso em pessoa, comedida e leal. Muita história para viver, pois enquanto Alexia pensa as piores coisas de Hayden, mal sabe ela que na verdade ele está em uma posição totalmente inversa à que ela o colocou.
Este livro faz parte da coleção Romances de Época da Arqueiro, e eu e a Fernanda estaremos dia 17/05/2014 na Leitura BH Shopping pra contar um pouco mais desta história, portanto estão todos convidados.

Hunter, Madeline. As regras da sedução. São Paulo, Arqueiro; 2013. 

Comentários:

Postar um comentário

Enquanto isso no skoob

Posts Recentes

  © TESOURO LITERÁRIO - Todos os Direitos Reservados