Escola de magia: o roubo do livro mágico - Nelson Lameiras

sexta-feira, 31 de janeiro de 2014

Neste primeiro livro da série, Matt e Karen, dois corajosos adolescentes, ingressam, após uma grande confusão, na Escola de Magia – um fantástico colégio, escondido em Manhattan. Rapidamente, surge a amizade com Douglas, Andry, Lion e Glacy, e juntos viverão uma grande aventura. Ao desconfiarem que um dos professores está tentando roubar novamente o Livro Mágico, eles passam a investigar e acabam caindo em uma perigosa armadilha. Agora, com a ajuda de Cronus, o diretor do colégio, irão se deparar com o início de um grande confronto...
Matt e Karen são amigos desde bem pequenos, e esta amizade iniciada nos parquinhos acabou unido também as duas famílias. Constantemente eles se reunião para jantar e afinidade dos dois sempre ficou evidente para todos. Em um destes encontros eles saem do restaurante para passear e acabam presenciando uma ação surpreendente e inacreditável. Por consequência eles acabam sendo convidados pelo professor Cronus a integrarem o corpo estudantil da misteriosa escola, que de fachada é uma escola como outra qualquer, mas por trás esconde uma famosa e muito bem conceituada escola de magia. No início os alunos passam por um teste imposto pelo Livro Mágico, onde este determina a qual dos grupos elementares eles pertencem: água, terra, fogo e ar. E também sua palavra de ressonância. Cada aluno possui uma palavra que determina o seu poder, assim como se fosse uma impressão digital ou DNA, único e exclusivo. Com esta palavra é que eles irão realizar seus feitos mágicos. Mas nem tudo é divertido dentro desta escola. Eles estão passando por uma grave crise depois que um dos professores da escola se rebelou e tentou roubar o livro mágico. E foi justamente durante esta tentativa que as crianças assistiram os poderes malfeitores do professor Cazur. E dentro da escola ainda têm os alunos que simpatizam com a causa de Cazul, é o caso de Murdok, um garoto esnobe e arrogante, que passa a colaborar com os planos pérfidos de Cazur e ao mesmo tempo provoca e debocha de Matt, Karen e seus novos amigos. Envolvidos em defender a escola e tentar impedir o roubo do livro mágico, Matt, Karen, Douglas, Andry, Lion e Glacy se unem contra estas ameaças, se tornando alvo de todo o ódio de Murdok e Cazur, arriscando suas vidas.
Os dois aventureiros jamais passaram por situação parecida. Matt e Karen, ao mesmo tempo, apavorados e excitados. Eles sabiam da importância do que faziam e conheciam os riscos que estavam correndo. (Pág.247)
O livro é uma leitura claramente juvenil. Impossível negar a forte semelhança com a saga Harry Potter, com os torneios de magia, futebol maluco e intrigas juvenis. Bem escrito, mas achei excessivas as descrições detalhadas de comida, roupas e até mesmo dos comportamentos infantis. Constantemente acontecia, por exemplo, descrever a comida criada para agradar o paladar infantil como nuggets, batatas fritas, sobremesas, etc e tal. Tem toda a história do livro mágico, das disputas entre as classes elementais bem interessantes ao publico juvenil.  
Lameiras, Nelson. Escola de Magia: o roubo do livro mágico. Barueri, SP: Novo Século Editora, 
2013.

Read more...

Muito mais que uma princesa - Laura Lee Guhrke

quarta-feira, 29 de janeiro de 2014

Filha ilegítima de um príncipe e de uma famosa cortesã, Lucia viveu confinada em escolas e conventos durante a maior da vida. Mas, essas experiências não a impediram de provocar um escândalo depois do outro. Exasperado, o príncipe Cesare de Bolgheri decide que a filha deveria se casar o quanto antes. Para arranjar o casamento, Sir Ian Moore, o mais respeitado diplomata britânico, é chamado às pressas. De volta à Inglaterra, ele promete a si mesmo que achará um marido para Lucia, mas logo vê que sua experiência de diplomata talvez não seja suficiente para quebrar a resistência da moça. Apesar de não faltarem candidatos, nenhum está à altura do espírito e da paixão de Lucia. Trata-se Uma história que surpreende o leitor do início ao fim.
Ian é um diplomata inglês muito orgulhoso de sua fama como um homem de sucesso em estabelecer negociações diplomáticas importantes. Criado com todo o rigor exigido pela sociedade britânica foi surpreendido quando foi tirado de uma importante missão para encontrar um marido e negociar um acordo matrimonial de grande importância para casa Bogheri do princípe Cesare da Itália. Lucia é a filha ilegítima de Cesare, fruto de seus arroubos da juventude com uma cortesã, e mesmo tendo sido educada nas melhores escolas para moças da Europa, seu instinto selvagem não dá sossego ao seu pai. Ela não se conforma com o fato de seu pai ausente determinar todos os passos de sua vida e resolve fugir para a Inglaterra para viver com sua mãe. Seu pai então toma a drástica decisão de casá-la urgente para que ela seja controlada por seu marido, então a assume como sua filha para aumentar o seu “valor” matrimonial e dá a difícil incumbência a Ian. Ele fica indignado, mas para evitar um acidente diplomático resolve aceitar e obter sucesso para ficar livre o quanto antes desta indesejada missão. Logo que ele chega à residência onde Lucia vive com a mãe, ele percebe que não será assim tão simples, pois a filha do príncipe é uma bela e indomada mulher, com um espírito com grande desejo de liberdade e que não quer cumprir com as ordens ditatórias de seu pai. Começa entre eles então um embate. Uma disputa para ver qual dos dois conseguirá dobrar seu adversário. E claro que Lucia irá usar suas armas mais poderosas: seu charme e persuasão, contra toda a sobriedade e sisudez de Ian, que se surpreenderá com sua ousadia e ao mesmo tempo inocência. Achar um noivo que atenda as exigências do príncipe Cesare e ao mesmo tempo aos sonhos apaixonados de Lucia, está se mostrando uma missão mais difícil do que negociar a paz com os Turcos e Ian está começando a perder toda a calma que a missão tem exigido além de que manter seu autocontrole e seus desejos por esta bela mulher está se tornando impossível, já que para ele, ela está terminantemente proibida.
Ian congelou ao toque das mãos dela. As pontas dos dedos de Lucia pareciam irradiar sensualidade diretamente para a corrente sanguínea de Ian, enchendo-lhe o corpo com todo o calor do verão italiano. (Pág.169)
Adorei! Já vou dizendo logo que o livro é divertido, atraente e sensual. Romance de época com sensualidade e humor é tudo de bom. E as disputas de personalidades entre Lucia e Ian nos fornece tudo isto na dose certa. Ela é temperamental, sangue quente em contrapartida dele que é controlado e sério. Um encontro que nos diverte e nos emociona. A capa também é linda e nos dá mais gosto ainda de uma bela história de amor. Com certeza eu recomendo e quero ler muito mais coisas desta autora.
Guhrke, Laura Lee. Muito mais que uma princesa. São Paulo: Editora Planeta do Brasil, 2008.

Read more...

Momento música #117

segunda-feira, 27 de janeiro de 2014

Bom dia!

Não podemos deixar a preguiça nos dominar, porque hoje ainda é segunda-feira e muita água ainda vai passar por esta ponte.
Já disse aqui que, ao contrário do que possam pensar, não é fácil escolher a música de cada semana. Eu gosto muito de música e tenho que estar inspirada. Nada é aleatório. A música é avaliada de acordo com a inspiração de cada dia. E por isso hoje estou inspirada para escolher...

Rosas - Ana Carolina


Read more...

Starters - Lissa Price

sexta-feira, 24 de janeiro de 2014

capa

Seu mundo mudou para sempre. Callie perdeu os pais quando as guerras de Esporos varreu todas as pessoas entre 20 e 60 anos. Ela e seu irmão mais novo, Tyler, estão se virando, vivendo como desabrigados com seu amigo Michael e lutando contra rebeldes que os matariam por uma bolacha. A única esperança de Callie é Prime Destinations, um lugar perturbador em Berverly Hills que abriga uma misteriosa figura conhecida como o O Velho. Ele aluga adolescentes para alugar seus corpos aos Terminais — idosos que desejam ser jovens novamente. Callie, desesperada pelo dinheiro que os ajudará a sobreviver concorda em ser uma doadora. Mas o neurochip que colocam em Callie está com defeito e ela acorda na vida de sua locadora, morando em uma mansão, dirigindo seus carros e saindo com o neto de um senador. Parece quase um conto de fadas, até Callie descobrir que sua locatária pretende fazer mais do que se divertir — e que os planos de Prime Destinations são tão diabólicos que Callie nunca podia ter imaginado…
Apos os termino da Guerra dos Esporos, — que eliminou todas as pessoas entre 20 e 60 anos, Callie e vários outros Starters órfãos tentam sobreviver nas ruas, fugindo dos inspetores que estão sempre a caça de adolescentes desabrigados. Em um país dividido entre Enders (velhos) e Starters (adolescentes/crianças), a Prime Destinations é aberta, — uma empresa que proporciona aos Enders ricos algum tempo em corpos de Starters doadores; e essa é a unica opção que Callie tem para poder conseguir dinheiro e ter um futuro bom com o seu irmão doente, Tayler.

Então, Callie assina o contrato com empresa e recebe a "proposta" (sim, entre aspas porque essa proposta não pode ser recusada por Callie, pois seu corpo agora pertence à Prime) de alugar o seu corpo por um mês, com esse aluguel Callie teria dinheiro o suficiente para comprar uma casa e morar com seu irmão e seu melhor amigo, Michael. Ok, até aí tudo certo, mas, acontece que, apos algumas semanas, a garota acorda em uma danceteria sem saber onde está, com quem está, e quem ela é agora. Callie descobre que o microchip que foi implantado em seu cérebro pela Prime está com defeito e o mais estranho (e talvez assustador), a voz da Ender que a alugou está na sua cabeça tentando fazer com que a menina ajude-a em seu perigoso plano; que pode colocar a vida de Callie em risco...

Eu poderia voltar ao banco de corpos. Não era isso que queriam que eu fizesse? Mas a Voz, "Não retorne a Prime", parecia muito sinistra. Estremeci. O que aconteceria comigo se eu voltasse?          pag. 97
O livro é narrado em primeira pessoa, o que aumentou ainda mais a minha curiosidade, pois quando o corpo dela está alugado, assim como ela, não sabemos o que está acontecendo. Esse livro me rendeu várias noites sem dormir, e não me arrependo, até porque, a história é simplesmente maravilhosa. Com muita ação e um pouco de suspense, uma narrativa que flui muito bem e uma escrita cativante. O livro tem uma historia parecida com o do livro A Hospedeira, mas com vários pontos diferentes. Os personagens são bem descritos, desde aparência até manias e maneiras de falar; e alguns deles me cativaram de uma forma bem intensa.

O trabalho da Editora Novo Conceito ficou lindo, a capa me deixou encantada com o trabalho nela, toda metalizada e a imagem também chama bastante atenção, adorei. A revisão deixou escapar dois errinhos de escrita, mas nada que comprometa o entendimento da historia. Enfim, um dos inúmeros livros bem trabalhado da editora.

Bom, este é um ótimo livro para quem gosta de distopias. Eu simplesmente adorei e estou recomendando para todos amigos que curtem o gênero. Só tive duas coisas para dizer após terminar minha leitura:
1º preciso da continuação, Enders, agora!!
2º cadê uma adaptação cinematográfica dessa historia?

Price, Lissa. Starters. Novo Conceito Editora, 2012 

Read more...

Novidades Arqueiro - Tentação sem limites

quinta-feira, 23 de janeiro de 2014








Read more...

O sol voltou a brilhar - pelo Espírito Erick

quarta-feira, 22 de janeiro de 2014

Londres, século 19. Na capital do Império Britânico, durante o reinado da rainha Vitória, um rico e respeitado comerciante vive luxuosamente, cercado de criados. Helen, mimada pelo pai, quer se divertir e vai ao encontro do perigo: um espírito perverso trama sua perdição... Arrastada pela obsessão, Helen entrega-se ao prazer. George, ao resgatar a filha, conhece o lado sombrio de Londres, onde imperam a miséria e o vício. Helen assume outra personalidade e ataca violentamente o pai. George não acredita em Deus, mas o desespero o conduz a uma sessão espírita. Diante de um fenômeno de materialização, George entenderá que o sol um dia voltará a brilhar no horizonte de sua vida.
George é um empresário abastado que não acredita em Deus, e é casado com Jane, uma mulher que ao contrário do marido, possui uma fé infinita. Eles sempre foram felizes em família, com a filha muito amada, Helen. Helen é muito amada pelos pais, filha única, sempre fez o que quis e até mais do que era de bom tom para a Londres do século 19. Mas os novos hábitos de Helen a levam a uma vida desregrada, que muito tem preocupado sua mãe Jane, mas para a visão de George é normal da juventude. Até que um dia Helen não volta para casa e desaparece sem deixar notícias. Uma madrugada chega para George a notícia de que sua filha está viva, mas talvez por muito pouco tempo. Desesperado, ele sai andando pela madrugada em busca do endereço entregue pelo misterioso rapaz que fugiu logo após. Após uns instantes de caminhada, surge uma carruagem de aluguel conduzida por Martin, um humilde trabalhador que o auxilia no resgate. George encontra sua filha seriamente enferma em um bairro paupérrimo. Após retornar para a casa, começa a luta pela vida. Com o auxílio do médico e amigo da família, James, tudo é feito para salvar sua vida. Até que chega a um momento que o mal que ataca Helen deixa de ser fisiológico. James deixa claro que tudo o que a medicina podia fazer por Helen, já foi feito, agora só nas mãos de Deus e George não acredita em Deus. Sem desistir de salvar a filha, Jane sai em busca de informações que possam ajudar a salvar a filha e por indicação de James ela conhece Peter, um estudioso no assunto sobre obsessões espirituais. Sem o conhecimento do marido, ela passa a estudar este fenômeno para que, munida de sua fé e de seu amor, ela consiga fazer o melhor. Não será uma batalha fácil, pois o primeiro obstáculo a ser vencido será o preconceito e a descrença.
-Senhor! Quero mudar, quero tornar-me uma pessoa boa, digna e generosa. Abandonar meus hábitos egoístas para pensar também nos outros. Ajude-me, Senhor! Estou perdido em meio às minhas imperfeições. Hoje, reconheço que tenho feito tudo errado, mas quero mudar, parar de ver o mal nos outros, quando ele está dentro de mim! Socorre-me, Senhor! Ajuda-me a ser bom. (Pág291)
Uma nova lição de amor e humildade. É assim que vejo esta leitura enobrecedora que nos fala ao coração e nos abre os olhos para as nossas atitudes. Não que a forma que fazemos as coisas esteja errada, mas que as nossas atitudes possam mudar no caminho do bem e da dignidade, traçando o caminho da compreensão e da tolerância. Esta é a lição! Aprender sempre para que ela se enraíze em nossos corações.

Romance ditado pelo Espírito Erick; psicografia de Célia Xavier de Camargo. O sol voltou a brilhar. São Paulo, Petit, 2013.

Read more...

Top Filme #31 - Up

terça-feira, 21 de janeiro de 2014

Carl Fredricksen (Edward Asner) é um vendedor de balões que, aos 78 anos, está prestes a perder a casa em que sempre viveu com sua esposa, a falecida Ellie. O terreno onde a casa fica localizada interessa a um empresário, que deseja construir no local um edifício. Após um incidente em que acerta um homem com sua bengala, Carl é considerado uma ameaça pública e forçado a ser internado em um asilo. Para evitar que isto aconteça, ele enche milhares de balões em sua casa, fazendo com que ela levante vôo. O objetivo de Carl é viajar para uma floresta na América do Sul, um local onde ele e Ellie sempre desejaram morar. Só que, após o início da aventura, ele descobre que seu pior pesadelo embarcou junto: Russell (Jordan Nagai), um menino de 8 anos.
Carl era pequeno quando conheceu sua melhor amiga de infância: Ellie. E foi por ela que ele se apaixonou e  com ela que ele se casou. O sonho que no primeiro momento era de Ellie, passou a ser um sonho compartilhado: viajar para a América do Sul e conhecer uma cachoeira. Os anos passam e os momentos da vida vão se passando. A cada vez que conseguiam juntar um dinheiro para realizar o sonho, uma necessidade aparecia para que usassem o dinheiro. Quando já estava idoso e só, tudo o que ele não queria era ser perturbado, mas a modernidade tomou espaço e queria também tomar sua casa. Até que se viu obrigado a ir viver em um asilo. Mas Carl não cede, e com a ajuda de milhares de balões, ele consegue realizar seu sonho de viajar, levando a casa junto, e um escoteiro pra lá de estabanado.

Este filme passou na Tela Quente e chamou minha atenção já na primeira imagem. A cena do menininho todo tímido, entrando na casa abandonada e sendo arrebatado pela menina falante, além de hilária foi linda. Uma cena de pura ternura. Acabei assistindo o filme inteiro, coisa que tem sido cada vez mais rara. E achei o filme encantador do início ao fim, recheado de humor e amor, que nos leva a pensar no que queremos de nossas vidas e dos nossos sonhos. O que vocês acharam do filme?

Read more...

Momento música #116

segunda-feira, 20 de janeiro de 2014

Olá!

Tem músicas que nos tocam a alma, tem outras que tocam terror. Mas o que importa é que gosto cada um tem o seu e músicas para todos os gostos. Eu considero esta música uma carta de amor. Uma declaração de amor à vida e que todos merecem conhecer. Este cantor é um havaiano que tinha uma linda voz, e que se foi devido à complicações de sobrepeso.

Somewhere over the raimbow - Israel Kamakawiwo


Read more...

A cidade dos segredos - Sasha Gould

sexta-feira, 17 de janeiro de 2014

Laura foi enviada para o convento logo depois da morte de sua mãe. Passa a maior parte dos dias em silêncio, e, apesar de ser tolerante e obediente, no fundo da alma não consegue aceitar a ideia de viver ali para sempre. Uma noite, sem maiores explicações, Laura é informada de que seu pai a quer de volta em casa. Feliz da vida, ela começa a se preparar para rever sua irmã mais velha, Beatrice, que há algum tempo deixou de responder suas cartas. O que ela jamais imaginava era chegar durante o velório de Beatrice, que morreu em uma situação inexplicável. Agora, o pai de Laura ordena que ela se case com Vincenzo, noivo de Beatrice, um homem muito mais velho e de aparência repugnante. A sociedade Segreta faz um pacto com Laura e promete ajudá-la a se livrar de Vincenzo – e a descobrir quem matou Beatrice. Sem alternativas, Laura é obrigada a depositar todas as suas esperanças nas mãos dessas mulheres enigmáticas. Mas até que ponto se pode confiar na palavra de alguém?
Dos seus dezesseis anos de vida, seis Laura passou internada em um convento. Desde que sua mãe morreu seu pai a entregou ao celibato e ficou com Beatrice, sua irmã mais velha, enquanto que seu irmão se afastou totalmente da família, indo estudar em outra cidade. Laura sofre com saudades da irmã, e seu consolo são somente as cartas e o anel trançado dado pela mãe antes de morrer, para cada uma usar. Mesmo com a censura rígida do convento, Laura se apega às missivas para manter notícias do mundo lá fora, mas muitas vezes estas cartas não chegam às suas mãos, pois a madre superiora as queima. Um dia, Laura é surpreendida pela notícia de que deixará o convento. Feliz com sua recém-adquirida liberdade, tudo o que ela mais deseja é passar sua primeira noite em casa com Beatrice, poder estar com ela e saber todas as novidades. Mas para sua imensa tristeza, quando chega a sua casa ela encontra Beatrice em um caixão. Ainda desorientada, ela é informada pelo pai de que terá que se casar com Vicenzo, o noivo de Beatrice. Este não era o que Laura sonhava ao voltar para casa, principalmente ao descobrir que o seu noivo é um homem velho, babão, fétido. Desesperada ela acaba aceitando o auxílio da Sociedade Segreta e troca de um segredo que não é seu, e que consegue liberá-la do compromisso, mas de uma forma que Laura se pergunta, até quando ela terá que pagar esta dívida. Receosa do preço a pagar por sua liberdade, Laura tenta seguir com sua vida, mesmo com os ímpetos do pai em lhe arrumar um casamento rico que os salve da decadência. Mas Laura começa a ter certas desconfianças das atividades da Sociedade, principalmente ao descobrir que sua irmã não se afogou acidentalmente, mas que foi cruelmente assassinada. Envolvida em uma teia de mistérios e conspirações, Laura se vê divida entre buscar o assassino da irmã, sua promessa com a Sociedade Segreta e seus sentimentos pelo jovem e humilde pintor Giacomo.
Continuo de joelhos, rezando preces desconexas, até que, por fim, minha pele começa a registrar a sensação das roupas úmidas e frias, e tremo. Não sei se Deus atenderá às minhas súplicas, mas estar aqui, na escuridão, me conforta. Respiro fundo e percebo que talvez tenha encontrado algum tipo de serenidade. (Pág.164)
Este é um dos livros que eu escolhi ler pela capa que é maravilhosa. A história se passa na encantadora cidade de Veneza, em ano não especificado, mas que podemos vislumbrar pelos “duques”, “condes”, etc. Laura é uma encantadora e inocente que se vê envolvida em mistérios e enigmas da sociedade vienense e da decadência de sua família, ela busca descobrir a verdade. E durante esta busca, ela conhece o doce pintor Giácomo, a qual se encanta, mas que sob o alerta das amigas e ameaça do pai, ela não pode se aproximar devido às diferenças de classe social. A autora conseguiu manter o mistério até o fim, sempre desviando o foco, tornando a leitura mais célere e interessante, mesmo sem ter aquele ápice estrondoso. É um enredo intrigante agradável, e que gostei de ler.

Gould, Sasha. A cidade dos segredos. Ribeirão Preto, SP.  Novo Conceito Editora, 2014.

Read more...

A culpa é das estrelas - John Green

quarta-feira, 15 de janeiro de 2014


A culpa é das estrelas narra o romance de dois adolescentes que se conhecem (e se apaixonam) em um Grupo de Apoio para Crianças com Câncer: Hazel, uma jovem de dezesseis anos que sobrevive graças a uma droga revolucionária que detém a metástase em seus pulmões, e Augustus Waters, de dezessete, ex-jogador de basquete que perdeu a perna para o osteosarcoma. Como Hazel, Gus é inteligente, tem ótimo senso de humor e gosta de brincar com os clichês do mundo do câncer - a principal arma dos dois para enfrentar a doença que lentamente drena a vida das pessoas. Inspirador, corajoso, irreverente e brutal, A culpa é das estrelas é a obra mais ambiciosa e emocionante de John Green, sobre a alegria e a tragédia que é viver e amar. Mais informações em: www.aculpaedasestrelas.com
Hazel Grace e Augustus são dois adolescentes fora do padrão em que vive a maior parte de adolescentes no planeta. Eles se conheceram durante uma reunião de um grupo de apoio para vitimas do câncer. Grupo este que Hazel odiava frequentar, mas que por insistência da mãe ela acabava indo. Hazel tem um humor bem ácido porque esta condicionada a uma situação que a limita de várias formas.
O grupo era formado por um elenco rotativo de pessoas com várias questões psicológicas desencadeadas pelos tumores. A razão de o elenco ser rotativo? Efeito colateral de se estar morrendo. (Pág.11)
 Aos treze anos ela descobriu que tinha câncer de tireoide com ramificação no pulmão. Mesmo após o tratamento ela chegou a uma condição de somente prolongar a vida. E agora chegando quase aos dezessete anos ela conhece Gus. Ele é um garoto que está acompanhando outro amigo doente ao grupo de apoio, mas também é uma vítima em remissão da doença. Por causa de um osteossarcoma ele hoje usa uma prótese no lugar de uma das pernas, mas encara com naturalidade sua realidade assim como de outros adolescentes doentes. Gus se encanta por Hazel, e eles passam a serem companhias constantes um do outro, com eventual participação de Isaac. Durante esta fase de conhecimento, eles descobrem o gosto comum pela leitura, apesar das diferenças do tipo de leitura. Então Hazel apresenta para Gus o livro que ela ama de paixão com o nome de Uma aflição imperial. O livro narra a situação de uma garota doente, e o detalhe é que este livro termina de forma inesperada, ou melhor, ele acaba sem explicar o destino dos personagens. E a Hazel adora o livro e acaba envolvendo o Gus na sua obsessão, então os dois discutem as possibilidades para cada personagem. Eles escrevem para o autor perguntando pela continuação e ficam decepcionados quando recebem a confirmação de que não haverá continuação. Eles ainda insistem com o autor para que ele conte assim mesmo qual seria o destino dos personagens e o autor responde que não poderia responder por e-mail e nem por telefone, sob o risco de que eles divulgassem. Que seria somente pessoalmente, mas para isto eles teriam que ir até onde o autor mora: na Holanda. Frustrados com aquele obstáculo, mas desejoso de realizar um desejo de Hazel, Gus acaba utilizando um passaporte para realizar um sonho de um famoso programa americano, para realizar o sonho de Hazel.
“Eu não tinha me dado conta de que ele pensava tanto assim no livro, que Gus se importava com o Uma aflição imperial independentemente de se importar comigo. (Pág 157)
Acredito que todo mundo já ouviu falar neste livro... pois é. Eu o comprei embalada pelo oba oba dos fãs. Na bienal do Rio este ano teve um evento organizado pela editora e um fã clube, que estava lotado. Eu, assim como outras pessoas que estavam comigo, que tínhamos o livro e não lido ainda, ficamos surpresas e p. da vida quando soltaram um spoiler... Saímos na hora da sala e tentamos apagar. Então no fim do ano eu quis por fim a este tormento e li livro. No principio fiquei surpreendida com a acidez que os personagens tratam a doença de que são vitimas. Eles se despem de todos os pudores e auto-piedade, para falar abertamente do que a doença faz a cada um, até mesmo o discurso fúnebre. A história é simplesmente perfeita. Uma história de amor sem papas na língua. Um sentimento de que aos dezessete anos se tem uma vida que inteira pela frente, mas a verdade é que não se sabe até quando ela vai. Uma história para nos calar a boca das lamentações e agradecer a cada minuto de nossas vidas.


Green, John. A culpa é das estrelas. Rio de Janeiro, Intríse, 2012.



Read more...

Top Filme #30 - Red 2: Aposentados e ainda mais perigosos

terça-feira, 14 de janeiro de 2014

Tudo o que Frank Moses (Bruce Willis) queria era levar uma vida normal ao lado da namorada Sarah (Mary-Louise Parker), mas seu sonho vira um pesadelo quando seu parceiro Marvin Boggs (John Malkovich) aparece com uma novidade: suas vidas estão em perigo. Frank não dá muito crédito para as palavas do amigo, mas logo se vê forçado a acreditar que algo está acontecendo quando acaba sendo levado para um interrogatório e quase é morto. Agora, ele tem certeza de que sua cabeça e a de seu melhor amigo estão a prêmio. A questão é descobrir porque e como evitar que isso aconteça, nem que para isso eles tenham que correr o mundo, reeconcontrar velhos parceiros, na figura de Victoria (Helen Mirren) e enfrentar antigos inimigos, como o poderoso Han (Byung-Hun Lee). A caçada está só começando.
Mesmo tentando levar uma vida pacata ao lado de sua amada, e ela querendo viver uma aventura, Frank  tem que se desdobrar. As tentações tem sido constantes, e ele teme pela segurança de Sarah. Principalmente após seu melhor amigo e neurótico Marvin, aparece tentando aliciá-lo para uma nova missão, e logo em seguida sofre um atentado.


Eu tinha gostado muito do primeiro filme e estava ansiosa para assistir este segundo. Apesar das cenas de violência, as cenas de humor pesam mais. Mas se comparar este segundo com o filme anterior, na minha opinião, o primeiro foi melhor. Acho que em função de ser novidade, o segundo ficou com um sentimento de "mais-do-mesmo". A Sarah continua toda assanhada para ter uma aventura, mas na hora que o cinto aperta, é uma pamonha, o que não deixa de ser divertido. O filme cumpre sua função de nos fazer rir com a mesma dose de humor funesto. E vocês? Gostaram desta sequência?



Read more...

Momento música #115

segunda-feira, 13 de janeiro de 2014

Bom dia!

Estamos começando mais uma semana de muitos trabalhos... e para acelerar nosso ritmo, uma música.
Acho que vocês já desconfiaram que eu sou fã da Marisa Monte, e de vez em quando eu ouço as músicas mais antigas dela e é como se estivesse ouvindo pela primeira vez. Adoro as letras, a melodia e o comportamento da cantora. E me peguei pensando nesta música...

Gentileza - Marisa Monte


Read more...

A garota do outro lado da rua - Lycia Barros

sexta-feira, 10 de janeiro de 2014

Enzo é um menino intelectual e aplicado nos estudos que não se importa em ser ridicularizado pela maioria dos colegas de turma. Ao lado de seu amigo Leandro, entra e sai do colégio com uma vida monótona e sem grandes emoções. Entretanto, há alguém que sempre balança a serenidade de Enzo: Rafaela, sua vizinha de frente, por quem Enzo é apaixonado desde a infância e é sua colega de turma. Porém, linda e popular entre os estudantes, Rafaela não se dá conta da sua existência até que um dia, em uma excursão do colégio, ambos se perdem juntos na mata. Rafaela e Enzo começarão a se conhecer melhor e perceberão o quanto estavam enganados a respeito um do outro. Mas será que esse conhecimento resultará em uma grande amizade? Será que o amor de Enzo sobreviverá além das aparências? Afinal, quem é verdadeiramente a garota do outro lado da rua?
Enzo faz parte do time de garotos inteligentes da sua escola, também conhecidos como NERD´s. Filho único e criado pelo pai, já que sua mãe faleceu há alguns anos, ele é apaixonado pela sua vizinha Rafaela que mora do outro lado da rua, mas nunca teve coragem de se aproximar. Na escola eles vivem em grupinhos distintos: ele na turma dos que se destacam nas notas, sempre acompanhado por seu amigo Leandro e acompanhado de perto por Alana, e ela no grupinho de patricinhas e badboys, namorando o marombado e esnobe Mateus. Até que um dia, durante uma excursão da escola, o grupo é atacado por bandidos e Enzo e Rafaela acabam se separando do grupo. Perdidos na mata, eles irão passar por uma convivência forçada que fatalmente irá revelar detalhes da personalidade de cada um deles a qual desconhecem. Graças à inteligência e sagacidade de Enzo eles ficaram seguros, mas ainda assim com alguns sustos.
...Rafaela era uma mulher sem tirar nem pôr: amável e amistosa num momento, despeitada e insuportável no outro. Perguntei-me para onde fora minha determinação, pois acabei parando. Eu era como cera em suas mãos. (Pág.45).
Este é o primeiro livro da autora Lycia Barros que leio e realmente não tinha nenhuma expectativa. A escritora possui uma escrita que flui, sem complicações, simples e direta. Ela criou personagens marcantes, tanto pelo lado positivo, o Enzo, quanto pelo negativo, a Rafaela é muito chata. O enredo é bem amarrado e bem direcionado ao público teen. Na própria capa do livro já indicava isto. Analisando sob estes aspectos o livro atende ao objetivo, e é uma boa indicação para quem está iniciando e deseja um livro fácil e rápido, principalmente os adolescentes. O final tem uma pitada de surpresa que adoça um pouco mais o enredo, mas para mim a história podia ter sido estendida um pouco mais com uma dose a mais de suspense e romance. Vocês podem estar surpresos com a resenha curtinha, mas o livro realmente é fininho e o li com poucas horas. Se contar mais, estraga a surpresa.

Barros, Lycia. A garota do outro lado da rua. Osasco, SP. Novo Século Editora

Read more...

Paixão sem limites - Abbi Glines

quarta-feira, 8 de janeiro de 2014

Blaire Wynn não teve uma adolescência normal. Ela passou os últimos três anos cuidando da mãe doente. Após a sua morte, Blaire foi obrigada a vender a casa da família no Alabama para arcar com as despesas médicas. Agora, aos 19 anos, está sozinha e sem lugar para ficar. Então não tem outra escolha senão pedir ajuda ao pai que as abandonara. Ao chegar a Rosemary, na Flórida, ela se depara com uma mansão à beira-mar e um mundo de luxo completamente diferente do seu. Para piorar, o pai viajou com a nova esposa para Paris, deixando Blaire ali sozinha com o filho dela, que não parece nada satisfeito com a chegada da irmã postiça. Rush Finlay é filho da madrasta de Blaire com um famoso astro do rock. Ele tem 24 anos, é lindo, rico, charmoso e parece ter o mundo inteiro a seus pés. Extremamente sexy, orgulha-se de levar várias garotas para a cama e dispensá-las no dia seguinte. Blaire sabe que deve ficar longe dele, mas não consegue evitar a atração que sente, ainda mais quando ele começa a dar sinais de que sente a mesma coisa. Convivendo sob o mesmo teto, eles acabam se entregando a uma paixão proibida, sobre a qual não têm nenhum controle. Mas Rush guarda um segredo que Blaire não deve descobrir e que pode mudar para sempre as suas vidas.
Blaire Wynn é uma garota durona. Aos 19 anos, sendo os últimos três passou cuidando da mãe doente com câncer, já passou por muito sofrimento. Ela e a mãe foram abandonadas pelo pai, tinha perdido a irmã gêmea e agora a mãe. Para pagar as despesas médicas, teve que vender tudo o que possuía, ficando somente com alguns objetos, a velha caminhonete e sua arma. Obrigada a engolir o orgulho, pediu ajuda ao pai que não via há anos, mesmo o odiando. Afinal ela não tinha para onde ir, não tinha nada e contar com o pai era o mesmo que contar com ninguém. E Blaire comprovou isto ao chegar à rica mansão que o pai lhe forneceu como endereço atual, e para sua surpresa, não encontra-lo. Seu pai, mesmo sabendo de sua chegada, simplesmente resolveu passar férias na França com sua atual esposa e a deixou, mais uma vez só. Depois de ter viajado horas ela chega à tal casa e se depara com mais esta surpresinha do pai, e acaba sendo recebida não muito amigavelmente pelo seu meio-irmão Rush Finlay, filho de sua madrasta. Rush é filho de um astro do rock, todo bonitão, sexy e pegador. Rush permite que ela fique na casa até que o pai volte da França e resolva o problema. Mesmo no quarto da empregada, Blaire aceita a oferta, pois a situação não está boa para ela. Comendo lanches de creme de amendoim, ela orgulhosamente se mantém a distância para se envolver o mínimo possível. Rush também tem uma irmã Nan, que a odiava, e que Rush fazia de tudo para proteger. Mesmo escutando de várias pessoas que no momento da escolha, Rush sempre escolheria a irmã, Blaire acaba cedendo ao desejo e se entregando a Rush em uma paixão avassaladora e proibida. Um segredo ronda este relacionamento, mas para eles neste momento nada importa.
-Eu tentei ficar longe de você.                                                                                      As palavras soaram sombrias. Parei e tornei a me virar para encará-lo lá embaixo; ele estava em pé no primeiro degrau da escada, com os olhos erguidos para mim. A expressão sofrida do seu rosto me deu um aperto no coração. (Pág.108)
Li muitos e eloquentes comentários sobre este livro e estava mega ansiosa para chegar a minha vez. A história é de tirar o fôlego, apesar do clichê de garota bonita, pobre e hostilizada pelos riquinhos arrogantes. Blaire é durona, e ela precisa porque toma muita pancada. E desde o início a química com Rush foi nitroglicerina da mais pesada. Romance e erotismo na dose certa, se é que podemos definir uma dose correta. Meu único arrependimento é ter lido antes de lançarem o segundo, pois com aquele final, era emenda na certa.

Read more...

Top filme #29 - Os instrumentos mortais: Cidade dos ossos

terça-feira, 7 de janeiro de 2014




Clary Fray (Lilly Collins) presenciou um misterioso assassinato, mas ela não sabe o que fazer porque o corpo da vítima sumiu e parece que ninguém viu os envolvidos no crime. Para piorar a situação, sua mãe desapareceu sem deixar vestígios e agora ela precisa sair em busca dela em uma Nova Iorque diferente, repleta de demônios, magos, fadas, lobisomens, entre outros grupos igualmente fantásticos. Para ajudá-la, Fray conta com os amigos Simon (Robert Sheehan) e o caçador de demônios Jace Wayland (Jamie Campbell Bower), mas acaba se envolvendo também em uma complicada paixão.
 Clary é uma jovem de 17 anos que vive uma vida pacata com sua mãe Jocelyn, o amigo de sua mãe Luke e o seu melhor amigo Simón. Recentemente ela tem sido assolada pelo impulso de desenhar um estranho símbolo que não faz sentido nenhum para ela. Uma noite, ao sair com seu amigo Simón para assistir um recital de poesias, ela acaba presenciando um crime que para sua surpresa, ninguém mais viu. Sentindo-se confusa, ela acha que está enlouquecendo, por estar enxergando pessoas que outros não vêem, até que para seu desespero, sua casa é atacada e sua mãe desaparece. Quem irá em seu socorro, será o assassino que ela viu na boate, e que também irá revelar a Clary o mundo que somente pessoas muito especiais podem enxergar.


Eu amo a série Instrumentos mortais! Para mim é uma das queridinhas com lugar especial na estante. Quando soube que que iria virar filme eu vibrei. Quando vi o elenco, murchei. Imaginava a Clary e o Jace bem diferentes. O Jace escolhido é muito magrinho, constituído pela total ausência de nádega. Apesar de ter planejado, não foi possível assistir o filme na estréia.... nem depois.... nem depois. Tá! Confesso que enrolei a beça. Mas finalmente o filme veio parar no paiperview e nem precisei enfrentar fila e nem estresse de histeria desnecessária e absoluta que acontece muito nestas ocasiões. E eu gostei! Já tem um bom tempo que li os três primeiros livros, e achei que a adaptação foi bem fiel. O roteirista soube unir as passagens do livro, sem precisar inventar. Ele usou bem as cenas para explicar cada ação. Apesar de que quando lemos o livro, geralmente estamos em outra vibe, achei que a dose de romance foi menor do que eu vi no livro. Mesmo assim, fgstei muito mesmo! Apesar de ainda achar o Jace muito desbundado, estou ansiosa para assistir a sequência. Alguém sabe quando será?

Read more...

Momento música #114

segunda-feira, 6 de janeiro de 2014

Bom dia!
Esta semana não tem feriado e não adianta chorar... agora só em Março, portanto vamos encarar!!!

A música desta semana escolhi baseado no filme Cidade dos Ossos


Heart by heart - Demi Lovato



Read more...

[Promoção] Aniversário no Tesouro Literário

domingo, 5 de janeiro de 2014


Bom dia!!!

Este ano eu resolvi fazer uma promoção de aniversário narcisista. Por que narcisista? Porque a promoção é para comemorar o meu aniversário.... Tcharammmmm!!!!!
A data comemorativa é dia 04/02, quando encerra a promoção, que tal???
É só seguir as regrinhas de sempre:
  • Seguir o Blog no GFC
  • Comentar no post da promoção: " O aniversário é seu, mas quem ganha o presente sou eu!!!"
E caprichar nas opções extras

A promoção contemplará 5 ganhadores com um cartão-presente virtual de R$ 30,00 cada! Não é legal?
Então corre e participa!!!! Se tiverem dúvidas, me mande que irei responder.

Beijos e Boa sorte!!!!!

a Rafflecopter giveaway

Read more...

Quero ser seu - Bella Andre

sexta-feira, 3 de janeiro de 2014

Ryan Sullivan sempre gostou muito de Vicki, a quem conheceu na adolescência, quando ela lhe salvou a vida: no estacionamento da escola, um carro desgovernado só não o atropelou porque Vicki o empurrou para longe. Desde então, eles se tornaram melhores amigos — pelo menos, melhores amigos até onde um homem e uma mulher lindos e sedutores conseguem ser... O tempo passou, Vicki casou-se e se separou, e Ryan seguiu sua vida de solteiro. Até o dia em que Vicki pediu-lhe um favor: será que Ryan poderia fazer as vezes de seu namorado para afastá-la de um homem mal-intencionado e pegajoso? Ryan não negaria esse favor a sua amiga, de forma alguma... Não só pelo carinho que nutre por ela, mas também por uma característica de sua personalidade: Ryan faz o tipo protetor (o tipo de homem com que toda mulher sonha em algum momento da vida). Agora, depois de brincarem de namorados, será que os dois conseguirão manter a amizade de sempre?
Ryan e Victória se conheceram adolescentes na escola que estudavam juntos. Ele o atleta jovem e popular que todas as garotas se apaixonavam. Ela a aluna novata que não se relacionava com quase ninguém, habituada às constantes mudanças de escola em função da carreira militar de seu pai, nem se dava ao trabalho de fazer amigos. A princípio Vicki o admirava de longe, fascinada não só por sua beleza, mas também sua alegria e espontaneidade. Até que um dia, ela o salva de acidente quase fatal no estacionamento da escola, acho que já vi isto em algum lugar. Desde então uma sólida amizade se estabeleceu entre os dois. Uma amizade para todas as horas, para o que der e vier.
Os anos se passaram, Vicki se casou e se mudou para a Europa, seguiu com sua carreira de artista plástica e Ryan se tornou um atleta de sucesso, em um time de alto escalão do beisebol americano. Uma noite Ryan recebe uma mensagem de Vicki pedindo socorro. Surpreso, ele sai desesperado para saber o que estava acontecendo e salvar sua grande amiga. Ele se surpreende com o local onde ela está um hotel de luxo, onde ela estava passando por uma entrevista para avaliação e seleção acadêmica para uma bolsa de estudos, principalmente quando ela o chama de querido, insinuando ao entrevistador uma relação afetiva entre eles. Após a entrevista ela se desculpa e explica a embaraçosa situação de assédio do entrevistador. E para proteger a sua amiga, ele se propõe a se passar por seu namorado por todo o período de seleção, e ainda a leva para se hospedar na sua casa. A tensão sexual entre eles chega aos pícaros, e os dois ocultamente ficam se remoendo de desejo um pelo outro, mas receosos de que qualquer passo em falso possa estragar a grande amizade, pois não imaginam a reciprocidade dos sentimentos. Só que este falso relacionamento os deixará cada vez em uma situação delicada entre os amigos, familiares e entre os representantes do comitê de avaliação das esculturas de Vicki. Principalmente quando não mais resistirem aos apelos de seus desejos e dos sentimentos que têm um pelo outro.
Receoso de que ela saísse correndo pelo que acabava de fazer, forçou-se a sussurrar "foi perfeito", como se estivesse interpretando e não sentindo esse beijo até o fundo da alma. (Pág.143)
Mais uma vez a Bella soube administrar a curiosidade do leitor, nos mantendo fascinadas e hipnotizadas. Os irmãos Sullivan são perfeitos, atraentes e sedutores. Claro que tem que ter uma coisinha aqui ou outra ali que nos faz torcer o nariz, mas nada que nos impeça de nos apaixonar pelos personagens. A escritora manteve a pegada sensual da história, e ainda cita um pouquinho da história de cada irmão. Adoro acompanhar a união e companheirismo dos irmãos e as cenas engraçadas que também surge me deixando mais curiosa com as histórias que estão por vir.

André, Bella. Quero ser seu. Ribeirão Preto, SP: Novo Conceito Editora, 2013.





Read more...

[Resultado] Promoção de natal Tesouro Literário

quarta-feira, 1 de janeiro de 2014


Bom dia e feliz 2014 pata todos!!!!

E temos o resultado da última promoção de 2013 do Tesouro Literário! Vamos aos ganhadores?

Se você fosse minha...


A pousada Rose Harbor...


A culpa é das Estrelas + Deixe a neve cair... 

 Belo Desastre + Desastre Iminente

 Feita de Fumaça e de ossos+ Sangue e estrelas

 O chamado do Cuco
 Simplesmente Ana...

Sushi + Férias (Pocket)

 A mulher do viajante do Tempo



Já enviei e-mail aos ganhadores que deverão entrar em contato até domingo, caso contrário faremos um novo sorteio.

Parabéns aos sortudos e Feliz 2014 a todos!


Read more...

Extraordinário - R. J. Palacio


 August Pullman, o Auggie, nasceu com uma síndrome genética cuja sequela é uma severa deformidade facial, que lhe impôs diversas cirurgias e complicações médicas. Por isso ele nunca frequentou uma escola de verdade... até agora. Todo mundo sabe que é difícil ser um aluno novo, mais ainda quando se tem um rosto tão diferente. Prestes a começar o quinto ano em um colégio particular de Nova York, Auggie tem uma missão nada fácil pela frente: convencer os colegas de que, apesar da aparência incomum, ele é um menino igual a todos os outros.
 Narrado da perspectiva de Auggie e também de seus familiares e amigos, com momentos comoventes e outros descontraídos, Extraordinário consegue captar o impacto que um menino pode causar na vida e no comportamento de todos, família, amigos e comunidade - um impacto forte, comovente e, sem dúvida nenhuma, extraordinariamente positivo, que vai tocar todo tipo de leitor.

Em Extraordinário acompanhamos a história de Auggie, um menino de 10 anos que nasceu com uma síndrome genética que causou uma deformidade na sua face. Seria uma criança como qualquer outra, que é de Star Wars, gosta de brincar, ler gibis e tudo mais; mas devido a sua síndrome, ele nunca frequentou uma escola e muito menos teve muitos amiguinhos para brincar, pois todos o olhavam com uma certa diferença, curiosidade e até mesmo horror!

Mas, os pais dele decidem coloca-lo na escola pela primeira vez, para fazer o quinto ano escolar. Assim conhecemos mais da personalidade de Auggie, e sua familia. Vemos as dificuldades enfrentadas por ele, o preconceito que ele enfrenta desde sempre, mas também as suas conquistas e vitórias. O livro mostra muito o lado de quem sofre bullying por causa de sua aparência. Mas será que Auggie conseguirá sobreviver a crueldade dos outros? Será que ele conseguirá viver como uma criança normal?
Acho que é como o Toque do Queijo, do livro Diário de um banana. As crianças tinham medo de encostar em um fatia de queijo mofado na quadra de basquete. Na minha escola, eu sou o queijo mofado.     pag 79
Gente, não sei como explicar o quanto adorei Extraordinário, sério. O livro é simplesmente maravilhoso. De leitura fácil e que flui bem, tão bem que eu li em apenas uma madrugada, comecei a lê-lo e quando percebi ele tinha acabado. Já tinha visto várias pessoas dizendo o quanto ele era bom, mas eu não imaginava que seria TÃO bom. Auggie realmente é uma criança extraordinária, e a historia dele me fez chorar muito enquanto eu lia, mas também me fez sorrir.

No livro temos a visão de vários personagens, dividido em partes, o que nos faz sentir todos os pontos da história. A unica coisa que me incomodou foi que em uma das partes, não foi usada nem uma vez letras maiúsculas, nem para nomes, nem para inicio de parágrafos nem nada; não sei se foi proposital ou não, mas me deu uma certa agonia. Mas, tirando isso, o trabalho da editora ficou ótimo, a capa é linda, e a arte de dentro também.

Enfim, eu realmente adorei o livro, e estou recomendando ele para Deus e o mundo. Ele é simplesmente apaixonante, e sem duvidas se tornou um dos meus queridinhos. Acho que todo mundo deveria ler esse livro ao menos uma vez na vida, sabe?! Alem de ser uma historia linda, ele nos mostra o quanto devemos ser gentis com os outros, e o quanto palavras machucam. Então, ele está mais que recomendado para todos os seres humanos do planeta, independente do seu gosto literário.


Toda pessoa deveria ser aplaudida de pé pelo menos uma vez na vida, porque todos nós vencemos o mundo.      pag. 237

Palacio, R. J.. Extraordinário. Editora Intrínseca, 2013.

Read more...

Enquanto isso no skoob

Posts Recentes

  © TESOURO LITERÁRIO - Todos os Direitos Reservados