A promessa do tigre - Colleen Houck

quarta-feira, 31 de dezembro de 2014

Medo. Esperança. Dúvidas. Antes da maldição, uma promessa. Mais de 300 anos antes de Kelsey Hayes surgir na vida de Ren e Kishan, uma jovem cruzou o caminho dos príncipes. Seu amor por um deles mudou o curso da história e o destino da família Rajaram. Criada longe dos olhos da corte, isolada do convívio no castelo, Yesubai luta para suportar os maus-tratos do pai e manter em segredo suas habilidades mágicas. Lokesh é um poderoso e cruel feiticeiro que foi capaz de assassinar a própria esposa porque ela lhe deu uma filha em vez de um filho. Ao completar 16 anos, Yesubai é surpreendida por um anúncio do rei. Procurando fortalecer suas relações diplomáticas, o nobre acredita que um casamento entre a filha de Lokesh, comandante de seu exército, e um pretendente de algum dos reinos vizinhos será uma boa estratégia para diminuir os conflitos na região. A jovem recebe a notícia com alegria. Pela primeira vez ela enxerga um fio de esperança, a perspectiva de escapar do controle do pai e de levar uma vida fora do confinamento de seus aposentos. Mas esses não são os planos do feiticeiro. Ele vê no iminente casamento de Yesubai uma oportunidade de conseguir ainda mais poder e não poupará esforços para atingir seus objetivos sombrios. 'A promessa do tigre' conta a origem da história dos príncipes Ren e Kishan e os acontecimentos que levaram às aventuras da aclamada série 'A maldição do tigre'.
Yesubay é a única filha do malvado feiticeiro Lokesh e sofre com o desinteresse do pai ao mesmo tempo em que se vê transformar em uma arma a ser usada contra o reino vizinho. Desde criança ela foi criada pela sua babá Isha, presa em uma ala do castelo, já que sua mãe morreu assim que deu à luz. Há quem diga que ela foi morta pelo marido Lokesh, tudo porque o bebê que veio ao mundo era uma menina e não o sonhado herdeiro. A beleza da criança era rara e doce, impossível até de se acreditar se tratar de filha de um homem tão desumano e cruel, a ponto da filha se esconder quando chegava a hora do pai chegar em casa. Aos dez anos ela descobriu que também era dotada de magia, mas fez questão de esconder do pai, tamanho era o medo que tinha. Quando o rei decidiu uni-la em casamento com um dos reinos vizinhos, ela descobriu ali uma oportunidade de se ver livre do pai para sempre, mas logo percebeu que os planos de Lokesh eram muito mais diabólicos do que ela o imaginava capaz. Em um baile de gala ela vê Kishan pela primeira vez e fica fascinada por sua beleza e juventude, mas é logo desmotivada pelos planos do pai, já que Kishan não é o príncipe herdeiro, mas sim o irmão mais novo e por quem ela se apaixona perdidamente. Yesubay tem muito medo de Lokesh, principalmente quando ele usa Isha como mercadoria de barganha, fazendo-a ceder aos mínimos caprichos do pai. Mesmo assim ela pretende encontrar uma maneira de salvar aquela que ela tem como mãe e também o grande amor de sua vida.

Mesmo quando criança, eu me perguntava quando meu próprio desabrochar acabaria e eu começaria a murchar até não restar nada, isolada em meus aposentos, de onde não retirava nutriente algum e onde nunca podia sentir o sol no rosto. (Pág.24)
Quando eu li a Saga do tigre, foi impossível não sentir um ódio mortal de Yesubay. Ali ela era a megera que usou Ren e Kishan, jogando-os um contra o outro de forma cruel e leviana. Mas em A promessa do tigre podemos conhecer o quão doce, e o quanto ela também foi vítima da crueldade de Lokesh. Percebemos mais uma vez que Lokesh era impiedoso e cruel para alcançar seus objetivos, a ponto de matar a esposa e sacrificar sua única e doce filha. Para quem amou a saga assim como eu, uma boa oportunidade de se redimir com Yesubai.

Houck, Colleen. A promessa do tigre. São Paulo: Arqueiro, 2014.


Read more...

Momento música #162

segunda-feira, 29 de dezembro de 2014

Bom dia Meus Queridos!

Última segunda-feira de 2014. Espero e Desejo a todos que o novo ano que se aproxima seja repleto de alegrias e Realizações. E que possamos estar juntos novamente para nos divertir Muito. Eu não sei se já coloquei esta música aqui antes, mas eu a acho perfeita para os sentimentos que nos envolve neste momento. Ela e Bem velhinha mas sempre Muito Atual.

Imagine - John Lennon


Read more...

Sonhos Despedaçados - Ellie James

quarta-feira, 24 de dezembro de 2014


Em uma casa abandonada, um grupo de adolescentes joga Verdade ou Desafio. Antes de a noite acabar, a garota mais popular da escola desaparece como se fosse por mágica.Recém-chegada à cidade, Trinity preferiria não ter as visões que a atormentam tanto... Agora ela precisa agir rápido, porque todas as suspeitas levam até ela.Cheio de reviravoltas e sustos, Sonhos Despedaçados é leitura obrigatória para quem gosta de tramas com desfechos imprevisíveis. Os cenários ajudam a compor o mistério, e podem ser os cemitérios antigos de Nova Orleans ou os destroços deixados pelo furacão Katrina. O único problema: você não vai ter coragem de ler este livro quando estiver sozinho em casa.
Trinity é uma garota de 16 anos que foi criada em uma casinha nas montanhas por sua avó paterna após a morte de seus pais quando ela tinha apenas dois anos, - o qual ela não sabe quase nada à respeito. Após sua avó morrer, ela mudou-se para Nova Orleans, sua cidade natal para morar com a sua tia Sara, que ela não via desde que era uma criança.

Sempre estudou em casa, e nova em uma cidade completamente desconhecida para ela, Trinity está tentando se enturmar com as pessoas de sua idade. E para isto em uma noite ela vai com alguns colegas para uma casa abandonada, onde dizem ser mal-assombrada e lá brincam de Verdade ou Desafio, até que Jessica, - a garota mais popular da escola, é desafiada à andar pela casa sozinha e sem nenhuma luz para guia-la; até que a menina grita e todos saem correndo à sua procura. Mas Trin se perde no caminho, sem nenhuma lanterna nem nada, se encontra sozinha, em um quarto fechado e totalmente escuro a garota se perde em meio à um pesadelo, onde uma garota está deitada em um colchão sujo e aterrorizada...

Após algum tempo, Pitre, - um dos jovens que estavam na casa, abre a porta e resgata Trinity, e a garota descobre que tudo não passou de uma brincadeira armada por Jessica e Amber, como uma lição dada à Trin por ela mostrar interesse por Chase (namorado de Jessica). Por motivos óbvios, T fica enfurecida com todos e resolve sair daquele casa horrível, e resolve parar de tentar se encaixar no meio daquelas pessoas que não passavam de completos estranhos para ela.

Porem, após dois dias desde que visitaram a casa assombrada, Jessica some sem deixar nenhuma pista, e Trin é a principal suspeita de ser a responsável por isto, afinal, quem não se vingaria de uma brincadeira de mal gosto? A garota volta a ter pesadelos e percebe que a garota que vira deitada em um colchão sujo era Jessica, e sabia tambem que aqueles pesadelos não eram apenas sonhos ruins, Trin poderia ver, sentir, Trin é a unica que pode ajudar Jessica a ser encontrada. Mas os amigos de Jessie não estavam dispostos a acreditar na garota, e muito menos os policiais. A aproximação com Chase e os sonhos de Trinity só aumentava mais ainda as suspeitas que tinham contra a menina.

Apenas com Chase e sua tia Sara do seu lado, Trinity terá que lidar com os seus sonhos, ajudar a encontrar Jessica e no meio de tudo isso, lidar com as verdades de seu passado vindo a tona. Será que Trin conseguirá lidar com todas essas coisas e sentimentos ao mesmo tempo? Até onde uma brincadeira de mal gosto pode ir?
"Às vezes brincar era divertido, e às vezes não."
Bom, eu realmente não sei o que eu esperava deste livro, acho que um misto de expectativa com um "não espere demais"; mas tenho que dizer: Sonhos Despedaçados realmente me surpreendeu, de uma forma muito, muito boa. Com uma historia que fluiu tão bem, que era impossível ler apenas mais um capitulo. Com personagens marcantes, de personalidades e fisionomias bem descritas. Os locais mostrados com detalhes, as vezes conseguia me sentir junto com Trin no meio dos seus sonhos.

Sobre o trabalho da editora não tenho muito o que falar, a revisão deixou passar apenas alguns erros na digitação, fora isso tudo ficou ok. Porém, achei a capa meio nada a ver, tirando a libélula, nada na capa me deixou fazer ligação com a historia (pois é, eu amo fazer ligação do titulo e da capa com a historia do livro). E achei um exagero a sinopse dizer "você não vai ter coragem de ler este livro quando estiver sozinho em casa", sendo que o livro não tem terror algum, apenas mistério e suspense paranormal.

Um enredo muito envolvente, que detalhes pequenos mudavam completamente o rumo da historia, e a caça de Trinity sobre a verdade em relação ao sumiço de Jessica, ao seu passado e principalmente a verdade dela mesma. Eu juro que tentei prever o final, e que essa historia seria tão previsível como outras que temos por aí. Mas me enganei e no final fiquei meio "COMO ASSIM!?". Mas o que não me deixou muito contente foi uma pergunta que ficou sem resposta no final de tudo, porém acho que era essa a intenção da autora, já que o sequestro de Jessica era apenas uma trama de segundo plano no livro.

Enfim, vocês puderam perceber que o livro tem muiiiita historia, muito pano pra manga e tal, mesmo tendo apenas 319 páginas, Ellie conseguiu contar muito sem deixar a historia pesada e cansativa; tanto que o meu resumo saiu maior que a resenha, k. Mas é o seguinte, se você está afim de se surpreender com um livro, e gosta de temas paranormais, mas sem aquela coisa assustadora, este é o livro para você!

JamesEllieSonhos Despedaçados. Ribeirão Preto, SP: Novo Conceito Editora, 2014. 




sobre o autor

Eduarda GalvãoEduarda Galvão, 18 anos, Brasília. Cheia de esquisitices e manias. Apaixonada por livros e personagens. Louca por filmes e séries. Com mania de colecionar livros, canecas e amores..

Read more...

Uma chance para recomeçar - Lisa Kleypas

sexta-feira, 19 de dezembro de 2014

Victoria morreu em um trágico acidente, deixando sua filha Holly sob a responsabilidade do seu irmão, o solteiro convicto Mark. O tio Mark não se sentia muito preparado para cuidar da menina, mas assumiu o compromisso de devolver o sorriso aos seus lábios. No entanto, ele descon fia de que não esteja fazendo um bom trabalho, uma vez que Holly nunca mais falou desde que ficou órfã. Uma cartinha para o Papai Noel revela um desejo que pode ser a chave da felicidade de Holly: ela só quer ter uma mãe. Maggie perdeu o marido em uma batalha contra o câncer e não quer jamais - passar por tudo isso de novo. Por isso, ela fechou seu coração e prometeu a si mesma dedicar-se somente a sua nova loja de brinquedos em Friday Harbor, que permite às crianças viajar um pouco nas asas da imaginação. A amizade entre Maggie e Holly (que até passou a acreditar em fadas!) ao mesmo tempo comove e preocupa o tio Mark. Ele tem certeza de que a nova amiga fará bem a sua sobrinha, mas precisa decidir se a deixará entrar em sua própria vida... Nós também torcemos, do fundo do coração, para que Holly tenha uma linda noite de Natal.
Victoria era a única mulher no meio de três irmãos. A criação dos quatro não foi nada comum, já que carinho e amor não era o ingrediente principal recebido dos pais, por isso quando ela ficou grávida ela prometeu ser uma mãe muito melhor para sua filha do que sua própria mãe. E quando Victoria perde a vida em um acidente de carro, ela fez um pedido muito especial a Mark, seu irmão mais velho. Ele deveria criar Holly e principalmente acima de tudo, amá-la. Mark foi pego de surpresa, já que dos três irmãos ele é o que tem a vida mais incerta, apesar de ter estabilidade financeira. Para Mark ele sempre foi apenas o tio que brincava um pouquinho e deixa a cargo da mãe e agora seu coração está mexido com a pequena de seis anos que tinha perdido a mãe e não tinha mais ninguém por ela, somente ele e seus outros irmãos: Sam que assim como ele estava solteiro e Alex que era casado, mas um casamento bem estranho. Para alcançar seu objetivo de dar um lar para sua nova filha, ele mais seu irmão Sam resolvem morar juntos para que possam dar para Holly um lar. A princípio a situação fica bem complicada, já que desde a noite da morte de sua irmã, Holly não falou nada. Totalmente muda, se expressando apenas por sinais. Até que um dia ele entra com Holly na loja de brinquedos de Maggie, uma moradora nova na ilha, e que resolveu recomeçar a vida em um local totalmente novo e sem nenhuma ligação com seu falecido marido. Maggie é daquelas mulheres que simplesmente encantam as crianças com sua magia para contar histórias e criar cenários para a imaginação das crianças. Apesar de ser contra criar ilusões, Mark se sentiu também atraído por Maggie, mesmo ela não dando nenhuma margem para aproximação, tornando improvável qualquer relação entre eles. Até mesmo porque Mark no momento está com Shelby.
Ele se inclinou para beijar a testa dela, como fazia toda noite. Sentiu os braços longos e finos envolverem seu pescoço e a ouviu dizer em uma voz sonolenta e pintada de sonhos:
- Eu te amo. Eu te amo.
Mark ficou parado ali, piscando, tentando absorver o impacto. Pela primeira vez na vida ele sentiu como era ter o coração partido... Não partido em um sentido triste e romântico, mas partido para se abrir. Nunca havia passado por aquilo, o desejo de cercar outro ser humano de felicidade perfeita. (Pág.53)
Eu adoro estes livros especiais de natal. É sempre um tempero a mais para uma época que sempre inspira sentimentos bons. Adorei a história de Holly, Mark e Maggie. É descomprometida e singela, mas que nos envolve com sua simplicidade. Um livro curto e leitura rápida, mas mesmo assim encantador.

Kleypas, Lisa. Uma chance para recomeçar. Ribeirão Preto, SP: Novo Conceito Editora, 2014.

Read more...

Amaldiçoadas - Jessica Spotswood

quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

Cate Cahill tomou a decisão mais difícil de sua vida e resolveu largar tudo para proteger aqueles a quem amava, mas não poderia imaginar os obstáculos que ainda teria pela frente. Agora, vivendo disfarçada entre as outras moças da Irmandade, ela precisa se manter a salvo dos implacáveis caçadores de bruxas e lidar com grandes dilemas pessoais, como a distância de seu grande amor e os conflitos que envolvem suas irmãs Tess, uma menina doce e ingênua que guarda um grande segredo, e Maura, a jovem bela e ambiciosa que pretende fazer de tudo para se tornar o centro das atenções. Será que Cate está pronta para liderar as bruxas de sua geração e ganhar o respeito de uma sociedade que condena a feitiçaria? E seria ela a bruxa da profecia, a mulher mais poderosa já nascida em muitos séculos e capaz de revolucionar a história do mundo? Envolva-se ainda mais na história de Cate e de todas as mulheres fortes que a cercam e segure seu coração para torcer pelo amor de Cate e Finn neste volume que traz revelações imperdíveis antes da conclusão da saga das irmãs Cahill.
Cuidado Spoiler! 
Cate tomou a decisão mais difícil de sua vida quando desistiu do amor de sua vida para ingressar em um convento que na verdade abrigava jovens e poderosas bruxas sob a fachada de Irmandade. Os tempos estão ficando cada vez mais perigosos com os Irmãos da Fraternidade perseguindo todas as mulheres com ou sem poderes. A perseguição se dá para oprimir os direitos das mulheres e evitar que se cumpra a profecia que prevê o surgimento de uma bruxa muito poderosa antes da virada do século. No convento, todos acreditam que a tão esperada bruxa da profecia seja Cate, mas ela está extremamente insegura sobre esta previsão. Ela está convicta de que somente aceitou entrar para a Irmandade devido à chantagem a qual foi vítima, e para proteger suas irmãs e seu amado Finn, ela cedeu. A Irmandade é presidida pela irmã Cora, uma bruxa já bem idosa e que se encontra no fim da vida. Também foi profetizado de que a bruxa esperada para salvá-los também é um poderoso oráculo, o que é uma coisa rara e Irmã Cora está convicta de que Cate é o oráculo. Ela deseja que quando finalmente se for, Cate deverá assumir a direção da Irmandade e defendê-las contra a autonomia da Fraternidade, com o apoio da irmã Inez. Cate se sente pressionada com tanta fé imposta pela profecia, mas ela não sabe em quem confiar. Em momento algum ela se sente com esta capacidade e se sente incomodada com tanta cobrança. Ela não quer ser a bruxa da profecia e muito menos que seja uma das suas irmãs, mesmo que a profecia tenha sido muito clara: três irmãs bruxas e que uma delas irá matar a outra antes da virada do século. Por outro lado ela também se cobra, pois com as atividades de noviça, ela tem a oportunidade de presenciar todo o tipo de crueldade imposto pela Fraternidade e anseia por lutar contra tantos desmandos, principalmente no hospício de Harwood, onde estão internadas a garotas consideradas mais perigosas, dentre elas Brenna, a oráculo que tem feito as principais profecias. É em Harwood que também está Zara, madrinha de Cate e peça importante para que se esclareçam vários segredos da mãe delas. Muitos desafios exigem uma Cate mais corajosa e determinada e aos poucos ela vai perceber que não se pode fugir de uma profecia, por mais que se lute contra ela.
Minha vontade é atravessar a praça e ir até Finn, pegá-lo pela mão e levá-lo para longe. Levá-lo para algum lugar com privacidade, onde eu possa lhe contar a verdade: eu o amo, vou amar para sempre, não importa o que me obriguem a fazer. (Pág.42)
Este é o segundo livro da série As crônicas das irmãs bruxas, e nele acompanhamos as consequências das escolhas de Cate. Ela ama suas irmãs e se preocupa profundamente com o destino delas. Tudo o que ela faz é para evitar que elas sofram qualquer retaliação da Fraternidade que tem se provado cada vez mais implacável e cruel com as jovens bruxas. O primeiro livro eu achei mais moroso, com pouca ação, coisa que não acontece neste segundo livro. Apesar das inseguranças de Cate, a história é mais dinâmica e os acontecimentos se desenrolam com mais vigor. Cate se encontra dividida, principalmente porque é provado que todas as profecias são infalíveis e mais cedo ou mais tarde, acontecem. Estou ansiosa pelo terceiro volume e recomendo para todos, principalmente que se amarram em histórias sobrenaturais.

Spotswood, Jessica. Amaldiçoadas. São Paulo: Arqueiro, 2014.


Read more...

Momento música #161

segunda-feira, 15 de dezembro de 2014

Bom dia!

Uma nova semana se Iniciá, Uma Nova Oportunidade de Começar de Novo.
This Musica e uma graça e fiquei ansiosa Pará compartilhar com VOCÊS.

Chandelier - Sia


Read more...

A herdeira das sombras - Anne Bishop

quarta-feira, 10 de dezembro de 2014

Há 700 anos, num mundo governado por mulheres e onde os homens são meros súditos, uma profetisa viu na sua teia de sonhos e visões a chegada de uma poderosa Rainha. Jaenelle é essa Rainha. Mas mesmo a proteção dos Senhores da Guerra não impediu que os seus inimigos quase a destruíssem. Agora é necessário protegê-la até as últimas consequências. Três homens estão dispostos a dar a vida por Jaenelle. Mas há quem seja capaz de tudo para controlar ou destruir a Rainha. Conseguirá ela cumprir seu destino como detentora do maior poder que o mundo já conheceu?
Cuidado, Spoiler de A filha do Sangue

Após o seu resgate da clínica que estava internada, e de todo o processo realizado por Daemon para salvar sua alma no altar de Cassandra, Jaenelle passa por um longo e lento ritual de recuperação. Saetan ainda teme por sua recuperação, pois a violência a qual ela foi vítima havia sido profunda o suficiente para quebrá-la e muito ainda deveria ser feito para recuperá-la inteiramente, mesmo sabendo que havia marcas que jamais seriam extirpadas. Jaenelle se transformou em uma adolescente sombria capaz de se doar ao extremo para salvar um doente. Mas o principal ela não se lembrava: o que aconteceu com Daemon? Após salvá-la ele se perdeu e sua mente vaga pelo Reino Distorcido. Saetan reivindicou para si a tutela de Jaenelle como forma de garantir sua criação com segurança até a idade dela formar sua corte. Três homens que lhe prometeram a vida para que ela alcançasse seu objetivo, mas não é intenção de Jaenelle possuir súditos a segui-la. Saetan que acabou por adotá-la e tem por ela o amor de um pai amoroso e dedicado.
Lucivar, o príncipe mestiço que conseguiu fugir da escravidão torturante das minas de sal de Pruul, fiel e dedicado à sua irmã.  
“As lágrimas começaram a cair, lenta e silenciosamente de início, transformando-se em um choro convulsivo que lhe comprimia o peito, fruto do profundo sofrimento acumulado.” (Pág. 123).
 Mas enquanto este momento não chega, Saetan continua a garantir que Jaenelle tenha uma vida o mais normal possível, oferecendo a ela a educação necessária no uso de sua magia e que ela esteja cercada por seus amigos. Ele também se preocupa com seus filhos Daemon e Lucivar, mas este último já vive em segurança junto a eles, após escapar das minas de Pruul e quase perder a vida que foi salva pela determinada Jaenelle. Mas Daemon continua perdido e ele não sabe qual poderá ser a reação de Jaenelle ao se recuper as lembranças do que lhe aconteceu, já que no processo de resgate ela foi acometida por uma amnésia que aparentemente apagou Daemon de sua memória. Enquanto Saetan vive este dilema, Lucivar se dedica exclusivamente em garantir a estabilidade de Jaenelle e evitar que Hekatah, ex-mulher de Saetan e que se proclama Sacerdotisa suprema do Inferno se aproxime de Jaenelle já que esta é sua intenção, destruir aquela que será a maior rainha de todos os reinos.
“Entre uma inspiração e uma expiração, Saetan viu uma jovem feiticeira de mau humor se transformar em uma Rainha doce e predatória.” (Pág.249)
E este é o segundo livro da Trilogia das Joias Negras, e nele encontramos mais arrebatamento e emoção. Jaenelle está de volta, mas ainda não se lembra de tudo o que lhe aconteceu o que é pior, ela não se lembra de Daemon. Ele está perdido no reino distorcido e sofrendo por acreditar que matou Jaenelle. Muitas emoções nos esperam neste volume da série e somos cada vez mais envolvidos pelos sentimentos dos personagens que são fortes e ao mesmo tempo sensíveis aos temperamentos de cada um. Impossível de ler sem se condoer pelo sofrimento de Lucivar, Daemon, Saetan e Jaenelle. A cada página uma trama para derrubar esta Rainha que é tão humana e ao mesmo tempo tão poderosa, e não vejo a hora de ler o enredo final. Leitura perfeita para quem gosta de leituras mais intensas.

Bishop, Anne. A herdeira das sombras. Rio de Janeiro: Saída de Emergência, 2014.

Read more...

Lançamento Arqueiro

terça-feira, 9 de dezembro de 2014



De Patrick Rothfuss: A música do silêncio


“Talvez você não queira comprar este livro. Eu sei, não se espera que um autor diga esse tipo de coisa. Mas prefiro ser honesto com você logo de saída. Acho justo avisar que esta é uma história um pouquinho estranha. Não gosto muito de dar spoilers, mas basta dizer que esta aqui é... diferente. Não tem um monte de coisas que se espera de uma história clássica.

Por outro lado, se você gosta de palavras e mistérios e segredos, este livro tem muito a lhe oferecer. Se sente curiosidade sobre os Subterrâneos e a alquimia. Se deseja conhecer melhor os meandros ocultos do meu mundo...

Bem, nesse caso, talvez este livro seja para você.” – Patrick Rothfuss

Debaixo da Universidade, bem lá no fundo, há um lugar escuro. Poucas pessoas sabem de sua existência, uma rede descontínua de antigas passagens e cômodos abandonados. Ali, bem no meio desse local esquecido, situado no coração dos Subterrâneos, vive uma jovem.

Seu nome é Auri, e ela é cheia de mistérios.

A música do silêncio é um recorte breve e agridoce de sua vida, uma pequena aventura só dela. Ao mesmo tempo alegre e inquietante, esta história nos oferece a oportunidade de enxergar o mundo pelos olhos de Auri. E nos dá a chance de conhecer algumas coisas que só ela sabe...

Neste livro, Patrick Rothfuss nos leva ao mundo de uma das personagens mais enigmáticas da série As Crônicas do Matador do Rei. Repleto de segredos e mistérios, A música do silêncio é uma narrativa sobre uma jovem ferida em um mundo devastado.


SOBRE O AUTOR:

O primeiro romance de Patrick Rothfuss, O nome do vento, volume inaugural da série As Crônicas do Matador do Rei, tornou-se um sucesso no mundo inteiro. Foi publicado em mais de trinta países e
é considerado a estreia mais brilhante no gênero literatura de fantasia nos últimos anos. Rothfuss ganhou o Quill Award (prêmio literário americano cujos vencedores são escolhidos pelos leitores) de melhor livro de literatura fantástica, entre outras condecorações, e recebeu elogios de escritores importantes como George R. R. Martin, Ursula K. Le Guin, Orson Scott Card e outros.

O temor do sábio, continuação da série, alcançou o primeiro lugar na lista do New York Times.

Rothfuss mora em Wisconsin, nos Estados Unidos, onde fabrica hidromel, constrói fortes com caixas de papelão junto com os filhos e dirige a Worldbuilders, instituição beneficente que gira em torno dos livros. Ele também conta histórias em seu blog: patrickrothfuss.com.


TRADUÇÃO: Vera Ribeiro
  
TÍTULO ORIGINAL: The Slow Regard of Silent Things

 Twitter: @editoraarqueiro

Facebook: /Editora.Arqueiro

Instagram: /editoraarqueiro

www.editoraarqueiro.com.br



 De Lene Kaaberbøl e Agnete Friis: Morte invisível

RESENHA:

“Kaaberbøl e Friis retornam com uma continuação irresistível de O menino da mala. Trazendo uma trama intricada, personagens atraentes e um desfecho tenso, este ousado thriller estabelece as autoras no panteão
dos romances policiais escandinavos.”
– Library Journal

Morte invisível é impactante. Uma história que acelera em direção a um final épico, que deixa o leitor ao mesmo tempo chocado e maravilhado. Um livro imperdível.” – Book Reporter

Em meio às ruínas de um hospital militar soviético no norte da Hungria, Pitkin e Tamás procuram antigos suprimentos e armas que possam vender no mercado negro, até que acabam encontrando algo mais valioso do que poderiam imaginar.

Ali está a esperança dos meninos ciganos de deixar a pobreza, de quitar as dívidas da família, quem sabe de se livrar um pouco do preconceito que sofre o seu povo. Porém, suas boas intenções podem provocar a morte de um número alarmante de pessoas.

Na Dinamarca, a enfermeira Nina Borg também se preocupa com o bem-estar dos desfavorecidos, e por isso colocará sua vida em risco mais uma vez. Chamada às pressas para cuidar de um grupo de ciganos húngaros, ela descobre uma doença misteriosa que se espalha de forma implacável. Ao investigar o caso, percebe que há algo de podre em toda aquela história, um segredo perigoso, guardado a sete chaves pelos imigrantes, que pode envolver terrorismo e fanatismo.

Nesta continuação de O menino da mala, Nina acabará colocando sua família na mira de criminosos e se verá diante de uma crise sem precedentes que mobilizará o país.


SOBRE AS AUTORAS:

Agnete Friis é jornalista e escritora infantojuvenil. Lene Kaaberbøl já publicou mais de trinta títulos e vendeu mais de dois milhões de livros como autora de fantasia, ganhando prêmios nacionais e internacionais. A série Nina Borg já foi traduzida para 26 idiomas.


TRADUÇÃO: Marcelo Mendes
  
TÍTULO ORIGINAL: Et stille umærkeligt drab
  
Twitter: @editoraarqueiro

Facebook: /Editora.Arqueiro

Instagram: /editoraarqueiro

www.editoraarqueiro.com.br

Read more...

Promoção Ano novo, Livros novos - 2015

segunda-feira, 8 de dezembro de 2014



Um novo ano está chegando e nada melhor que revitalizar as energias e começar 2015 com todo entusiasmo e alto-astral, concordam? Nós acreditamos que há uma forma espetacular de se fazer isso: renovando a estante!!! \o/ Afinal, Ano Novo pede Livros Novos, não é? =D

Por isso, vinte blogs amigos se juntaram para realizar essa promoção. Serão 20 livros sorteados entre 2 ganhadores (cada um ficará com 10 livros incríveis). Para participar, é muito fácil: siga os blogs Alegria de Viver e Amar o que é Bom e Leitor Sagaz pelo GFC e curta as fanpages dos demais blogs, o que você pode fazer ao preencher os formulários abaixo.

Nas chances extras, você pode ainda compartilhar, publicamente, no seu perfil do Facebook, o link para este post e, assim, ganhar 10 pontos! Confira também as demais chances extras, cada uma delas valendo mais 10 pontos!  Então, vamos lá?


KIT 01




Giro Letra - P.S. Eu Te Amo
Livreando - Extraordinário
Leitura Nossa de Cada Dia Aconteceu em Veneza
Na Próxima Página Sex and the city
Tesouro Literário Louco por você
Ler para Divertir - Eu Compro, Sim! Mas A Culpa É Dos Hormônios
Livros e Clichês 9 Minutos Com Blanda
Sempre Nerd O Jeito Que Me Olha
Mural dos Livros Tigres em dia vermelho


a Rafflecopter giveaway



KIT 02




Livros, Leituras e Afins Tão Mais Bonita  
Sobre Amores e Livros Os Assassinos do Cartão Postal  
Books And Much More - Paperboy
Amor Em Ler - Louca Por Você
Fábrica dos convites - Olho por Olho
Espaço Yan Canil Para Cachorro Louco
Lost Girly Girl - Milagres do Ágape
Leitor Sagaz Firewitch's


a Rafflecopter giveaway


A promoção será encerrada no dia 10 de janeiro. Divulgado o resultado, o(a) ganhador(a) tem cinco dias úteis para enviar seu nome completo e endereço para contato@giroletra.com.br. Cada blog terá 30 dias para enviar o livro do qual ficou responsável. É necessário ter endereço de entrega no Brasil. O(a) ganhador(a) é responsável pelo recebimento do prêmio. Caso os Correios o devolvam, ele não será reenviado.

BOA SORTE!!!


Read more...

Momento música #160

Bom dia!

Nem sempre eu consigo acompanhar os lançamentos musicais já que apesar de gostar tanto de música eu não sou fã de emissoras de rádio. Sempre fico antenada nas músicas que tocam na TV, sendo de comerciais ou programação em geral. E a música de hoje foi escolhida por curiosidade, mas também porque gostei da música, é claro. A música em questão é da nova namorada do Robert Pattinson, ex-eterno vampiro. Seu estilo que não soube definir, mas foi o que me chamou atenção, além do nome artístico:


FKA Twigs - Water me


Read more...

Promoção Tesouro de natal

sábado, 6 de dezembro de 2014


E a nossa promoção de natal chegou... Ela tarda mas não falha. E é para os seguidores queridos do Tesouro Literário que poderá escolher entre três opções ou pelas três. Para todos terem oportunidades, se você for sorteado em um dos kits, automaticamente está fora dos demais, ok?
Portanto, se joguem e olhe bem as simples regras:

  • Seguir o Blog Tesouro Literário no GFC
  • Deixar uma mensagem de natal
  • Ter endereço de Entrega no Brasil

a Rafflecopter giveaway a Rafflecopter giveaway a Rafflecopter giveaway

Read more...

Azul da cor do mar - Marina Carvalho

quarta-feira, 26 de novembro de 2014

ACASO, DESTINO ou LOUCURA? No caso de Rafaela, Pode ser tudo isso junto. Para alguém como ela, nada é impossível. Rafaela sonha desde a adolescência com o garoto que viu uma vez, perto do mar, carregando uma mochila xadrez... A idéia fixa não a impediu, porém, de ser uma menina alegre e muito decidida. Ela quer ser jornalista, e seu sonho está se concretizando: Rafaela Vilas Boas (um nome tão imponente para alguém tão desajeitado) conseguiu um estágio no melhor jornal de Minas Gerais. Mas, como estamos falando de Rafa, alguma coisa tinha que dar errado. O jornal é mesmo incrível, mas seu colega de trabalho, Bernardo, não é a pessoa mais simpática do Mundo. Em meio a reportagens arriscadas – e alguns tropeços -, Bernardo acaba percebendo, contra a sua vontade, que Rafaela leva jeito para a coisa... E que eles formam uma dupla de tirar o fôlego. Mas e a mochila? E o garoto, o envelope, as cartas? Um dia a estabanada Rafaela vai ter que se libertar dessa obsessão.

Rafaela é uma jovem prestes a se graduar em jornalismo. O sonho de sua vida é trabalhar na seção investigativa de um grande jornal, e eis que surgiu a sonhada oportunidade. Contratada para estagiar em um grande jornal de Minas, a única coisa que ela não imaginava era encontrar resistência daquele que foi designado a ser seu mentor: Bernardo. Bernardo era o prodígio do departamento de matérias investigativas, porém não sabia trabalhar em equipe. Desde o primeiro momento ele fez de tudo para dificultar a vida de Rafaela. Por outro lado, Rafaela fazia de tudo para não se deixar intimidar pela rabugice de Bernardo. Ela conseguia encontrar o equilíbrio adequado entre seus estudos, suas amigas, sua família e o seu estágio, mesmo com todas as dificuldades enfrentadas. Sua válvula de escape era o diário que escrevia para seu “Menino da mochila Xadrez”. Desde a infância ela fantasiava sobre o garoto de tristes olhos azuis que ela encontrou em uma praia de Iriri, e nunca mais se esqueceu dele. Portanto ela sempre escrevia para ele, contando suas alegrias e tristezas, fantasiando de um dia poder encontrá-lo. Enquanto este dia não chegava, ela se aventurava cada vez mais profundamente nas matérias a qual era designada e sentia-se feliz pelos elogios e reconhecimentos alcançados. Todos na seção, com exceção de Bernardo, elogiavam e reconheciam seus esforços. Todos a tratavam com carinho enquanto que com Bernardo eram brigas homéricas, como cão e gato. A situação piora bastante quando sua (ex) amiga se envolve com Bernardo em uma paquera explícita, Rafaela fica irada com sua audácia. Seu argumento para tamanha ira, era que este relacionamento iria prejudicá-la, o que não convenceu em nadinha suas amigas Alice e Sofia, que estavam seriamente confiantes de que o que Rafaela sentia por Bernardo não era nada mais do que ciúmes. Rafaela fica em choque, ela não suportava o Bernardo, assim como ele não a suportava. Como assim? Ela não poderia estar interessada nele. Ela não queria estar interessada nele.
Subitamente, uma onda de tremor percorreu meu corpo, como se uma britadeira ligada morasse dentro de mim. Foi uma sensação de posse, uma coisa meio irracional que acendeu um alerta no meu cérebro, tipo: Não mexam com o que é meu. Não fazia o menor sentido, porque eu nem simpatizava com Bernardo nem nada. (Pág.119)

Este é o terceiro livrão da escritora mineira Marina Carvalho, e que merece o reconhecimento dos leitores. Sua escrita é marcante e descontraída, com suaves pinceladas cômicas. Como sempre, suas protagonistas são fortes e também engraçadas. Aliás, Rafaela é um desastre ambulante. Parece que atrai, sendo única filha mulher entre três irmãos homens mais velhos, ela é a queridinha e tudo o que acontece com ela acaba virando um show à parte. Adorei a química entre Rafaela e Bernardo, que eram afinados, mas se bicavam o tempo todo.
A Marina mais uma vez nos apresenta um livro fofo, com uma escrita leve e deliciosa. Adorei mais uma vez.

Carvalho, Marina. Azul da cor do mar. Ribeirão Preto, SP: Novo Conceito Editora, 2014.


Read more...

Momento música #159

segunda-feira, 24 de novembro de 2014

Bom dia Queridos!

Damos Início A Última semana de novembro e logo chega o natal e de todos só queremos coisas boas, não é mesmo. Vamos Começar Bem Ouvindo música?


Back to December - Taylor Swift


Read more...

Para onde ela foi - Gayle Forman

sexta-feira, 21 de novembro de 2014

Meu primeiro impulso não é agarrá-la nem beijá-la. Eu só quero tocar sua bochecha, ainda corada pela apresentação desta noite. Eu quero atravessar o espaço que nos separa, medido em passos não em milhas, não em continentes, não em anos , e acariciar seu rosto com um dedo calejado. Mas eu não posso tocá-la. Esse é um privilégio que me foi tirado. Com a mesma força dramática de Se Eu Ficar, agora pela voz de Adam, Para Onde Ela Foi expõe o desalento da perda, a promessa da esperança e a chama do amor que renasce.
Adam vive em uma montanha russa emocional. Após três anos ele ainda espera por uma notícia de Mia, mas esta nunca chega. Muita coisa mudou nestes últimos anos, a começar por sua carreira. Ao contrário do que se imaginava ao alcançar a fama, em vez de glórias ele só sente uma imensa vontade de se isolar, cansado da rotina de shows e entrevistas invasivas. Seus companheiros da banda já perceberam que não estão mais na mesma sintonia e o culpam acusando-o de estrelismo, mas a sua realidade é repleta de dor e sofrimento. As crises de pânico tem ficado cada vez mais frequentes e o que obriga a ingerir altas doses de anti-ansiolítico. Ele e a banda estão em Nova Iorque para regravar algumas faixas do álbum e também para uma entrevista para uma revista de rock, antes de partirem para mais uma fatigante turnê pela Europa. Mais um dia de pressão, mais um dia para se aguentar mais um dia. Ele não consegue deixar de pensar que ele está em Nova Iorque, na mesma cidade que Mia. Por conta de mais uma de suas crises ele não viajará esta noite junto à banda em função do calendário: sexta-feira 13 e nem pensar que ele iria realizar uma viagem nesta data. Diante desta decisão ele permanece na cidade e sai vagando até ir parar na frente do Carnegie Hall e seus olhos se deparam com anúncio de um concerto. Um concerto da sua Mia. Depois de três anos. Três anos no mais negro silêncio de sua vida, eis que surge uma oportunidade de vê-la. Levado pelo impulso, ele entra para assistir a apresentação e viajar nas brumas do passado, nas lembranças que nunca o abandonaram e que partiram seu coração.  
O tremor em minha mão se tornou tão normal, tão frequente, que geralmente é imperceptível para mim. Mas, logo que meus dedos se fecham ao redor dos de Mia, eu noto que eles de repente ficam imóveis, como se estivessem congelados. E eu posso permanecer aqui para sempre. (Pág.51)
Este é a sequência do aclamado Se eu ficar. Neste romance temos toda a perspectiva pelo ponto de vista de Adam, que narra seu sofrimento após a partida de Mia para Juilliard. Mia sofreu um acidente de carro há três anos e foi a única sobrevivente. Após vários dias em coma, o amor de Adam ajuda no seu despertar e a sua vida a partir deste ponto se transforma. Adam ainda sofre por seu amor perdido sem explicação e tenta levar sua vida em frente, mas ele não consegue. Ao mesmo tempo em que busca uma explicação ele quer fugir. Neste encontro de uma única noite, tudo é possível. Muitas explicações, muitas mágoas reveladas que poderão libertá-los enfim para que prossigam em suas jornadas pessoais. Eu não tinha me encantado pelo primeiro livro da forma que muitos têm se encantado. Tinha até ficado frustrada pois não derramei nenhuma das esperadas lágrimas. Mas este livro me comoveu, pois mostra a luta de uma adolescente que perde os pais e o seu único irmão e precisa reaprender a viver e reaprender a aceitar as suas vitórias. E o drama de Adam que vê o grande amor da sua vida escapando de sua vida sem nada poder fazer. Este livro me comoveu muito mais e merece ser lido.

Forman, Gayle. Para onde ela voi. Ribeirão Preto, SP: Novo Conceito Editora, 2014.


Read more...

O homem perfeito - Vanessa Bosso

quarta-feira, 19 de novembro de 2014

Melina teve alguns relacionamentos ruins, outros péssimos... Mesmo assim, ela não desiste: um dia ainda vai encontrar alguém que a complete e que entenda algumas manias fofas que ela tem como comprar mais sapatos do que pode guardar ou tomar uma multa ou outra por excesso de velocidade. Ela faz a sua parte escrevendo um pedido ao universo, no qual descreve esse ser incrível nos mínimos detalhes. Agora é só esperar, certo? Melina não imagina, porém, que esse presente dos céus já existe, mas foi parar nos braços de uma mulher in-su-por-tá-vel. O que fazer quando o destino insiste em brincar com a sua paciência?

Melina é uma jovem cabeça quente e extrovertida. Ela não tem freio na língua e sempre fala primeiro e pensa depois, o que acaba colocando-a em várias saias justas. Sua última peripécia foi dar um chute nas partes baixas do seu chefe e lhe quebrar o nariz em plena reunião com um cliente, e por isso ela acaba perdendo o emprego e o namorado. Em consequência ela decide passar uma temporada em casa junto à família para se recuperar deste baque. Filha única é a queridinha de todos, desde o pai até os avós que sempre fazem suas vontades. Seus avós têm uma charmosa pousada em Paraty, e seu pai é médico diretor do único hospital da região. Sua mãe os abandonou quando ela era criança e este é o trauma que ela carrega desde então. Pois mais que sua mãe tente, ela evita maiores contatos, pois não esquece a mágoa de ter sido rejeitada por aquela que deveria ser mãe e amiga. Chegando à cidade após dois anos, ela é acometida por várias lembranças de sua adolescência, dos amigos que ficaram para trás e do seu primeiro namorado. Aos poucos ela vai se ambientando, mas logo no início ela descobre que seu ex está noivo de sua pior inimiga, o que a surpreende. Ela sabe que errou no passado, pois entrou em pânico quando viu que os planos de Bernardo iam muito além do namorico de adolescência e acabou metendo os pés pelas mãos. Mesmo após tantos anos, ela ainda não acredita na ironia do destino, mas no seu primeiro dia de trabalho no hospital, ela percebe que a sua vida vai ficar um pouquinho pior quando vir que o seu Bernardo, aquele moleque magro e sem jeito que ela abandonou sem explicação, se tornou no homem mais lindo e sexy que ela já viu, e pior, pertence à outra mulher.
Fui embora e vivi a minha vida, não fui nem capaz de deixar uma carta de despedida. Saí de Paraty naquela certeza absurda de que ele me amaria por todas as horas, todos os dias, até o fim de sua vida.  E eu vibrava com essa certeza.
Como pude ser tão estúpida? (Pág.47)
Esta é a minha estreia com a autora Vanessa Bosso e fui agradavelmente surpreendida. Ela possui uma escrita dinâmica e fluída. O romance é bem um chick-lit com direitos a altas gargalhadas e muita diversão. Melina é uma piradinha, dona de um senso de humor invejável. Sua melhor amiga é Nauane e as duas juntas é garantia de diversão com os conselhos que uma dá para outra. Melina guarda muitas mágoas da mãe, e esta é a causa de sua sede de liberdade que lhe acarretou a fuga de um compromisso mais sério com Bernardo. Mas o mundo dá voltas e Melina vai perceber que mais perdeu do que ganhou e vai querer correr atrás do prejuízo. Adoro romances assim, dinâmicos e sem enrolação, com a dose na medida certa de humor, drama e muito amor.  Um romance muito divertido e recomendo com certeza. Leiam e me contem se concordam.

Bosso, Vanessa, O homem perfeito. Ribeirão Preto,SP; Novo Conceito Editora: 2014.


Read more...

Promoção de Natal

terça-feira, 18 de novembro de 2014


Quem aí já tem a sua listinha de livros de Natal? \o/ É isso mesmo, dezembro está chegando e o Sonhos em Tinta resolveu convidar vários blogs amigos para comemorar essa época tão especial presenteando 10 leitores! Vocês podem participar de todos os sorteios, mas os ganhadores serão premiados uma vez, ok?! Vamos nessa!

Regras gerais:
- É obrigatório ter endereço de entrega no Brasil.
- Cada formulário tem regras obrigatórias diferentes. É necessário que as regras obrigatórias sejam cumpridas, do contrário, o vencedor será desclassificado sem aviso prévio.
- Cada blog ficará responsável pelo envio do prêmio que por ele foi disponibilizado para o sorteio, não tendo qualquer responsabilidade por extravio ou perda por conta dos correios.
- O ganhador terá 72 horas para responder o e-mail enviado, caso contrário um novo sorteio será realizado.
- O sorteio terá início em 18 de novembro e término em 22 de dezembro de 2014.
- Os blogs terão um prazo de 60 dias para o envio do prêmio.
- Se o seu twitter ou Facebook forem bloqueados, não utilize essas entradas, já que não tenho como verificar.
Kit 1

Kit 2

Kit 3

Kit 4

Kit 5

Kit 6

Kit 7

Kit 8

Kit 9

Kit 10

Qualquer dúvida, envie um e-mail para sonhosemtinta@gmail.com (blog organizador da promoção)

Boa sorte!

Read more...

Momento música #158

segunda-feira, 17 de novembro de 2014

Bom dia!

Que esta semana que se incia, seja repleta de força e saúde, Lutas e vitórias, fé e esperança.

She will beloved - Maroon 5


Read more...

Tesouro Especial Bienal Minas 2014

domingo, 16 de novembro de 2014


Começou na última sexta-feira dia 14 a Bienal do Livro de Minas 2014, e eu estive lá ontem. Realmente para quem conhece uma Bienal de SP e do RJ, a de Minas é uma irmã menor, mas nem por isso menos importante. Aos poucos, precisamos desmistificar este conceito de que o povo mineiro não lê, o que já foi apontado em pesquisa Ibope divulgado pelo Jornal Estado de Minas (aqui). Isto para nós é motivo de orgulho. Ontem ao chegar na Bienal às 14hs, eu comentei que a fila estava monstra, e estava mesmo. Porém organizado e rápido. Eu fiquei na fila no máximo cinco minutos e sem ficar parada, pois estava andando rápido e nem deu tempo de piscar.



Lá dentro estava bem cheio mesmo, o que acho ótimo. Prova que nós mineiros amamos os livros sim e merecemos um evento de qualidade.


E pode acreditar. Lá dentro estava cheio! O pessoa todo antenado nos eventos disponíveis, nos escritores. Uma pena que as Editoras acreditem que não vale a pena vir também. Com certeza o público seria maior ainda.
E para quem ainda está em dúvida, não fique. Teremos muitos escritores sensacionais ainda ao longo da semana e alguns que estou lembrando são:
  • Tammy Luciano - Dias 18 e 19
  • Graciela Mayrink 
  • Janaína Rico
  • Maurício Gomyde
  • Carina Rissi - Dia 22
E várias outras atividades para todos os gostos e idades. Portanto, vamos prestigiar os eventos em nossa cidade. 

Segue uma pitada: 

Christine me contanto as novidades para breve




Eu e a elétrica Janaína Rico



Read more...

Twittando o amor - Teresa Medeiros

sexta-feira, 14 de novembro de 2014

O Twitter é uma festa que nunca termina onde todo mundo fala ao mesmo tempo e ninguém diz nada... Abigail Donovan é uma escritora de sucesso. Ela quase ganhou o prêmio Pulitzer e até foi elogiada no programa da Oprah. Então, por que ela passa os dias e noites escondida no chiquérrimo condomínio onde mora, na companhia de seus dois gatos, sem conseguir escrever? Quando o seu editor a obriga a entrar no mundo das redes sociais para expandir seus horizontes, Abby imagina que vai ser obrigada a conversar com adolescentes que teclam escondido do porão de casa. Mas ela acaba conhecendo Mark Baynard, um professor britânico sexy, bem-humorado e inteligente que está viajando pelo mundo em busca de aventura. Abby tenta resistir ao seu charme, enquanto Mark começa a quebrar a resistência dela aos pouquinhos... Inclusive a resistência a se comunicar por meio de mensagens curtas. Agora que Abby voltou a escrever e a viver , ela descobre que Mark guarda um segredo que poderá mudar para sempre a vida dos dois.
Abby é uma jovem escritora que sempre foi a menininha do papai. Já no seu primeiro livro ela alcançou o sucesso suficiente para ganhar o prêmio Pulitzer e os elogios da Oprah. Porém as coisas perderam o rumo quando inesperadamente seu pai morreu e ela ficou sem chão e sem inspiração também. Sua agente até que se esforçava em lhe arrumar eventos para que divulgasse o livro, mas definitivamente sua carreira está em declínio e ninguém mais se lembra do seu nome. A gota d’água é quando ela termina se vestindo de coelho para entretenimento de um bando de crianças que estavam na livraria em que ia palestrar, mas que não apareceu ninguém. Depressão e desânimo é tudo o que lhe resta, já que não consegue se recuperar da perda do pai, o dinheiro que está se esgotando e a mãe internada em uma clínica para tratamento do Alzheimer. Para tentar reverter sua total e absoluta falta de inspiração, sua agente literária cria para ela uma conta no twitter e a obriga a usar. Tudo no início é muito estranho, mas ela já de cara ela ganha um seguidor. Mark Baynard é um professor em um tour pela Europa em busca de inspiração para seu primeiro livro. Começa então uma amizade bonita, com conversas engraçadas sobre a perspectiva de cada um sobre quem está do outro lado da rede. Encontros virtuais são marcados e acontecem de forma encantadora, com diálogos inteligentes sobre filmes e outros temas. Abby sempre ficava a espera de cada um deles, principalmente para saber em qual novo local Mark se encontrava agora, sendo que a maioria deles se trata de locais em que ela gostaria de estar, como Paris. Mark passa a ser um incentivador de suas mudanças de paradigmas, e aos poucos ela vai retomando à inspiração e ao mesmo tempo começa a despertar um anseio para tornar estes encontros virtuais em um encontro de verdade, mas Abby terá uma surpresa nada agradável.
-Boa noite, Tweetheart – Aby sussurrou, colocando seu MacBook para dormir com uma batida de dedo.
Suas mãos continuaram sobre o teclado. Apesar da voz calorosa de Steve Tyrrell cantando For All we Know nos alto-falantes de seu iPod, ela subitamente se sentiu só. Como Mark podia estar do outro lado do mundo se ela podia jurar que ele havia estado naquela sala segundos atrás? (Pág.56)
Agradavelmente surpresa. Abby no início me pareceu muito deprimente e insatisfeita demais sem procurar se esforçar. Mas ela se revela uma mulher doce, que tinha no pai seu maior herói e que juntos sofreram com a doença da mãe e agora enfrenta sozinha. A dor da perda é de cada um, e para Abby foi de um impacto atroz. Mas quando ela “conhece” Mark ela desperta novamente, nos mostrando seu lado mais doce e humano. Este livro já entrou para a minha galeria de fofos e recomendo. Uma leitura fluída que se revelou descomprometida, mas encantadora.

Medeiros, Tereza. Twuittando o amor. Ribeirão Preto, SP: Novo Conceito Editora, 2014.


Read more...

Enquanto isso no skoob

Posts Recentes

  © TESOURO LITERÁRIO - Todos os Direitos Reservados