Os adoráveis - Sarra Manning

quarta-feira, 23 de outubro de 2013

Manning, Sarra
         Os adoráveis /  Sarra Manning. Ribeirão Preto, SP: Novo Conceito Editora, 2013.

                                                                       “Eu nem sei por que o beijei. Talvez fosse para chacoalhá-lo de sua vidinha triste e segura. Para fazê-lo ver que tudo era possível. Certamente não foi porque eu queria beijá-lo.” (Pág.111).

Jeanne é uma garota de 17 anos muito a frente de seu tempo. Determinada e independente, ela possui um estilo próprio, apesar de não ser possuidora de beleza. Excêntrica, exótica, esquisita. Ela já ouviu estes e outros adjetivos, mas nunca se deixou abater pela febre dos modismos e pelos comentários maldosos. Viciada em redes sociais, ela é dona do blog Adorkable, criado para apresentar ao mundo suas tendências, e até premiado pelo The Guardian. Enquanto a maioria dos adolescentes gosta de roupas de grandes marcas de fabricação em massa, ela prefere comprar suas roupas nos brechós, ditando um estilo único e original, e fazendo combinações impossíveis, que só ela consegue. Afinal de contas vestir meias laranjas brilhantes não era para qualquer um. Somente uma pessoa com muito estilo, poderia mudar tantas vezes a cor dos cabelos, e ainda combiná-los com as roupas. Dona de uma super autoestima, ela é convidada para dar palestras e conferências sobre tendências e estilos. Temperamental e cheia de opinião, acaba assustando as pessoas por possuir uma sinceridade desconcertante que beira a crueldade. Ela faz um tremendo sucesso nas redes sociais e para seus milhões de seguidores, é cultuada como uma disseminadora de atitude.
Dona de tanta originalidade e um temperamento vulcânico, Jeanne no alto de seus 1m50cm de altura, no primeiro momento assusta por sua arrogância, mas quando as pessoas lhe dão a oportunidade de se aproximar, se surpreendem por sua inteligência e sagacidade. Mas justamente em função de sua inteligência é que ela acaba sendo antipática pois para ela, os adolescentes de sua geração não têm nada na cabeça, pois só se preocupam com roupas de marcas e seguir um estilo popular e não ter planos para o futuro.

Michael é o típico garoto bonito, mauricinho, correto e educado que faz tudo o que os pais determinam. Ele faz parte da galera que Jeanne nomeia de antidorki, pois se vestem seguindo as tendências em massa, com os mesmos tipos de roupas.
Jeanne e Michael eram o oposto de tudo aquilo que eles curtem. Os dois nunca se aproximaram na escola que estudam, não fazem parte do mesmo grupo e nunca nem se cumprimentaram. Mas um dia Michael a procura para questionar e a alertar sobre o que estava rolando entre seus pares, que estavam cada vez mais próximos um do outro. Eles nutrem uma antipatia mútua que chega a sair faíscas, e ficam se alfinetando o tempo todo. Mas um dia eles acabam descobrindo um no outro aquilo que mais sentiam falta em seus parceiros: eles juntos, beijam muito bem. Os encontros furtivos pega fogo e acabam se tornando uma doce brincadeira de esconde, pois ambos têm horror de serem vistos juntos.
                                               ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Comecei a leitura embalada pelo oba oba ao redor do enredo. A princípio eu estranhei o estilo de Jeanne, assim como suas atitudes, pois ela tem tanta atitude que excede, transborda e alguns casos machucam, porém ao mesmo tempo ela é doce, apesar de transparecer uma dureza, ela é frágil, e segue o melhor estilo de “para se defender, ataque”. De personalidade forte, ela segue sua própria filosofia de vida, sem se preocupar com se as pessoas ao seu redor irá aprovar ou não, pois ela não busca aprovação. Ela quer mais é conquistar o mundo no estilo mais dorki possível. Fui sendo encantada aos poucos, dei risadas com suas tiradas sarcásticas e sua falta de modéstia. A leitura foi leve e divertida e recomendo para todos, pois garanto que alguma coisa vai te fazer refletir em seu jeito de ver a vida. 

4 Comentários:

Gladys Sena 23 de outubro de 2013 08:51  

Realmente esse livro está dividindo as opiniões, já li resenhas super negativas a respeito da trama...bjo!

http://meuhobbyliterario.blogspot.com.br/

Fernanda Assis 23 de outubro de 2013 13:31  

Ei Marcia

Eu adorei este livro, tãooo tãooo engraçado.
Adorei a Jeane, mesmo com todas suas maluquices rsrs.
bjs

Carolina Mara Rodrigues 24 de outubro de 2013 15:33  

Parece um livro delicioso, já anoitei no meu caderninho.
http://lerescreverresenhar.blogspot.com.br/

marla 24 de outubro de 2013 19:04  

Tenho lido comentários, tanto positivos, quanto negativos sobre esse livro, que não despertou o meu interesse na época de seu lançamento, mas pode ser que eu o leia um dia.

*bye*

Postar um comentário

Enquanto isso no skoob

Posts Recentes

  © TESOURO LITERÁRIO - Todos os Direitos Reservados