Momento música #101

segunda-feira, 30 de setembro de 2013

Quando a banda é boa você escuta tudo!  Este fim de semana teve um show beneficente no Central Park e Nova Iorque transmitido ao vivo pelo Multishow e pudemos assistir uma banda queridíssimo que me deu uma vontade de trazer mais uma música deles para vocês. 

Supersoaker - Kings of Leon


Read more...

Liberta-me - Tahereh Mafi

sexta-feira, 27 de setembro de 2013


Mafi, Tahereh
      Liberta-me / Tahereh Mafi. – Ribeirão Preto, SP: Novo Conceito Editora, 2013

                                   “Há tanto a fazer, tanto para se preparar e há tantas pessoas se preparando. Porém, sei que, no final das contas, essa batalha é minha; tenho assuntos não resolvidos com os quais lidar.” (Pág.193)

Cuidado, pode haver spoilers de Estilhaça-me
Após a fuga, Juliette e Adam estão abrigados no Ponto Ômega. Um movimento clandestino que luta contra o domínio do Restabelecimento. Este movimento é liderado por Castle, um homem muito querido por todos e que tenta ensinar a cada um a lidar com suas habilidades excepcionais. No Ponto Ômega, cada um tem uma habilidade que é colocada em teste, com o objetivo de se descobrir sua profundidade e a melhor utilidade nesta batalha. Mesmo tendo sido aceita, Juliette não se sente a vontade. Ela teme a reação das pessoas diante de sua habilidade pouco convencional, afinal ela não pode tocar nas pessoas sem que as fira gravemente. E este medo a leva cada vez para mais perto de Adam e longe dos demais moradores do Ponto Ômega. Ainda que todos tenham a melhor das intenções, ela não se sente assim tão segura no meio de tanto armamento. Todas as pessoas do Ponto Ômega sempre estão bem armadas.

“Na minha experiência muito limitada, já encontrei pessoas em busca de poder que não mereciam confiança. Pessoas com objetivos admiráveis e discursos elaborados e sorrisos fáceis não fizeram nada para acalmar meu coração. Homens com armas nunca me deixaram tranquila, não importa quantas vezes tenham jurado que matavam por uma boa razão.” (Pág.127).

Eles garantem que é necessário estarem todos preparados para o grande momento que se aproxima, e que Juliette tem que treinar e controlar suas habilidades, cada vez mais, revelando ser de uma dimensão muito maior do que o imaginado. Porém ela tem muito medo de ferir e matar novamente. Seus medos e inseguranças são dominantes, por mais que ela tente lutar. Mas na hora de defender aqueles que ela ama, uma escuridão toma os sentidos de Juliette, e ela perde totalmente o controle. Por causa deste descontrole, Juliette toma uma decisão que irá magoar muitas pessoas.
                                   ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Eu gostei mais do primeiro livro da série. Continua sendo uma leitura rápida que flui sem complicações. Porém neste livro, achei um pouco “lenga-lenga” pois esperava muito mais. Esperava que Juliette estivesse mais forte psicologicamente. Mais confiante com o amor de Adam e a nova realidade, porém não foi bem assim. Mesmo assim gostei do livro, recomendo e estou ansiosa pelo próximo. 

Read more...

Como se livrar de um vampiro apaixonado - Beth Fantaskey

quarta-feira, 25 de setembro de 2013

Fantaskey, Beth
    Como se livrar de um vampiro apaixonado / Beth Fantaskey. Rio de Janeiro: Sextante, 2010.

                                               “Não falei nada. Será que Lucius Vladescu realmente achava que eu iria me apaixonar por ele, só por causa de seu rostinho bonito e seu corpo de arrasar? Acreditava que eu dava a mínima para o fato de ele ter o perfume mais sensual que já senti...?” (Pág.31)

Jéssica sempre soube que era adotada pelo excêntrico casal Packwood. Para ela a excentricidade do casal está anos luz de distância da bizarrice dos seus pais biológicos. Ela foi entregue ainda bebê aos pais adotivos que acompanhavam os estranhos rituais de uma exótica seita na região central da Romênia, quando foram atacados por aldeões. Jéssica odiava sua história e saber que seus pais biológicos eram pessoas ignorantes que viviam em uma seita de supersticiosos, muito a envergonhava. Ela era Jéssica Packwood, Antanasia Dragomir não existia, era um passado que ela fazia questão de esquecer... Mas ela estava enganada. Seu passado retorna para cobrar um compromisso assumido pelos pais biológicos assim que ela nasceu. Quando o estranho Lucius Vladescu aparece na pequena estrada quase deserta onde ela mora com os pais em uma fazenda de produtos orgânicos, Jéssica fica aterrorizada. E mais ainda quando ele misteriosamente passa a estudar na mesma escola que ela e vai morar na sua casa, como um mero aluno de intercâmbio. Mas assustada mesmo Jéssica fica quando ele joga uma bomba em cima dela: Jéssica é uma nobre vampira e ele é seu noivo! Os dois foram prometidos em matrimônio assim que nasceram e a paz entre os clãs vampíricos depende desta união. Logo Jéssica! A objetividade em pessoa, campeã de torneios de matemática. Realista até o último fio de cabelo. Acreditar em seres folclóricos como vampiros e casamentos de conveniência aos 17 anos de idade? E Lucius com o argumento de fazê-la compreender esta realidade, passa a segui-la com uma sombra, humilhando seus amigos com seu jeito educado e perfeitinho. Até que sua nova vida passa a mudar os conceitos de Lucius e também de Jéssica.
                                   ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Há um bom tempo que ouço muitos comentários do quanto esta série é fofa, etc e tal. Mas tinham falado que a editora tinha desistido de publicar a sequência e fiquei muito frustrada e deixei de lado. Mas quando a Arqueiro divulgou que iria publicar a sequência, corri e comprei. Que gracinha que é a história. Tem muitas tiradas super engraçadas do Lucius. Eu não o interpretei como esnobe, mas ele ter que lidar com condições de vida totalmente diferentes ao que ele foi criado, rendeu muitas risadas e de cara rolou um clima top piriguetagem literária. Portanto, leiam o livro, pois eu já estou lendo o segundo e te conto. 

Read more...

Momento música #100

segunda-feira, 23 de setembro de 2013

Bom dia!

Chegamos a 100 dicas de músicas do blog. E para comemorar, escolhi um artista que muito me surpreendeu no Rock in Rio, e que apesar de ter ouvido algumas músicas sem associar ao artista, me surpreendeu pela carisma, pela voz maravilhosa e pelas músicas.

Daughters - John Mayer


Read more...

Tesouro #81

sábado, 21 de setembro de 2013

Bom dia!! Lindo dia!!!
Espero que aí para vocês também esteja tão lindo quanto aqui. Dia perfeito para descansar e ler muito... O que vocês estão lendo? Ainda não recuperei o ritmo de agosto, quando li 9 livros. Viajei, voltei, acumulando o cansaço da viagem, com o trabalho. Esta semana foi a mais chata. Foi a semana do Com-dor. Dor de cabeça, dor de garganta, dor no corpo todo. Mas estou vencendo. A próxima semana vai ser melhor, com certeza. Não sei se entro em pânico ou se relaxo com a quantidade de livros que tenho para ler, ainda bem que é tudo meu, que comprei e paguei. De parcerias são poucos, que pretendo "matar" para não acumular mais. Desta forma, fico mais tranquila para administrar as leituras. Mas livro é tão bom!!! Se bem que tenho tentado desviar minha ansiedade consumista em outras direções... não pode ser em sapatos também não. Já tive até que esvaziar uma gaveta no guarda roupas para guardar sapatos... Se bem que a nova coleção primavera-verão está fantástica... Opa! perdendo o foco em 3,2,1.... Voltando ao assunto inicial, estou desviando a atenção agora para outro tema: maquiagem! Eu sempre gostei e tive muita mas sempre o básico: blush, sombra, etc. Mas desde a viagem da Bienal que a Nanda Assis do Viagem Literária me apresentou uma produtinhos fantásticos para deixar a maquiagem perfeita e que me deixou vidrada. É primer disto, pó daquilo. Estou ficando apaixonada! Até um curso básico fiz esta semana e irei fazer outro semana que vem, só para olhos. Modéstia a parte eu gosto dos meus olhos, minha mãe sempre falava que era charme de família os olhos puxadinhos. Olhos de gata! Acabei acreditando, fazer o que? 
Então! Mesmo com a promessa de não comprar nenhum livro o resto do ano, e que estou conseguindo cumprir até agora, mas ainda faltam mais de três meses para o ano acabar. Chegaram livros de parceria da Novo Conceito. Detalhe que os livros de agosto chegaram na semana que viajei e os de setembro chegaram esta semana. Com a nova política da Novo Conceito, obedecendo as mudanças da lei que regulam os sorteios, etc. Ela não vai mais enviar livros para sorteios, somente para ler e resenhar. Ainda tenho muitos para sortear, enquanto isto a gente se vira, não é?!

Se você fosse minha - Bella Andre

Uma prova de amor - Emily Giffin

Claro que te amo - Tammy Luciano

Dois Rios - T. Greenwood
Corações Feridos - Louisa Reid

O amor mora ao lado - Debbie Macomber
Os adoráveis - Sarra Manning


Não são lindos meus novos bebês???

Tem promoção bacana no blog! Não deixem de participar.

Beijos e uma linda semana a todos!



Read more...

Simplesmente Ana - Marina Carvalho

sexta-feira, 20 de setembro de 2013

Carvalho Oliveira Rocha, Marina
Simplesmente Ana / Marina Carvalho Oliveira Rocha. – Ribeirão Preto, SP: Novo Conceito Editora, 2013.

“Eu não fazia ideia. Poderia até ter previsto, mas jamais dimensionaria com exatidão o tamanho daquilo.” (Pág.125).

Ana é uma jovem de 20 anos super alto astral e descolada. Sempre acreditou que o pai tinha caído fora da relação quando soube que sua mãe estava grávida. Pelo menos esta é a história que sua mãe Olívia, contou e todos acreditaram. Até agora.
Quando Ana viu a seguinte mensagem na sua página pessoal no facebook, de um desconhecido:

“Desculpe, mas acho que sou seu pai.”

Ana tomou o maior susto da sua vida. E o susto só foi crescendo quando descobriu que seu pai, não só pertencia a realeza, mas como era o próprio rei da Krósvia, um pequeno país da Rússia.
Andrej Markov, seu pai, logo quis um encontro. Para ele foi uma feliz surpresa estar de passagem pelo Brasil, e assistir a um episódio de um programa de culinária diurno e ver na tela o seu amor do passado. Principalmente quando esta mulher revela que tinha uma filha de 20 anos. Ele não teve nenhuma dúvida, e convidou Ana para morar por um tempo com ele no seu país de origem. Apesar da dúvida e insegurança de deixar uma vida e família no Brasil, Ana não resistiu ao carisma do seu pai e aceitou o convite.
Durante a viagem, muitas perguntas. Conhecer um pai que ela nunca soube sequer do paradeiro, não é tarefa para uma noite. Ela se solidariza com o pai, ao descobrir que ele ficou viúvo sem nunca ter tido outro filho, mas que sua esposa, que havia sido casada anteriormente, tinha um filho que foi criado por seu pai, como sendo um filho legítimo.
Chegando à Krósvia, Ana fica encantada com a organização e belíssima paisagem do país de seu pai, e mais ainda ao ver que, inacreditavelmente, irá morar em um castelo de verdade.
Tudo era perfeito. Realmente de sonhos... Até que ela conheceu Alexander, o enteado de seu pai. O primeiro encontro não foi nada amigável. Pelo contrário: soltaram faíscas.
Alexander não foi nada receptivo e não fez questão nenhuma de disfarçar que achou que Ana era uma oportunista. Mas Ana também não deixou barato e rebateu todas as críticas. Quem aquele petulante achava que era? O rei da Krósvia?
                                   ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Antes de começar a ler o livro eu tinha visto um ou outro comentário sobre a semelhança com O diário de princesa, mas não desanimei. Primeiro porque eu adoro o filme citado e achei muito bacana uma história inspirado no mesmo. E não me decepcionei. Para começo de conversa a protagonista é uma conterrânea, e adoro histórias com minha cidade. Segundo que a história de Ana é muito fofa e engraçada. Ana é uma maluquete, mas não é afetada. Ela demonstra um deslumbramento dentro do natural e se diverte com as novidades, sem se abater com as críticas de ser uma filha “achada” por acaso. Ela não se deslumbra com sua possível posição de princesa e põe a mão na massa. A leitura se desenvolve rapidamente de uma forma muito agradável. Para um livro de estreia, começou muito bem e quero acompanhar de perto esta caminhada. Recomendo.

Read more...

Crepúsculo de Outono - Irmão Virgílio

quarta-feira, 18 de setembro de 2013

Irmão Virgílio (Espírito)
Crepúsculo de outono / romance do Espírito Irmão Virgílio; psicografado pelo médium Antônio Demarchi. – São Paulo: Petit, 2013.

“Não importa qual seja a religião, importa o bem que se faz em nome de Deus e termos nosso coração com o Cristo a todo instante.” (Pág.201).

Após sofrer uma tentativa de assalto na cidade, Doutor Augusto resolve se retirar para uma pequena cidade do interior exercendo sua função de médico e morando com sua esposa Helena e sua filha Lucimar em uma chácara. Médico dedicado é muito respeitado pela população. Em uma noite muito chuvosa, Augusto estava inquieto em sua casa quando, ao se aproximar da janela, acaba flagrando um vulto que se aproxima debaixo de um temporal. Traumatizado pela experiência anterior, Augusto não hesitou em buscar uma arma para defender a família e atirou para assustar o invasor, mas, para sua infelicidade o tiro acabou o acertando fatalmente. O suposto invasor era Aprígio, camponês humilde que morava nas cercanias e que já prestara pequenos serviços na chácara de Augusto. Aprígio fora atrás de ajuda para o filho pequeno que ardia em febre em casa. Aprígio percebe chegar sua hora derradeira e pede ao médico que ajude a ampare sua família. Augusto faz a promessa ao moribundo e em seguida, em um ato impensado, descarta do corpo, e segue até a residência de Aprígio, onde encontra Carlinhos, filho de Aprígio muito doente. Augusto então cuida da criança, não só na sua momentânea doença, mas traz para si a responsabilidade da criação e amparo daquela humilde família. Muitos anos se passam, e Augusto convive em silêncio com aquela tragédia. Carlinhos já é um jovem, prestes a ingressar na universidade com o apoio de Augusto, na carreira médica. Augusto se separa, pois Helena sua esposa, busca para si um caminho diferente. Augusto sofre muito e acaba canalizando sua atenção ao centro espírita que ele foi levado por um amigo. Lá ele passa a prestar atendimento gratuito às famílias carentes, principalmente no acompanhamento familiar das jovens que engravidam precocemente, vítimas de abusos ou mesmo da imaturidade. Inconscientemente ele passa a resgatar seus compromissos, realizando o bem, e enfrentando seus inimigos invisíveis, sempre no caminho fraterno.
                                               ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
Mais uma lição fraterna de resgate e perdão. Neste livro temos uma lição imensurável de respeito à vida, ao ser humano e as crianças indefesas. Os resultados de nossas atitudes e decisões impensadas, principalmente quando estas afetam diretamente à vida humana. A importância de nos perdoarmos para tomarmos as decisões corretas, agindo no caminho do bem. 

Read more...

Momento música #99

segunda-feira, 16 de setembro de 2013

Olá, bom dia!!!

Tomara que a semana de vocês esteja se iniciando de maneira espetacular e que assim seja a semana toda. Aqui pensando qual seria a dica de música da semana, eu resolvi me inspirar no maior festival de rock do Brasil: o Rock in Rio. E até o momento, para mim, a melhor banda a tocar é a Muse, pena que não foi possível assistir, pois não tenho a essência notívaga, mas acompanhei os melhores momentos e foi mesmo espetacular. Para vocês deixo então a dica:

Starlight - Muse




Read more...

Promoção: Só tenho olhos para você

domingo, 15 de setembro de 2013

Nova promoção!!!

Basta seguir as regras de sempre:
  • Seguir o blog publicamente no GFC
  • Ser maior de 18 anos
  • Ter endereço de entrega no Brasil
  • Chances extras no Raflecopter
  • Comentar no post validando a participação
  • Resenha Aqui


a Rafflecopter giveaway

Read more...

Promoção Jardim de Inverno


Nova promoção!!!

Basta seguir as regras de sempre:
  • Seguir o blog publicamente no GFC
  • Ter endereço de entrega no Brasil
  • Chances extras no Raflecopter
  • Comentar no post validando a participação
  • Resenha Aqui

a Rafflecopter giveaway

Read more...

Resultados das promoções: Beijada por um anjo e Meu amor, meu bem, meu querido

Bom dia!!! 
Hoje está um lindo dia para ganhar sorteios.... e os sortudos de hoje são:



PARABÉNS VANESSA!!!!





PARABÉNS ISLA!!!!

Mandei e-mail para as ganhadoras que têm 03 dias para entrar em contato. 

Read more...

Tesouro #80

sábado, 14 de setembro de 2013

Olá queridos!!!!

Muita coisa para contar da minha viagem à Bienal do Rio de Janeiro. Como eu havia dito, fui no dia 04 e fiquei até dia 08/09. Para começar no dia da viagem eu tive que trabalhar na parte da manhã porque o mês começou bombando de compromisso. Cheguei no trabalho pensando em responder alguns e-mails e disparar alguns serviços para viagem tranquila, e o meu chefe me arrasta para uma reunião para praticamente fora da cidade, se bem que Nova Lima é logo ali, mas... reunião é sempre imprevisível, mas neste cliente é mais ainda. Quase chorei, mas eu falei com ele: "Está lembrado da minha viagem, não é?". E quase gelei quando ele me me perguntou: "Que viagem?" Esclarecido os maus-entendidos, fui para a reunião. Detalhe que em Belo Horizonte havia amanhecido 20° de calor, e a temperatura desabou, no meio da manhã, passei um frio, com sandália aberta, e nervos a flor da pele pela viagem. Saí da reunião às 11hs20m, cheguei no escritório para mandar os tais e-mails, repassar os serviços tudo antes do meio-dia para ir almoçar correndo, voltar e sair para o conexão porque a Renata estava me esperando para sairmos às 13hs, detalhe: estava chovendo em BH e muito, mas muito frio.Mas finalmente deu tudo certo, saí do escritório às 12hs40 pegamos o conexão e chegamos no aeroporto fielmente às 13hs50. Fiquei sabendo que no Rio também chovia, só restava rezar: viajar com frio e chuva não é nada agradável. Chegamos e enfrentamos duas horas e meia de táxi. Isto mesmo!!!! 2hs e 30 minutos dentro do táxi, aflição no máximo grau. Enquanto isto sofríamos bullyng dos colegas que já estavam na bienal e ia tuítando tudo de bacana que estava acontecendo, das promoções maravilhosas, ai que sufoco. Mal chegamos na pousada e partimos para a bienal. No primeiro dia achei meio estranho, as ruas... os passeios ou a ausência deles, mas driblei o medo e fui. Foi tudo um deslumbramento. Saímos de lá debaixo de chuva, oh derrota. Andar nas ruas estranhas que viraram um piscinão de água suja, fiquei foi com medo. Mas voltamos para a pousada e nos encontramos com as meninas: Nanda Assis, Hérida, Laila e Viviane. Adoramos nos encontrar assim, unidas por uma paixão. Na quinta-feira as meninas que já estavam lá desde a semana anterior, estavam desanimadas, mas eu e a Renata partimos cedo e logo na entrada nos encontramos com a queridíssima Luciana Corrêa. A Renata foi a mais empolgada desde o primeiro dia e já comprou dezenas de livros, eu fiquei só em 1. Nos demais dias acabamos indo juntas eu, Renata, Nanda e Hérida. O que a gente ria, não estava escrito. Sabe aquela coisa bacana, em que nosso único compromisso era se divertir sem estressar de estar perdendo isto ou aquilo, mas curtindo pelo prazer de curtir? Foi assim. Saímos no sábado à noite e quase fiquei bêbada com duas caipiroskas e de bebericar no copo das meninas: caipirinha de tangerina, Piña colada e margherita (acho que é assim que se escreve). Adorei todos os momentos, e se antes eu estava receosa pela viagem para uma cidade que muito se fala da violência, eu aproveitei todos os momentos possíveis, exceto ir na praia, pois não passamos nem perto. :-( Mas comprei livros... e comprei... Nesta pilha aí embaixo o mais barato foi R$ 5,00 e o mais caro R$ 30,00. Adoro!!!
Já estamos planejando São Paulo 2014!!! Vamos gente! Quem nunca foi, não sabe o que está perdendo.
Laura Conrado

Tammy Luciano 

Graciela Mayrink
Painel que amei mas esqueci qual a editora. 

Novo Conceito

Bruna Camporezi


E meus novos bebês... 
  • Easy
  • O projeto Rosie
  • Muito mais que uma princesa
  • Stars
  • O véu da meia-noite
  • Ahmanat: A mãe de todos os pecados
  • Lírio vermelho
  • O livro de Leah
  • Até eu te encontrar
  • Mathilda Savitch
  • Vaclav e Lena
  • Canção do mar
  • O segredo de Cybele
  • Minha vida fora de série 1
  • Minha vida fora de série 2
  • Profecia
  • A filha da feiticeira
  • Cidade das almas perdidas
  • Príncipe mecânico
  • cinzas da meia-noite
  • Jogando xadrez com os anjos
  • Amante finalmente
Um beijo a todos, e uma belo fim de semana!

Read more...

O Lado Bom da Vida - Matthew Quick

sexta-feira, 13 de setembro de 2013


 Pat Peoples, um ex-professor de história na casa dos 30 anos, acaba de sair de uma instituição psiquiátrica. Convencido de que passou apenas alguns meses naquele “lugar ruim”, Pat não se lembra do que o fez ir para lá. O que sabe é que Nikki, sua esposa, quis que ficassem um "tempo separados". Tentando recompor o quebra-cabeças de sua memória, agora repleta de lapsos, ele ainda precisa enfrentar uma realidade que não parece muito promissora. Com seu pai se recusando a falar com ele, sua esposa negando-se a aceitar revê-lo e seus amigos evitando comentar o que aconteceu antes de sua internação, Pat, agora um viciado em exercícios físicos, está determinado a reorganizar as coisas e reconquistar sua mulher, porque acredita em finais felizes e no lado bom da vida. À medida que seu passado aos poucos ressurge em sua memória, Pat começa a entender que "é melhor ser gentil que ter razão" e faz dessa convicção sua meta. Tendo a seu lado o excêntrico (mas competente) psiquiatra Dr. Patel e Tiffany, a irmã viúva de seu melhor amigo, Pat descobrirá que nem todos os finais são felizes, mas que sempre vale a pena tentar mais uma vez. Um livro comovente sobre um homem que acredita na felicidade, no amor e na esperança.

Pat é um homem que acaba de sair de uma clinica psiquiátrica, com um pai que o ignora e com sua esposa que não quer mais saber dele, ele tenta melhorar sua saúde mental e melhorar também como pessoa. Com apoio de sua mãe, seu irmão e seu melhor amigo, Pat continua seu tratamento em casa. Tiffany,  da esposa do melhor amigo de Pat, perdeu seu marido e também sofre problemas psicológicos, torna-se amiga de Pat (de uma forma estranha, porem, amiga).

Vivendo de malhar, correr, ir a jogos de futebol americano, jantares na casa do amigo, Pat só pensa em Nikki, sua esposa que pediu “um tempo separado” assim que ele entrou na clinica. Mas os últimos anos da vida de Pat foram apagados da memoria, como se não tivessem existido, ele nem ao menos sabe quanto tempo passou naquela clinica. Sua única meta é se tornar uma pessoa melhor para que Nikki termine com o “tempo separado”. Mas sua esposa nem sequer dá sinal de vida, será que ele conseguirá retomar seu casamento?
***
O Lado Bom da Vida foi um dos livros queridinhos desse ano, aproveitei uma dessas promoções maravilhosas da Submarino e comprei. Mas sinceramente, não vi nada demais no livro para ele se tornar tão amado da forma que se tornou. Um pontos que mais me incomodou foi: EAGLES! E-A-G-L-E-S!;  sério, quase em todas as paginas tinha algo sobre futebol americano, chegou a me irritar (sabe quando você revira os olhos quando algo te irrita? Pois é!), o autor tentava encaixar o time em todas situações: conversas com  família, conversas com os amigos, conversas com o terapeuta, enfim. Tudo bem, é uma característica dos personagens, mas achei muito desnecessário isso ser citado a todo momento.


Outra coisa que me incomodou bastante foi a divisão de capítulos, achei os capítulos curtos demais, e assim, a historia ficou como fatos, não sei explicar bem, mas achei que o enredo ficou forçado dessa forma, mas tirando isso, o trabalho da editora ficou muito bom, e não lembro de erros na tradução. Enfim, o livro não me conquistou, apesar de ter uma ideia legal, não gostei da forma que foi apresentada; realmente não entendi o porque de todo amor que tiveram por ele. Ele me lembrou um pouco “As Vantagens de Ser Invisível”, mas de uma forma adulta, o que ficou meio débil. Em questão de recomendações, recomendo, até porque a leitura não foi péssima, eu só não consegui me apaixonar pelo livro; recomendo, mas acho que é melhor lê-lo sem muitas expectativas! 



Read more...

Só tenho olhos para você - Bella Andre

quarta-feira, 11 de setembro de 2013

Andre, Bella.
Só tenho olhos para você / Bella Andre. – Ribeirão Preto, SP: Novo Conceito Editora, 2013.

Sophie é a caçula da família Sullivan junto com a sua irmã gêmea Lori. Apesar dos laços sanguíneos, a personalidade destas duas irmãs é totalmente diferente. Enquanto Lori é exuberante e expansiva, Sophie é meiga e doce, rendendo as duas os apelidas de Mazinha e Boazinha. Sophie nunca se importou quando os seus irmãos se referiam a ela como Boazinha, mesmo não concordando com o apelido. Ela não se considera este exemplo de comportamento e retidão que todos pensam, e muito menos é uma criança inocente e indefesa. Mas o que realmente a incomoda é ser chamada de Boazinha por Jake. O mesmo Jake que cresceu com seus irmãos e que ela é apaixonada desde os cinco anos de idade. O único homem que parece não enxergá-la como mulher, mas apenas como a frágil Boazinha. Mas Sophie está disposta a pagar qualquer preço para fazê-lo mudar de opinião.
Jake não teve um passado para ser relembrado com saudades. Sua mãe o abandonou à própria sorte junto ao pai, quando ainda era pequeno. Seu pai vivia trabalhando nos pubs e o levava junto. Ele só conheceu a violência e o desamor, até que aos cinco anos conheceu Zack Sullivan que o fez amigo e o apresentou a toda a família que o adotou de uma forma carinhosa. Muitos traumas no passado, mas seu futuro agora é só possuir todas as mulheres, mas sem se amarrar a nenhuma delas. Agora Jake está diante de um impasse. A irmã de seus melhores amigos, o está levando a loucura, mas ele sabe que se fizer algo, será um homem morto, pois os irmãos de Sophie não o perdoarão jamais.
                                               ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Eu venho seguindo esta série desde que foi lançada, e a considero como uma leitura agradável. Tem um ritmo mais romântico e sensual que conta a história de cada um dos irmãos Sullivan. Neste livro, temos também umas cenas cômicas que dosam muito bem com as cenas sensuais e também é bacana porque cita os casais anteriores, nos deixando visualizar os rumos de cada um deles. Eu gosto da série e recomendo, sendo clichê ou não.

Read more...

Momento música #98

segunda-feira, 9 de setembro de 2013

Bom dia!

De vez em quando sou surpreendida com belas  músicas e artistas que nunca ouvi falar. Sou chata com música e não sou fã de ouvir nenhuma estação de rádio. Não tenho paciência com os comerciais, e nos raros momentos que ouço, estou dirigindo e quando começa aqueles intervalos imensos, tenho que me distrair mudando a estação para procurar mais músicas. Então! Quando a Duda me perguntou se eu conhecia este artista, fiquei curiosa e fui pesquisar, e adorei. Uma música doce, harmoniosa e sensível. aposto que muita gente não conhece. Vos apresento: 

Veranizar - Léo Fressato




Read more...

Heaven - Alexandra Adornetto

sexta-feira, 6 de setembro de 2013

Adornetto, Alexandra
Heaven / Alexandra Adornetto. Rio de Janeiro: Agir, 2013.

“-Você não tem mais nenhuma fé? – perguntou o meu irmão, surpreso.
- Como posso ter fé, se Deus parece ter nos abandonado?
-É nesse momento que você mais precisa ter fé – disse Gabriel. –Não quando tudo está indo bem, não quando tem muito a agradecer, mas, sim, quando a escuridão cerca. Ele está sempre presente, ele está sempre observando, e, de um jeito ou de outro, ele colocará você no caminho certo.” (Pág.176)

Cuidado! Spoilers dos livros anteriores.
Bethany é um anjo que vive na terra com seus irmãos Gabriel e Ivy, com a missão de ajudar a mostrar o caminho do bem à humanidade, e protegê-los dos demônios que querem a todo o momento perturbar a paz. Bethany acabou se apaixonando pelo humano Xavier, um rapaz bom moço, de ótima família e índole exemplar. Mas como manter um relacionamento tão fora dos padrões? Os anjos não foram criados para terem sentimentos, e sim para servir. Servir a Deus e à humanidade. Para manter este amor, muitos obstáculos se interporão no caminho destes dois jovens. Dentre elas, Bethany ser sequestrada por um dos seguidores de Lúcifer e ser levada literalmente ao inferno, mesmo assim Xavier não se amedrontou e salvou seu grande amor.  Agora, de volta a Venus Cove eles pretendem viver uma vida o mais humanamente possível e para isto resolvem se casar. Não importa se ela é um anjo e ele um humano, ambos com apenas 18 anos. Eles se amam e não podem mais viver um sem o outro. Mas esta decisão não foi bem aceita pelos Sete. Uma facção de anjos extremistas que se auto-entitulam de “ordeiros” e que caçam os anjos que saem da linha. Começa então uma fuga desesperada de Beth e Xavier. Mas esconder de outros anjos não é uma tarefa fácil, principalmente para Beth que ama a natureza e a liberdade, por mais romântico que seja viver em uma cabana isolada com seu amado, esta prisão está a deixando inquieta e perigosamente suscetível ao grupo que chegou à terra para separá-los.
                                   ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
Esta série da Alexandra foi uma queridinha, até que ao chegar neste livro... Minha decepção. Eu esperava mais. Mais emoção, mais arrebatamento. Mas, não aconteceram. O livro teve seus momentos, mas em alguns foi frustrante, pois os acontecimentos eram uma sucessão de decisões imaturas que irritavam. O final da saga não correspondeu às minhas expectativas, eu gostei, mas não adorei.

Read more...

Jardim de inverno - Kristin Hannah

quarta-feira, 4 de setembro de 2013

Hannah, Kristin
            Jardim de inverno/ Kristin Hannah. Ribeirão Preto; SP: Novo Conceito Editora, 2013. Título original: Winter Garden.

“Mamãe havia mudado naquele dia, e Meredith também. Fiel à sua palavra, a irmã nunca mais ouvira os contos de fadas da mãe, mas essa fora uma promessa fácil de cumprir, já que Mamãe jamais voltara a contar uma história. (Pág.55)

Nina e Meredith Whitson são duas mulheres já adultas e com a vida encaminhada. Meredith se casou com seu melhor amigo da infância e teve duas filhas que agora estão na faculdade. Nina se tornou uma repórter fotográfica de sucesso. Sua especialidade é registrar os resultados da guerra e da miséria por toda a África e portanto ela viaja o mundo inteiro, só voltando para casa em períodos curtos de tempo. São mulheres fortes e determinadas, e o caráter destas duas mulheres foi moldado por um fato que as marcou desde a infância e por toda a vida: a falta de amor por parte da mãe Anya. Para elas o pai Evan é o sol, a lua e o universo. Foi ele que as amou desde sempre, e que tentou de tudo para que a relação com a mãe fluísse o melhor possível. Mas para elas era incompreensível que a mãe dedicasse tanto amor ao pai e nada ás filhas. Quando o pai fica doente, elas se reúnem novamente para esta dolorosa e necessária despedida. O pai então faz um pedido em seu leito de morte: que elas peçam à mãe que ela volte a contar o conto de fadas de Vera a camponesa e o príncipe. Que elas escutem a história até o fim e que procurem conhecer a mãe. Uma promessa difícil de ser cumprida em se tratando da personalidade da mãe, mas Nina que é a mais passional das duas irmãs, acaba cedendo aos apelos do pai.
Agora o pai se foi e ficaram somente as três. Mas Meredith não quer saber de nenhuma história do conto de fadas contado pela mãe. Ela jurou nunca mais ouvir os contos de fadas da mãe e não lhe interessa mais. Uma antiga mágoa está guardada em seu coração e para ela a única promessa a ser cumprida foi a de cuidar da mãe, ainda que a convivência seja complicada. Nina acaba entregando os pontos e desistindo de fazer cumprir a promessa e cai no mundo novamente, prometendo retornar em maio para a data comemorativa de aniversário do pai e para a cerimônia das cinzas e deixando para a Meredetih a tarefa de zelar pelo bem estar da mãe. O que acaba provando não ser uma tarefa fácil. Ela passa a assistir os transtornos da mãe se agravando cada dia mais, enquanto isto seu casamento desmoronando. Até que Nina volta para casa e retoma o projeto de fazer cumprir promessa feita ao pai no leito de morte. A mãe acaba cedendo e aos poucos a história vai sendo contada, até que Nina percebe que este conto de fadas afeta a vida de todas, muito além do que imaginam.
                                               ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Falar de um livro da Kristin Hannah é ser repetitiva e redundante. Esta mulher escreve demais!!!!!!!!! O livro é emocionante e arrebatador. Adoro livros que há história dentro da história e as lembranças que são como um quebra-cabeças e aos poucos vão delineando um passado de amor e sofrimento. Eu tinha grandes expectativas ao pegar o livro para ler, pois depois que li os dois anteriores não esperava nada mais do que uma grande história e não me decepcionei. A história me prendeu de uma forma indescritível e mais uma vez eu estou apaixonada pela escrita da Kristin. Vale a pena e recomendo muito.

Read more...

Momento música #97

segunda-feira, 2 de setembro de 2013

Olá! Bom dia!

Semana de pura ansiedade. Quarta-feira eu embarco para a bienal Rio e passei o fim de semana todo acompanhando os posts e comentários da galera que passou por lá. Logo uma música para embalar a vontade de viajar logo foi:

Na estrada - Marisa Monte


Read more...

Novo sorteio O livro do amanhã

domingo, 1 de setembro de 2013




Bom dia pessoas queridas!
Quem lê as regras das promoções não tem problemas. Assinar o feed de notícias é uma forma de quem participa das promoções, tomar conhecimento dos resultados. Se não quer acompanhar realmente o que acontece por aqui, não tem problemas. Livre arbítrio! Mas quem acompanha e participa das promoções sabe que, divulgamos os resultados, enviamos e-mail aos ganhadores e esperamos... esperamos... e esperamos mais um pouco. Pois é! Até este exato instante, a sorteada da semana passada não se manifestou e por isso, mais uma chance aos demais participantes.

E a sorteada é...


Parabéns Maíra!!!!

Estou enviando o e-mail e aguardo seu contato. 

Read more...

Enquanto isso no skoob

Posts Recentes

  © TESOURO LITERÁRIO - Todos os Direitos Reservados