Tesouro #28

sábado, 31 de março de 2012

Bom dia!!!
Vocês estão lendo agora o que eu escrevi ontem a noite! Legal?? Não!! Significa que estarei fazendo algo não tão agradável, como por exemplo... trabalhando em pleno sábado, coisa que irá se repetir até o último sábado de abril. Fato, contador sofre!
Provável o volume de leituras irá diminuir bem, as postagens também, mas não irei sumir! Se Deus quiser, o mês passa rápido e será bem produtivo. Por isso posso me compensar comprando muuuuiiiiitossss livros. 
Esta semana terminei o livro "Aprendendo a Seduzir" e "Beijada por um anjo 5 - Revelações". Todos os dois muito bons, o primeiro a resenha já está postada, o segundo só semana que vem. 
Esta semana não chegou nada! E nem tenho previsão, vamos aguardar.
Como disse semana passada, nós tivemos um sustinho, mas graças a Deus, a interseção divina foi rápida e deu tudo certo, como se diz por aí: Tudo termina bem quando acaba bem. E para comemorar, olha quem veio dar "oi" para vocês:

Igor e Enzo

Os bebês agradecem o carinho e apoio. E nós também! Pois são quatro meses de muita alegria. 

Continuem participando das promoções:

Read more...

Presentes da vida - Emily Giffin

quinta-feira, 29 de março de 2012


Giffin, Emily – Presentes da vida / Emily Giffin – Ribeirão Preto, SP: Novo Conceito Editora, 2011

“Por mais que eu quisesse jogar toda a culpa neles, eu sabia que também era culpada. Todos nós éramos culpados. Todos nós tínhamos mentido e traído.”

Darcy é uma patricinha que gosta das coisas boas da vida, que tem uma carreira bem sucedida, uma melhor amiga, Rachel e um noivo, Dex com quem se casará em breve. Mas como toda a patricinha volúvel, que não está satisfeita com o que tem, Darcy trai o noivo em um relacionamento de sete anos, com o melhor amigo e padrinho dele. Por coincidência, Dex resolve pôr fim ao casamento quase na véspera do acontecimento, término este que Darcy encara com tranqüilidade, já que ela acaba por descobrir que está grávida de Marcus, mas até ela descobrir que o seu noivo na verdade está em um novo relacionamento com sua melhor amiga, fato este que ela decididamente não engole. Indignada com a suposta traição, e com um despeito desmedido, se faz de vítima mesmo já pretendendo se casar com Marcus, e ela faz mil planos mirabolantes, sem querer enxergar a realidade. Arrogante ela tenta moldar as pessoas de acordo com suas necessidades, mas Marcus logo percebe seus jogos e perde o interesse lhe dando um fora. Abandonada novamente, Darcy chega ao fundo do poço, pois percebe que sua única amiga era mesmo Rachel, que todos os outros eram somente interessados em sua beleza e em como utilizá-la como passaporte. Darcy resolve então recomeçar sua vida em Londres e vai morar com seu amigo de infância, Ethan. Apesar de não estar satisfeito e acreditando que seria somente por algumas semanas, Ethan a acolhe de bom grado, mesmo quando Darcy continua a demonstrar sua arrogância e futilidade. Mas Darcy tem muita coisa para aprender, e após uma dose de realidade a qual foi submetida por Ethan ela resolve realmente mudar suas atitudes com o intuito de conquistar a admiração de Ethan e também novos amigos. Ela perceberá que mudar em palavras é fácil, mas para conquistar a verdadeira transformação a qual está em busca, será uma longa caminhada.
Considerações: No início do livro a Darcy é um porre de chata. Mas os tombos que ela leva acabam a transformando de tal forma, que me emocionaram. Vale a pena ler o livro sim. Eu não tinha lido outros livros da Emily, mas sei que o livro “O noivo da minha melhor amiga” é da mesma autora e conta o relacionamento de Dex e Rachel e fiquei curiosa, por que a estória de Darcy é muito bonita. Recomendadíssimo. 

Read more...

Liberte meu coração - Meg Cabot

terça-feira, 27 de março de 2012



Cabot, Meg – Liberte meu coração / Meg Cabot – Rio de Janeiro: Galera Record, 2011

“O prisioneiro beijava de forma excelente, a boca movia-se sobre a dela de um jeito levemente inquisitivo – em hipótese alguma experimental, mas como se estivesse fazendo uma pergunta para qual somente ela, Finnula, tinha a resposta.” (Pág..100)

Finnula Crais é uma garota totalmente atípica para sua época, caçula de quatro irmãs e um irmão, de espírito livre e selvagem, nunca se deixou dominar por ninguém. Rebelde, deixou de aprender as atividades destinadas a uma mulher de seu tempo para vestir calças, uma heresia para aquela época, e caçar feito um garoto. Considerada a melhor pontaria de sua aldeia, caçava para alimentar os vassalos famintos do conde, abandonados aos desmandos do intendente explorador e cruel. Mesmo contrariada, e para ajudar a sua irmã favorita, Mellana, a conseguir um dote para se casar, Finnula concorda em raptar um cavaleiro, costume típico da região, para pedir um resgate e acaba raptando o conde Hugo Fitztephen, herdeiro do condado que está entregue à própria sorte, e que está retornando das cruzadas após dez anos ausentes, mas que ela nem imagina de quem se trata. Por outro lado, o conde, que é um mulherengo incorrigível, cai fascinado por aquela criatura tão pequena, mas ao mesmo tempo tão determinada e destemida, de cintura finíssima em justas calças de couro e longos e selvagens cabelos vermelhos e também de temperamento apimentado. Logo a atração entre eles é inegável, mas ele sabe que não será fácil domar esta bela e selvagem criatura.
Considerações: A Finnula é uma mulher destemida e brigona. Sabe o que quer, não se deixa dominar e seu comportamento, considerado por muitos, rebelde, acaba atraindo para si a gratidão daqueles que reconhecem sua generosidade. Logo que conhece Hugo ela percebe que suas reações são diferentes quando estão próximos e ela reconhece ter que lutar contra esta forte atração. São muitas as cenas cômicas desta união quente. No mais o enredo é mais do mesmo, romance histórico com mocinha temperamental, família traidora e muita confusão. O livro é divertido, pouquíssimos erros de português, uma bela capa, uma letra boa para leitura em papel amarelado. Nota 4.

Read more...

Momento Música #27

domingo, 25 de março de 2012

Olá, boa tarde!


Hoje escolhi para o momento música algo bem nacional. Uma das mais belas vozes de que já tive o prazer de ouvir, uma cantora que para mim é top dez. Marisa Monte, é uma carioca que queria ser cantora de ópera mas descobriu que o seu dom era a música sem rótulos. A cada álbum uma nova surpresa. E assistir um show desta artista multimídia é uma honra mais do que prazerosa. Vale a pena!


Read more...

Tesouro #27

sábado, 24 de março de 2012

Boa noite para vocês. Postagem de hoje saindo tarde, mas não há de falhar. Hoje fiquei de babá e ainda tomamos um susto porque um dos gêmeos precisou ser internado às pressas e passar por um procedimento cirúrgico e o susto foi imenso. Para completar nos próximos dias vou ficar mais enrolada ainda, mas  será só até 30/04 então acredito que as postagens vão dar uma rareada no meio da semana, mas será temporário. Peço que me perdoem, pois são ossos do ofício.
Esta semana eu li “Presentes da vida” da Emily Giffin, e gostei muito,  e estou lendo “Liberte meu coração”. Como vocês sabem semana passada teve um dia de ofertas incríveis no nossa loja virtual favorita e praticamente todos nós tiramos a barriga da miséria com muitas compras sensacionais. Então a semana foi farta de muita coisa bacana chegando.
De parceria com a Editora Novo Conceito:
  • Garota Replay da autora nacional Tammy Luciano (Skoob)
  • O espião – Clive Cussler (Skoob)
  • Cruzando o caminho do sol – Corban Addison (Skoob)    

De troca de Dotz
  • O fogo – Katherine Neville (Skoob)



E compras, muitas compras:
O festim dos corvos, quarto livro da série As crônicas de gelo e fogo de George R.R (Skoob)
Dezesseis luas de Kami Garcia, Margareth Stohl (Skoob)
Sereia – Tricia Raybun (Skoob)
O segredo de Emma Corrigan de Sophie Kinsela (Skoob)
E da série “As aventuras de Sharpe do autor super conceituado Bernard Cornwell os cinco primeiros exemplares que são:


Peço desculpas, mas sei que esta postagem foi um tanto corrida, mas o clima está meio pesado aqui hoje, depois conto tudo para vocês. Um beijo a todos, uma boa semana, leiam bastante e participe das promoções:

Read more...

Novidades Modo Editora

sexta-feira, 23 de março de 2012






"É uma daquelas estórias inesquecíveis... Que permanecem na memória por muito, muito tempo. Os grandes temas da literatura e da vida estão compondo este magnífico romance, baseado em fatos verídicos: amor, ódio, sexo, traição, violência doméstica, culpa e redenção" “O amor, essa febre que nos invade a alma e queima o corpo e nos lança no mar; no mar, ora de rosas, ora de espinhos e lágrimas, saudades, desatino. Amor louco, alucinado, inefável: sentimento que nos acomete nos arremete ao infinito, ao mais longínquo dos mares d’alma.. O amor que não é, senão de perdição, de afagos e desvarios. Ame e o amor te levará por caminhos, veredas, canções e emoções errantes, inimagináveis, incompreensíveis aos olhos dos loucos que não conhecem a lucidez da loucura de amar...” Marcas Indeléveis é uma história baseada em fatos reais, nos mostra como o ser humano é complexo em suas atitudes e sentimentos. Esther vive uma trajetória de perdas e frustrações e parece não aprender com os próprios erros... Traumas adquiridos na infância acompanham sua vida adulta tornando-a um inferno do qual ela não conseque sair... Mas haverá uma chance? Ela finalmente será capaz de se libertar? Após várias tentativas frustradas, ela desiste do amor até encontrá-lo de maneira inesperada e nunca antes sentida.

Entrevista com o autor
Autor:Ahtange Ferreira
Obra: MARCAS INDELÉVEIS

1 - Porque o(a) Sr.(a) escreveu esta obra?
Sou professora de Educação Infantil e ao longo dos anos fui percebendo os inúmeros problemas que as crianças apresentavam no espaço de sala de aula, vindo a descobrir, em praticamente todos os casos, que esses problemas eram de cunho emocional e familiar.
2 – Em que/quem foi inspirada esta obra?
Acompanhei e vivenciei muitos casos, participei de alguns na qualidade de ouvinte, em outros precisei intervir. São histórias de muitas mulheres, mães e adolescentes, e famílias desestruturadas.
3- Esta obra já foi revisada por um profissional? Em caso afirmativo, cite os dados do revisor (Nome, Profissão).
Não, pois ainda não tive recursos para tal, tudo foi feito por mim.
  4- Qual a área em que esta obra se encaixa? (p. ex.: psicologia, drama, ficção, matemática, física, auto-ajuda, poesia, ficção científica, fantasia medieval, fantasia urbana, realidade contemporânea, contos, crônicas, humor, eróticos, espionagem, suspense, policial, terror etc.)
Bom, acho que drama com uma boa dose de psicologia, pois retrata traumas de infância que contribuem bastante para os infortúnios da vida adulta.
5 - Qual o público que, em sua opinião, irá se interessar por esta obra? (p. ex.: faixa de idade, profissão, classe social, religião, etnia, gosto literário etc.)
Pais e professores. 
6- Quais são as mensagens que esta obra transmite ao leitor?
Principalmente alerta para os problemas causados ao indivíduo quando este não tem uma boa estrutura familiar. E como a violência física e psicológica afeta a auto-estima de uma mulher. Como as cicatrizes da alma podem ser destrutivas, inesquecíveis incuráveis...
7- Caso esta obra possua personagens, por favor, responda as seguintes perguntas:
·         Em que esta obra é baseada - em fatos reais, ficção ou ambos?
Em ambos
·         Em que local e época a trama se passa?
Por volta de 1988 (início) Começa em São José de Ribamar, uma parte em Fortaleza e termina em São Luis MA

Quantos personagens existem nesta obra?
Tem muitos personagens. Como a história tem três momentos, ou seja, se passa em lugares distintos posso dizer que existem três núcleos de personagens. Os mais importantes são os de Fortaleza e de São Luis.
·         Descreva de forma sucinta a personalidade de cada personagem com nomes.
Esther: Inteligente, porém desestruturada emocionalmente por sempre sofrer com a falta do pai. Uma mulher em busca do amor sonhado, guerreira uma sobrevivente. Com oscilação de humor vai de um extremo ao outro com muita facilidade.
D. Helena, guerreira, carrancuda, radical, mas no fundo só queria criar os filhos com dignidade. Uma mulher sofrida e esquecida do amor.
Seu Antônio: Desinteressado, irresponsável, mulherengo e com pouca vocação para pai e marido. (pai de Esther) 
D. Silvia doce, calma e amorosa. (Patroa com quem Esther foi morar em Fortaleza)
Mônica: Intrigante, maldosa, vingativa. (filha mais velha de D. Silvia)
Seu Jonas: Calado, violento, mulherengo. (marido de D. Silvia)
Evilásio: Doce, meigo, gentil, apaixonado. (amor de adolescência)
Pedro: Tranquilo, recatado, tímido. (amor de adolescência)
Edna: Doce, amiga, conciliadora (Amiga patroa e alguém muito especial para Esther)
Marcos: Inteligente, culto, maduro. (professor, amante e pai do filho de Esther Michael)
Vera: Esposa de Marcos (ambiciosa)
Fernando: Inteligente, mulherengo, irresponsável. (MARIDO)
Susana (irmã mais velha de Esther)
Lúcia: Doce, carinhosa, gentil e meiga (irmã de Esther)
Adrian: Doce, lindo, amoroso, gentil, apaixonado( o amor sonhado de Esther com quem ela fica no fim)
8 - Quais as ligações entre os personagens?
Em todos os núcleos trata-se de famílias.
9 - Quais são os temas/assuntos principais e coadjuvantes abordados na obra? (p. ex.: nascimento, morte, velhice, traição, ciúmes, amor, pedofilia, homossexualismo, religião, perdão, crueldade, machismo, feminismo, tolerância, inteligência etc.)
Morte, perda, amor, ciúmes, crueldade, traição, estrutura familiar.
10 - Qual o foco narrativo utilizado na obra? (p. ex.: Narrador-Observador, Narrador-Observador Onisciente, Narrador-Observador Câmera, Narrador-Personagem Protagonista, Narrador-Personagem Testemunha, Narrador Intruso e Neutro)
Narrador neutro
14 - – Em que esta obra se diferencia de outras obras de outros autores do mesmo gênero, estilo e assunto? O que esta obra traz de novo, diferente, revolucionário, inédito ou singular?
Eu já havia lido alguns dramas ao longo da minha vida, mas acho que nenhum com tanta intensidade. (Neiva Meriele)
Início de uma resenha.... Algumas pessoas que já leram apontam muito a questão da intensidade e como parece tão real.

15 – Diga as palavras que mais definem a sua obra.
Sofrimento, violência, perda, superação, limite, dor, amor, busca, superação.
16 – Insira um texto sucinto da obra que mais a caracteriza:
Marcas Indeléveis mostra como muitas mulheres vivem e são violentadas de diferentes formas e principalmente alerta para o estrago que causa a violência psicológica. E os danos às vezes irreversíveis que causam no indivíduo uma família desestruturada emocionalmente.

Read more...

Novidades Editora Petit

itulo :É preciso recomeçar - Pré-venda: livro disponível a partir de 30/3/2012
Editora :PETIT
Autor :Espíritos Diversos
Médium :Célia Xavier de Camargo
Formato :16x23
Páginas :480
Acabamento :Brochura
ISBN :978857253203
Cód. Barras :978857253203




SINOPSE
Laura apaixonou-se por Afonso, um jovem atleta. Ela é fiel, não divide seu coração. Ele a ama, mas é volúvel: às escondidas, em meio a alegres noitadas, entrega-se à bebida. Na companhia da namorada, é o disciplinado jogador de basquete. Longe dela... Uma gravidez indesejada os conduz ao casamento. Os pais de Afonso são ricos e, para eles, Laura não está à altura de seu filho. Casado, Afonso não suporta o peso da responsabilidade e se revela um alcoólatra. A obsessão, o perigo invisível, ronda o lar de Laura. Ela precisa amar, mas – do outro lado da vida –, uma sombria criatura, terrivelmente enciumada, pretende impedi-la de recomeçar...  

Read more...

Novidades Novo Conceito



Thizi é uma garota do bem, apaixonada pela vida. Mas, após uma madrugada trágica, sente que tudo à sua volta desmorona. Descobre que Tadeu, seu namorado, beijou uma garota em uma noitada e quebrou o nariz de Tito, melhor amigo de Thizi, quando soube que ele fotografou a prova da traição. Na mesma noite, Tadeu dirigiu bêbado e causou grave acidente, que deixou o amigo Gabiru em coma. Em meio a tanta decepção, Thizi encontra uma Replay de si mesma, uma igual. Agora, não mais a única do planeta, ela se sente a pessoa mais solitária do mundo e precisa entender que só o amor tem o poder de provocar as melhores mudanças. Garota Replay trará reflexões para desvendar os segredos da vida de Thizi. E da sua também…  




É 1908 e acumulam-se tensões internacionais enquanto o mundo caminha inexoravelmente para a guerra. Após um talentoso projetista de canhões de couraçados morrer em um aparente suicídio, sua filha, angustiada, recorre à lendária Agência Van Dorn para limpar o nome do pai. Van Dorn põe seu principal investigador no caso, Isaac Bell, que logo percebe que as pistas apontam não para suicídio, mas para assassinato. E quando se seguem outras mortes mais suspeitas, fica evidente que alguém — um ardiloso espião — está orquestrando a eliminação das mentes tecnológicas mais brilhantes… Mas isso é apenas o começo.


Sita e Ahalya são duas adolescentes de classe média alta que vivem tranquilamente junto de seus familiares, na Índia. Suas vidas tranquilas mudam completamente quando um tsunami destrói a costa leste de seu país, levando com suas ondas a vida dos pais e da avó das meninas. Sozinhas, elas tentam encontrar um modo de recomeçar a vida. Mas elas não devem confiar em qualquer um…
Enquanto isso, do outro lado do mundo, em Washington, D. C., o advogado Thomas Clarke enfrenta uma crise em sua vida pessoal e profissional e decide mudar radicalmente: viaja à Índia para trabalhar em uma ONG que denuncia o tráfico de pessoas e tenta reatar com sua esposa, que o abandonou.
Suas vidas se cruzarão em um cenário exótico, envolto por uma terrível rede internacional de criminosos.
Abrangendo três continentes e duas culturas, Cruzando o Caminho do Sol nos leva a uma inesquecível jornada pelo submundo da escravidão moderna e para dentro dos cantos mais escuros e fortes do coração humano.

Juliette nunca se sentiu como uma pessoa normal. Nunca foi como as outras meninas de sua idade. O motivo: ela não podia tocar ninguém. Seu toque era capaz de ferir e até matar.
Durante anos, Juliette feriu e, segundo seus pais, arruinou o que estava à sua volta com um simples toque, o que a levou a ser presa numa cela.

Todo dia era escuro e igual para Juliette até a chegada de um companheiro de cela, Adam. Dentro do cubículo escuro, Juliette não tinha notícias do mundo lá fora. Adam ia atualizando-a de tudo.
Juliette não entendeu bem o que estava acontecendo quando foi retirada daquela cela e supostamente libertada, ao lado de Adam, e se vê em uma encruzilhada, com a possibilidade de retomar sua vida, mas por caminhos tortuosos e totalmente desconhecidos.
“Estilhaça-me” é um romance fantástico, que intriga, angustia e prende o leitor até a última página com uma história surreal que mistura amor, medo, aventura e mistério e traz um desfecho surpreendente.

Read more...

Nova Parceria #8

quinta-feira, 22 de março de 2012

Olá! É tão bom vir aqui para trazer boas novas! O blog comemora mais uma super parceria, com uma editora que trata com respeito e seriedade um assunto que faz parte da vida de todos nós: espiritualidade. Não é a toa que seu slogan é: "20 anos caminhando na espiritualidade". Sobre a editora? Esta frase já diz tudo:

Obrigado Vida e consciência! Por esta confiança e por esta parceria.



Read more...

Beijada por um anjo: Destinos cruzados - Elizabeth Chandler




Chandler, Elizabeth – Beijada Por um Anjo: Destinos Cruzados – Elizabeth Chandler.  Ribeirão Preto – SP. Editora Novo Conceito, 2011. Título original: Evercrossed


“Era uma coisa louca, dizia a si mesma, acreditar que Tristan tivesse voltado para ela.” (pág.230)

Cuidado! Pode haver spoilers 
Quase um ano se passou desde a morte de Tristan. Mesmo após este tempo Ivy não consegue se desligar dos acontecimentos trágicos que marcaram aquele verão. Agora ela está com Will, mas seus sentimentos mais profundos ainda pulsam por Tristan. Neste verão Ivy, Will e Beth estão em Cape Cod trabalhando na pousada a beira mar de tia Cindy, e tudo o que querem é esquecer. Em uma noite, por insistência de Dhanya e Kelsey elas resolvem brincar com o tabuleiro ouija, para se comunicar com os espíritos de forma inadvertida. Após este susto, os dias correm tranqüilos até que estranhos acontecimentos se iniciam perturbando a serena vida em Cape Cod. Ivy sofre um trágico acidente e milagrosamente sobrevive, mas o que ninguém sabe é de que ela tem a absoluta certeza de que sua vida foi devolvida por Tristan quando seu espírito já se desligava do corpo. Todos uma vez já pensaram que ela estivesse louca e ela não gostaria que isto se repetisse, portanto esconde de suas amigas, mas não consegue evitar sua drástica mudança de atitude, assim como de Beth que desde a noite em que invocaram os espíritos vive a ter pesadelos e premonições obscuras. No hospital que Ivy se recupera ela conhece um paciente que foi encontrado na mesma noite em que sofreu o acidente e nas mesmas proximidades. Sem memória, é chamado por todos por João, mal humorado, no primeiro contato com Ivy ele não é nada simpático. Dias após receber alta, Ivy volta ao hospital para exames de rotina e encontra-se novamente com João e acaba por ajudá-lo a fugir. A partir daí, em  momentos de altos e baixo, encontros e desencontros Ivy e João acabam cada vez mais próximos, pois ela tem a plena convicção de que algo muito especial a liga a João, e ainda que ela vá contra Will, que acaba desistindo do relacionamento dos dois, e também da opinião de Beth que acredita que Gregory retornou do mundo dos mortos para se vingar de Ivy, ela se deixa envolver e luta por este novo relacionamento.
Considerações: Esta série tem melhorado visivelmente a cada livro. Ivy está mais madura e centrada, cada vez mais sob o comando de seus sentimentos por Tristan. Não teme o futuro, mas busca em todo o lugar a presença do único homem que ela amou de verdade. A despeito dos livros anteriores que foram mais mornos, este vem com um aquecimento a mais para nos enveredar nesta linda estória de amor. Estou ansiosa para o desenrolar final.


Curta a série



Beijada por um Anjo
Fan Page – migre.me/7KVxd    
Site – migre.me/7Vj3b

Booktrailer


Read more...

Top Filme #5 - Ela e os Caras

quarta-feira, 21 de março de 2012



Ela e os caras (Sidney White)
Elenco: Amanda Bynes e Matt Long
Gênero: Comédia

Sidney é uma garota super descolada, que perdeu a mãe aos nove anos de idade e foi criada pelo pai bonitão, com colaboração dos demais operários da construção com os quais seu pai trabalhava. Aos dezoito anos ela vai para a mesma universidade que a mãe, que ela idolatrava, estudou e por herança, fazer parte da irmandade kappa. Já na universidade ela conhece Tyler, um rapaz super gato que logo se interessa por ela, mas que por azar é também o alvo da patricinha, arrogante e nojenta presidente da irmandade kappa e também do conselho estudantil da universidade, Rachel, que logo de cara ferve de ciúmes da simpática Sidney. Em retaliação Rachel dá um jeito de expulsar Sidney da irmandade, humilhando-a publicamente. Excluída ela é aceita na irmandade Vórtex, que nem é bem uma irmandade, mas um refúgio dos nerd´s rejeitados por suas esquisitices, e logo ela vai mudar todo o ambiente. Por ser uma pessoa de atitude, logo Sidney passa a ser adversária direta de Rachel e as disputas ficam cada vez mais acirradas.
Este filme é super divertido e fofo. Todos se divertem com as situações inusitadas de Sidney e seus novos irmãos de fraternidade, que são cada um mais estranho do que o outro e com a megera Rachel. Vale a pena conferir.


Read more...

Um amor para recordar - Nicholas Sparks

terça-feira, 20 de março de 2012


Sparks, Nicholas – Um amor pra recordar – Nicholas Sparks. Ribeirão Preto/ SP – Editora Novo Conceito, 2011-12-18- Título original: A walk to remember

“Um sorriso triste cruzou-lhe a face, e foi aí que eu soube o que estava tentando me contar. Os olhos dela estavam fixos nos meus quando finalmente disse as palavras que entorpeceram a minha alma.”(Pág.150)


Jamie Sullivan é uma garota de 17 anos muito peculiar. Filha do reverendo da cidade, sua mãe morreu no parto, foi toda vida criada por seu pai dentro dos preceitos da religião. Virtuosa e benevolente, somente despertava a gozação dos adolescentes de sua idade. Não tinha amigos, mas era conhecida por sua bondade e por sua fé. Para todos oferecia suas orações e quando necessário sua ajuda. Landon já era o oposto de Jamie, filho de político e de família tradicional, se juntava aos demais adolescentes para escarnecer de Jamie e para outras atitudes pouco apreciáveis. Para fugir de matérias mais exigentes, ele resolve fazer teatro somente com o objetivo de preencher a grade curricular na folga, mas ele é surpreendido quando Jamie o pede para que faça o papel principal da peça. A peça em si foi escrita pelo pastor Hegbert pai de Jamie, e meio que retratava a própria história dos dois, pois falava de um pai viúvo que batalhava para criar a filha e um dia recebia a visita de um anjo. Sem alternativa e contrariado, Landon aceita o pedido de Jamie, sem saber que a sua escolha iria mudar para sempre a sua vida, pois a promessa que havia feito para Jamie anteriormente, de não se apaixonar por ela, a partir daí fica ameaçada. As atitudes de Jamie mudam Landon completamente, e ele passa a ter outros objetivos na vida. Um amor de verdade, tão forte que para sempre será lembrado.
Considerações: Este livro e é simplesmente maravilhoso. Vale cada página, pois a transformação das atitudes de Landon são incríveis e mostram o quanto o coração do ser humano pode se transformar. Nicholas Sparks realmente é um mestre.


Um Amor para Recordar
Fan Page – migre.me/7UsXR
Site – migre.me/7Ut3k

Read more...

Séries fora de série #1 - Touch

segunda-feira, 19 de março de 2012

Boa noite!

Estou aqui fora do nosso horário habitual para novidades. Já havia comentado aqui de que eu tinha convidado um colega para ser um colaborador no blog, e finalmente ele aceitou. Nosso novo colaborador é o Henry Scott que irá apresentar aqui séries na qual ele é fã de carteirinha. Este primeiro post vai ser assim meio improvisado, mas aos poucos vamos acertando os ponteiros. Para vocês então nossa primeira série, sob análise de Henry.

"Para quem é fã de séries, hoje 19/03/2012 às 22hrs é dia de estréia da série TOUCH no canal FOX. A série dramática é protagonizada por Kiefer Sutherland, o famoso Jack Bauer do seriado 24 Horas. TOUCH retrata casos de diferentes pessoas ao redor do mundo que, sem saberem, afetam as vidas uma das outras. A trama gira em torno de Martim Bohm (Sutherland), ex-reporter, viúvo e pai Jake (David Mazouz) um garotinho de 11 anos que é autista. Martin vive o drama de criar seu filho depois da morte de sua esposa no desastre de 11 de setembro. Diante de sua angústia devido à incapacidade de se comunicar com Jake tanto verbalmente como emocionalmente, Martin então decide internar o garoto em uma instituição. Tudo muda quando ele descobre que Jake tem um dom extraordinário, através do qual consegue perceber e identificar padrões ocultos que interconectam a vida de todas as pessoas."


"Eu acho que o pessoal vai se amarrar no assunto!

Henry."

Então, gostaram? Deixe seu comentário e deem boas vindas ao Henry.


Read more...

Resultado Promoção: Academia de Vampiros

domingo, 18 de março de 2012


Bom dia! Chegou o momento de mais um resultado de uma super promoção, desenvolvida de forma independente do blog Tesouro Literário. Lembrando que o ganhador ou ganhadora deverá entrar em contato em até três dias, e o blog enviará a premiação no prazo de até trinta dias. Combinado? Então vamos lá!
E a sortuda é:
PARABÉNS MICHELLE!!!


Read more...

Momento Música #26

Bom dia queridos!!!

O tempo em Belo Horizonte hoje, frio e embaçado,  pede uma música leve e serena. E então nada melhor do Dido.  Diva do pop eletrônico, musicista nata, prodígio da música inglesa desde os seis anos de idade, lançou seu disco de estréia solo em 1999 com do álbum "No Angel" e está aí até hoje agradando um público bem diversificado. Confiram!


Read more...

Novidades Modo Editora - O voo da estirpe

sábado, 17 de março de 2012





DADOS DA OBRA

Esta obra foi escrita dedicada aos amantes da liberdade ou a quem ainda não a conhece e sonha em alcançar um voo. Não há uma dedicatória em especial, mas somente quem se compatibiliza com o amor, poderá se identificar com a obra.
A trama foi escrita em 2004, mas devido a vários percursos e obstáculos pelos quais, passaram a autora, ela apenas foi concluída no ano de 2011.
Tratá-se de um romance contemporâneo, dramático, ofegante, escrito através do método intuitivo e narrado em primeira pessoa, direcionado ao público jovem adulto e torna-se livre dentro do inconsciente de quem a lê. 
Possui algumas nuances de aventura, suspense, intrigas, intimidades e a busca pelo amor na mais profunda acepção da palavra.
As orientações contidas no O voo da estirpe é a transformação do ser através da insatisfação com a solidão. Clarice se abre de um modo intenso, sem clichês e meias palavras, expondo aos leitores, o que ela faz quando ninguém vê; o que ela sente, quando ninguém consegue admitir nem para si mesmo.
 É um livro que fala da vida como é, do ser humano por dentro e por fora, da hipocrisia que cega e mente e do amor em sua extensa acepção.
A maior mensagem deste livro é a forma sagrada como o verdadeiro amor tem o dom de modificar, não somente tudo o que há por dentro, mas o mundo a seu redor.
É um livro de cunho romântico. 
Uma apologia à realidade. O leitor se identificará a todo tempo com Clarice e voará com os sonhos desta personagem.
O aprendizado com a obra é a abstenção do preconceito e a entrega incondicional ao amor.
CARACTERÍSTICAS DOS PERSONAGENS

Clarice – protagonista da obra, uma mulher solitária que através do amor por um estranho, descobre a cura para a carência e solidão cultivada há anos.
Clarice é impulsiva, com o comportamento guiado entre o ser racional e sonhador. Ingênua e destemida, mostra ao leitor que é “dona de seu nariz”, ao fazer tudo e tão somente o que quer. Alguns a chamariam de ousada, outros de desvairada, o julgamento de cada um varia de acordo com visão que tem do mundo. Na verdade, Clarice é uma romântica não assumida, até que o amor lhe doma o cavalo selvagem que traz no peito.

Klaus – o homem misterioso dos sapatos de verniz e paletó marrom que persegue nossa protagonista em todos os lugares. Ele ensinou Clarice a amar, enquanto ela acreditava piamente que estava cuidando de Klaus, portador de uma doença terminal, era ele quem a cuidava, deixando muitas lições de vida frente à luta contra a doença. Inteligente, carismático, brincalhão e otimista, ele passará aos leitores, uma força interior desmedida. Guarda um segredo que será revelado a Clarice. Continuará ao lado dela, mesmo após a sua morte, em todos os lugares onde ela estive - a história dos dois não se acaba após a morte.

Estela – uma prostituta que surge no enredo com a missão de definir os sentimentos de Clarice por Klaus, sabendo-se que nossa protagonista, ao descobrir a doença de Klaus, rompe o relacionamento por medo de não saber lidar com a dor do luto e se o que sentia era algo capaz de vencer todos os obstáculos que ela poderia enfrentar, inclusive, o preconceito. Estela surge de modo intrigante, pondo todos, inclusive o leitor, em dúvidas, quanto ao seu papel na vida de Klaus.

O livro foi baseado em fatos retalhados da vida real. Os personagens foram inspirados em pessoas reais, dada à riqueza de comportamentos que foram observados durante um bom tempo antes de se iniciar a obra. 

RESENHAS DA OBRA

Resenha 1:

O voo da Estirpe é um livro rico em detalhes e de reflexões da vida humana.

Um livro adulto, intenso e leve ao mesmo tempo. Confesso, que sorri, chorei, senti raiva, provei o sentimento de perda e também o renascimento. A história mexe com o interior do leitor e é impossível você não se envolver com todo o enredo, e querer entrar no livro e fazer algo para participar da estória.
Já na primeira página do livro, o leitor já entende a complexidade de sentimentos, que serão retratadas por todo o texto:

"O assassino se preparava para a minha rendição. Encurralada, e com duas alternativas a escolher, saltei do penhasco com o coração cheio de vida e medo".

Clarice tem 28 anos, uma mulher que vive e sofre com dramas internos. É uma personagem fascinante pela riqueza de sentimentos, e nesse enlace, aparece o homem misterioso, de sapatos pretos e paletó marrom. O nome dele é Klaus, um homem que ama, respira e vivencia a vida em toda a sua plenitude e além de ensinar essa leveza e liberdade para a Clarice, faz com que ela viva um sentimento, puro, feliz e contagiante.
"A felicidade jamais virá de outra pessoa, e sim, através do que tenho feito para contribuir com que isso aconteça".

Torci muito pelos dois personagens, fiquei cativada pela riqueza de sensações, e pelo antagonismo dos dois, ela totalmente racional, com uma fera emotiva; ele um ser iluminado, que apesar das adversidades, ajudava o próximo e conseguiu plantar a semente do amor, em uma mulher que se encontrava confusa e perdida.
Impossível não ser comovida com a beleza de O vôo da Estirpe. Para você sentir a fluência de sentimentos, este trecho demonstra bem o que eu senti ao ler esse livro:

"Uma parte de sua alma, está conectada a minha".
Não sei se consegui expressar fielmente todos os sentimentos que tive, com este livro. É um romance, com alusão psicológica, e mais do que isso, é um romance que faz você detalhar, sentir, participar, expressar e vivenciar o amor, de uma forma linda e única!

Agradeço imensamente a Adriana pela oportunidade em fazer a resenha desse livro tão especial, que conseguiu ultrapassar todas as minhas barreiras, e de forma sutil, alcançou uma leitora, fã e torcedora, para que ele seja publicado e conhecido por milhares de fãs, que precisam vivenciar e reaprender o que é o amor!

Fernanda Araújo - Caçadora de Livros ® Ingresse nessa aventura e encontre o seu tesouro! http://www.cacadoradelivros.com
Email: c.delivros@gmail.com

Resenha 2:
Narrado em primeira pessoa, O Voo da Estirpe é um livro muito mágico e arrebatador. Nele somos apresentados a Clarice, uma jovem mulher que escreve para um jornal local de sua cidade. Somos apresentados também a todas as confusões sentimentais e existenciais que a personagem sofre. Solitária como só ela, Clarice tenta vencer todos os seus conflitos, até que como um jogo do destino tudo ao seu redor se transforma. Ao perceber a constante e incomoda presença de um homem de paletó marrom em todos os lugares em que estava ela começa a notar que sua rotina e vida já não eram mais as mesmas. Isso tudo muda com um simples e explosivo encontro dos dois em um banheiro de um restaurante.

Nesse ponto da estória, o enigmático homem de paletó começa a aparecer e mudar todo o enredo do livro. Klaus é um jovem solitário que vê em Clarice a chance de aproveitar cada segundo de sua vida. Descontroladamente apaixonado, Klaus tenta de todas as formas se unir ao seu amor. A cada novo encontro, a cada beijo, a cada conversa jogada fora eles percebem que todo esse sentimento é algo mais forte que eles previam. Até então, o livro parece um romance como outro qualquer, mas o que o diferencia é que Klaus possui uma doença em estágio terminal.
Clarice mesmo com esse grande sentimento por Klaus ver-se em um mar de conflitos pessoais e em um oceano de dúvidas. Será que vale mesmo enfrentar tudo pelo amor? Ou será que fugir, dessa forma acabar não vivendo esse amor, é a melhor solução? Para Klaus, o amor dos dois é maior que qualquer outra coisa e pode ultrapassar tudo. O que ele quer é apenas ser feliz, mas a sua felicidade é Clarice e vice-versa. A única coisa que pode separá-los é o tempo, que nesse caso é o maior inimigo do casal.
[...] A sua loucura toda misturada com a minha, resultava uma química inexplicável.  Éramos dois loucos descobrindo que viver era algo fascinante. A vida hoje era uma aventura insólita.  Página 69.
O Voo da Estirpe é um livro encantador de todas as formas e vertentes. Com uma mistura de poesia, prosa, autoconhecimento e descobrimento, o livro é um exemplo de romance que deixa o leitor querendo mais e mais. Acho que o livro mostra de forma clara o quão simples e complexo o amor pode ser. Amar e ser amado é algo forte e esse lado é bem explorado no livro.  
Adriana Vargas, a autora do livro, conduziu muito bem toda a narrativa. O desfecho foi de tirar o fôlego e muito cativante. Fazia tempo que eu não ria, chorava, suspirava, torcia e odiava alguns personagens -tudo isso no mesmo livro-  em uma leitura. Não sou o melhor especialista em romance, mas posso afirmar que o livro é emocionante e por isso entrou no meu Top 5 dos melhores livros em 2011.
Igor Gouveia
Blog Untitled
http://25conto.blogspot.com/

FRASES DA OBRA:

“Se tiver que chorar, será com lágrimas de verdade, não apenas no banheiro ou embaixo do cobertor, mas em qualquer lugar que caiba a minha dor.”

“Quando eu amar através das escolhas feitas pelo coração, talvez tenha tempo de sorrir...”

“A vigilância pública deveria me impedir de sair pela noite do jeito que me encontro: bêbada de sentimentos - saio à caça de emoções.”

“Desconsertada e embaraçada, peguei o botão de rosa vermelha e fiquei parada no meio da rua imaginando como poderia esse estranho estar em toda parte.”

“Não me prendo a estigmas pré-conceituados. Quero sentir o que não tem limites; quero viver o que não possui manual de instrução.”

“Segui em frente rumo ao banheiro. Entrei na ala masculina, sai à caça dos sapatos pretos de verniz que poderiam surgir a qualquer momento por debaixo de alguma porta... Lá estavam eles... Virados de frente para o vaso sanitário...”

“Estava prestes a cometer um crime de manchete nos jornais; estava preparada impetuosamente para fazê-lo de pronto. Encostei-me na porta e ela se abriu como se estivesse me esperando. Nada mudou, continuo a mesma que chora no tapete da sala e escuta country romântico, dançando com a taça de água tônica.”

“Fui arrastada para as partículas do estranho como uma tempestade espantando novamente o sol, nada mais existia... Nem o desejo de me apaixonar, pois, se sentir coisas que não se explicam, já é estar apaixonada, então foi isso o que aconteceu...”

“— Devo encarar a morte como um processo natural. Ajuda-me a fazê-lo?”

“—Seja feliz, nem que seja por um dia, saiba que morrer também vale à pena...”

Trechos do Livro

O quarto estava sombrio. 
A escuridão chegava a fazer sons em meu ouvido. Em poucos segundos fui tragada completamente para um lugar desconhecido. Demorei a identificar o que estaria acontecendo. Com dificuldades de respirar, algo me impedia de mexer o rosto e causava mal estar. Percebi-me sendo sufocada pelo travesseiro. Alguém entrou em meu quarto e tentava me matar. 
Retorci o tórax e, com as mãos livres, debatia-me na cama quase desfalecendo, engolindo o próprio sangue que descia pela garganta. Por um ato de misericórdia, o meu assassino soltou o travesseiro. Tive medo de encarar o tirano e ser surpreendida por novas tentativas de tortura. Em um ímpeto de sobrevivência, levantei da cama e passei a correr; saindo pelas calçadas escuras. Escutava seus passos atrás de mim. A distância entre nós era curta, estava quase me alcançando. Tropecei algumas vezes, levantando-me pela vontade de conseguir escapar. Sem perceber o rumo tomado, fui parar em frente ao penhasco paradisíaco da cidade, logo atrás de mim, o assassino misterioso querendo me matar. 
De longe um clarão, alguém havia escutado meu grito e veio me socorrer. Ao se aproximar, por mais que tentasse, algo o impedia como se estivesse subindo em uma escada rolante que corria para a descida. Olhei-o pela última vez, era um moço alto que usava um paletó marrom. Seus olhos transpareciam impotência. Ele gritava algo que eu não ouvia. 


LANÇAMENTO

O voo da Estipe, volume I está em processo de publicação pela  MODO Editora Tradicional, sito blog http://modoeditora.blogspot.com, e será lançado no mês de Abril na Odisseia Fantástica de Literatura em Porto Alegre.
Aguardem!

Sinopse do Voo da Estirpe II
O túnel do tempo

Até onde se chega em nome do amor?
Clarice acorda num hospital após um ano de coma profundo.
Todas as lembranças a atormenta, pois não sabe se são reais, ou decorrência da perda total de consciência durante o coma.
Ela procura pelos lugares e pessoas que acredita um dia ter feito parte de sua vida e não é reconhecida por ninguém, exceto por Enzo. 
Um túnel do tempo e tantos outros mistérios e reencontros, trarão grandes revelações que não foram apresentados no O voo da Estirpe I e mudarão completamente a trajetória desta saga que continuará o amor de Clarice e Klaus muito mais envolvente em O Voo da Estirpe II, O túnel do tempo. 

ADRIANA VARGAS DE AGUIAR
Adriana Vargas de Aguiar passou a escrever contos infantis desde que aprendeu a ler. Recebeu incentivo dos pais à leitura e sua infância se deu entre enciclopédias infantis ilustradas enquanto as crianças brincavam no quintal.
Aos treze anos escreveu seu primeiro romance. Imaginava estórias que nunca havia vivido e passava sua imaginação para o papel. Esses escritos eram escondidos debaixo do colchão.
 No ano de 2000, entrou para a academia de Direito pela Universidade UCDB, uma das alunas mais aplicadas do curso. Apaixonada por leitura filosófica, as obras que mais lhe chamaram a atenção foram de Platão, Hanna Arend e Friedrich Nietzsche.
Com participação e menções honrosas em vários concursos literários, acredita neste caminho para a escalada dificultosa em um país o qual a leitura é um desafio. 
Fundadora e coordenadora do movimento – Clube dos Novos Autores. Luta arduamente ao lado de 30 novos autores pelo espaço de seus livros nas estantes brasileiras.

Read more...

Enquanto isso no skoob

Posts Recentes

  © TESOURO LITERÁRIO - Todos os Direitos Reservados