Top Filme #49

quarta-feira, 31 de agosto de 2016


Gênero: Romance, Drama
Elenco:  Michelle Monaghan, James Marsden
Adolescentes, Amanda (Liana Liberato) e Dawson (Luke Bracey) se apaixonam. O pai da garota não aprova o relacionamento e, com o passar do tempo, os jovens acabam se afastando e tomando rumos diferentes. Duas décadas mais tarde um funeral faz com que os dois (Michelle Monaghan e James Marsden) voltem à cidade natal e se reencontrem. É o momento de ver se os sentimentos persistem e avaliar as decisões que tomaram na vida

Fonte: http://www.adorocinema.com/ 



Assistir um filme baseado em um livro do Nicholas Sparks sem ter lido o livro, é uma caixa de surpresa bem arriscada e eu resolvi correr este risco. o filme inicia com Amanda e Dawson maduros, enfrentando os seus dramas particulares: ela com um casamento desgastado e ele com um acidente de trabalho que quase lhe tirou a vida. É quando um grande amigo dos dois, que deu abrigo ao Dawson jovem, falece e deixa um testamento que força o reencontro destes dois corações apaixonados e atormentados. Em um fim de semana, várias lembranças virão a tona, boas e ruins, obrigando-os a analisarem a vida de sua posição atual. 
Para quem é fã do Nicholas, sabe que são muitas emoções garantidas, que valem a pena.


Read more...

Talvez um dia - Colleen Hoover

terça-feira, 30 de agosto de 2016

Sydney acabou de completar 22 anos e já fez algo inédito em sua vida: socou a cara da ex- melhor amiga. Até hoje, ela não podia reclamar da vida. Um namorado atencioso, uma melhor amiga com quem dividia o apartamento... Tudo bem, até Sydney descobrir que as duas pessoas em quem mais confiava se pegavam quando ela não estava por perto. Até que foi um soco merecido. Sydney encontra abrigo na casa de Ridge. Um músico cujo talento ela vinha admirando há um tempo. Juntos, os dois descobrem um entrosamento fora do comum para compor e uma atração que só cresce com o tempo. O problema é que Ridge tem uma namorada, e a última coisa que Sydney precisa agora é se transformar numa traidora.
Sydney já tinha notado o jovem atraente que sempre tocava violão na sacada do apartamento vizinho, e claro, sempre que podia escapava para a sua varanda e ficava por lá, disfarçadamente acompanhando. Cansada de imaginar a letra, acabou ela mesmo criando uma que passou a murmurar para si mesmo. Até que um dia, Ridge percebeu o movimento dos lábios de Sydney e ficou louco de curiosidade, já que há muitos dias ele vinha sofrendo um bloqueio criativo. Em um arroubo ele chamou a atenção de Sydney pela sacada do outro lado e conseguiu dela o telefone que passaram a trocar torpedos. Seduzida pelo charme de Ridge, Sydney acabou entregando a letra que criou para a música dele e que o deixou maravilhado com o talento da garota. De seu apartamento, Ridge tinha uma visão privilegiada do apartamento de Sydney e não achando justo com ela, acabou entregando que o namorado dela também pegava Tori, colega de apartamento e melhor amiga de Sydney, tudo no dia de seu aniversário de 22 anos de idade, o que acarretou em Sydney largada na rua da amargura embaixo de um temporal. É Claro que Ridge deu um jeitinho de abriga-la em seu apartamento, onde morava também Meredith e Warren, ambos com comportamento bem peculiares. Apesar de magoada por Ridge ter revelado a traição apenas duas semanas após terem se conhecido, ela acabou aceitando a oferta, sem imaginar sua vida daria diversas voltas de cento e oitenta graus, colocando em cheque a sua crença em si mesma.
Alívio é o que eu sinto no instante em que nossos lábios se encontram. É como se todo sentimento reprimido e negado que tenho em relação a ela tivesse se libertado de repente, e finalmente conseguisse respirar pela primeira vez desde que a conheci. (Pág. 171)
Quatro a zero para Colleen Hoover. Quatro livros lidos. Quatro notas cinco estrelas, favoritos, apaixonantes, carismáticos, empolgantes, mais outras tantos adjetivos que descrevem um romance forte, de partir o coração e lavar a alma. De Colleen lemos até a lista de supermercado.

Hoover, Colleen. Talvez um dia. Rio de Janeiro: Rio de Janeiro, 2016.

Read more...

A caminho do altar - Julia Quinn

sexta-feira, 26 de agosto de 2016

Ao contrário da maioria de seus amigos, Gregory Bridgerton sempre acreditou no amor. Não podia ser diferente: seus pais se adoravam e seus sete irmãos se casaram apaixonados. Por isso, o jovem tem certeza de que também encontrará a mulher que foi feita para ele e que a reconhecerá assim que a vir. E é exatamente isso que acontece. O problema é que Hermione Watson está encantada por outro homem e não lhe dá a menor atenção. Para sorte de Gregory, porém, Lucinda Abernathy considera o pretendente da melhor amiga um péssimo partido e se oferece para ajudar o romântico Bridgerton a conquistá-la. Mas tudo começa a mudar quando quem se apaixona por ele é Lucy, que já foi prometida pelo tio a um homem que mal conhece. Agora, será que Gregory perceberá a tempo que ela, com seu humor inteligente e seu sorriso luminoso, é a mulher ideal para ele? A caminho do altar, oitavo livro da série Os Bridgertons, é uma história sobre encontros, desencontros e esperança no amor. De forma leve e revigorante, Julia Quinn nos mostra que tudo o que imaginamos sobre paixão à primeira vista é verdade – só precisamos saber onde buscá-la.
Gregory tinha uma profunda fé no amor, principalmente depois de ver todos os seus irmãos se casando apaixonados por seus pares, assim como aconteceu com sua mãe. Ele já vinha acalentando a necessidade de encontrar alguém, como seus irmãos e irmãs, mas ainda não tinha aparecido aquela que faria seu coração saltar no peito, além é claro das cobranças de sua mãe e de Antony, seu irmão mais velho e chefe da família, mesmo com as cobranças cada vez mais constantes, Gregory já tinha um jeitinho peculiar de se safar. Um dia, em uma das incontáveis festas oferecidas por sua cunhada Kate, ele se depara com uma donzela que o tirou do prumo, e tudo começou por causa de uma nuca. Ele jamais tinha visto na vida, uma nuca tão linda. A partir daí, Gregory se viu enfeitiçado pela estonteante beleza de Hermione Watson. Os cabelos mais louros que já tinha visto, quase brancos. Os olhos verde claros e uma graciosidade impar. Ele só não contava que o impacto seria unilateral. Hermione simplesmente era imune ao charme de Gregory e o ignorava completamente. Coube à sua melhor amiga, quase irmã, Lucy, para dar uma força para unir o casal. Lucinda era prometida pelo tio ao Lorde Haselby, um completo desconhecido, mas ela era satisfeita com o acordo. Até que se aproximou de Gregory para ajuda-lo a conquistar Hermione. Ela não contava que a personalidade de Gregory tinha mais a ver com ela própria do que com a Hermione, sua quase irmã, que por sua vez era apaixonada pelo secretário do pai. Uma verdadeira montanha russa de sentimentos. Lucy e Gregory estavam unidos para que ele conquistasse Hermione, mas e Lucy?
E, no fim, não importava. Não importava o que o coração dela sentia ou deixava de sentir, porque ela não poderia fazer nada a respeito. Que sentido fazia ter sentimentos se eles não poderiam ser direcionados para um fim tangível? Lucy tinha que ser prática. E ela era assim. Era sua única constante em um mundo que estava girando rápido demais para seu gosto. (Pág. 167).
Acabou... sniff sniff. Este é o ultimo livro da série Os Bridgertons. Como viver agora???
Mais uma história linda, romântica e engraçada. Gregory é o mais novo dos irmãos, e mesmo no auge dos seus vinte e seis anos, ainda é mimado pela mãe, e alvo certo para as brigas de Hyacinth. Mesmo passados uns quatorze anos entre o romance de Dafne até o romance de Gregory, para nós leitores é como se o tempo não tivesse passado. A autora manteve até o fim a linha romance x humor, e isso é sensacional, pois a leitura continua deliciosa do primeiro ao último livro e sempre apaixonados por cada um dos nossos amados personagens que deixaram muita saudades. Lucinda é inteligente e perspicaz, e leva com humor cada um dos fãs de Hermione, mas é com Gregory que ela decide que Hermione tem que ficar, mas claro que as teorias dela não são infalíveis, e nos divertimos e apaixonamos. Que pena que acabou, a saudade será grande, por isso não deixem de ler e deleitar com cada linha.

Quinn, Julia. A caminho do altar. Rio de Janeiro: Arqueiro, 2016.

Read more...

Enquanto isso no skoob

Posts Recentes

  © TESOURO LITERÁRIO - Todos os Direitos Reservados